Rasos & Fundos Follow story

niccax Neeca Ashcar

Dulce amava aquela sensação quase extinta, alimentar pessoas em quantidade. O tilintar dos garfos e facas raspando nos pratos rasos e fundos misturados aos murmúrios satisfeitos, inflava seu ego.


Short Story All public. © As histórias aqui postada são de exclusividade minha, Plágio é crime conforme a LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998 e Art. 184 do Código Penal – Decreto Lei 2848/40. Rasos & Fundos – 2018 – Nicca X Keehl ©

#inkdisney #Gastronomia
Short tale
6
5565 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único

Música: À vontade — Bela e a Fera

***

Mesmo fora do ramo, Dulce se reinventava dentro da clássica gastronomia francesa…”

O cheiro de guisado se espalhou pela casa, denunciou, mais um prato para aquele banquete fora finalizado. O mise en place* do cardápio preparado com amor estavam organizados na ilha de cor escura de mármore brilhante em arranjo parfait*.

Os cortes chiffonade, brunoise, julienne, macedoine e allumette* estavam enfileirados e separados por suas cores aproximadas. Era quase como apreciar uma obra de arte em todas suas nuances, como aquarela.

Em vez de tinta, a preparação artística ficava por conta de variedades de alimentos, desde pimentões de todos os tipos até lagostins de primeiríssima qualidade.

Dulce amava aquela sensação quase extinta, alimentar pessoas em quantidade. O tilintar dos garfos e facas raspando nos pratos rasos e fundos misturados aos murmúrios satisfeitos, inflava seu ego.

O egocentrismo descabido irritava Ruben, seu marido. A irritação era apenas por um curto período de tempo, amava-a.

Só de ver o rosto satisfeito da Ex-chef de cozinha de um antigo restaurante com três estrelas Michelin, agora falido, tudo se transformava em magia.

Vê-la suspirar ao adquirir alimentos frescos no mercado municipal pagava toda a frustração do gasto em fortuna para satisfazer a mulher em servir apenas o excelente.

Enxergar sua felicidade estava acima de todos os bens materiais. Enquanto cozinhava com maestria, era observada pelo velho homem que escolheu para ficar ao seu lado por toda sua vida.

Dulce picava, cortava e misturava sem parar. A faca (amiga) longa e cromada trabalhava em uma velocidade sem igual.

A velha mulher não demonstrava o cansaço do esforço pelas horas de trabalho árduo, essa era uma das qualidades que Ruben mais amava em sua esposa; sua disciplina.

Quando menos esperava outro prato impecável estava pronto…

Viu o rosto redondo voltar para si, Dulce apalpou a mãozinha enrugada pelo avental xadrez com modulações brancas e vermelhas, secou as mãos molhadas e os olhos cinzas gratos encarou Ruben, por final, a voz fininha da senhora ressoou:

Sinto tanta falta disso, meu velho… — A sombra da decepção aportou num sorriso triste em meio as palavras amargas. — abandonada!

O homem sabia disso conhecia sua esposa como mais ninguém — quase cinquenta anos juntos.

Ele apenas alcançou o ombro e tocou-o na menção de confortá-la, depois doce como o mesmo Ruben que fizera Dulce se apaixonar ainda na adolescência comentou:

Se te animar podemos fazer isso mais vezes! — Aproximou e beijou a testa da mulher que amava em sinal respeitoso.

Desta vez mesmo não encarando-a podia ter a certeza do sorriso alegre, espontâneo e deslumbrado.

Ruben podia até mesmo está velho de mais para confraternizações, contudo se tinha algo que lhe fazia feliz era ver o sorriso largo de sua esposa enquanto observava-a servir seus convidados.

Aquele era um luxo, um luxo que Dulce conquistou em sua vida e sua vida era servir as pessoas. A cozinha lhe fazia bem, inflava o peito e nem mesmo a morte destruiria.

***

Notas:

Mise en place: É uma expressão em francês, que significa “pôr em ordem”. Ou seja, é simplesmente deixar todos ingredientes e elementos da receita prontinhos, facilitando a preparação dos pratos.

Parfait: Perfeito em Francês

Chiffonade: Esta é mais uma técnica de corte clássico de vegetais na cozinha. O corte em chiffonade se trata de cortes em formato de tiras finas. Exemplo: corte de couve para a feijoada.

Brunoise: Um corte feito a partir do Julienne, são minúsculos quadradinhos em tamanhos regulares, muito usado na finalização dos pratos. Suas medidas são 0.03x0.03

Julienne: Um corte em tiras longas e finas de tamanho regular.

Macedoine: Parecido com o Brunoise, todavia são cortes maiores tamanho: 0.05x0.05

Allumette: É um corte em tiras finas e delicadas. Exemplo: Batata palha.

May 17, 2018, 2:46 p.m. 24 Report Embed 11
The End

Meet the author

Neeca Ashcar Com gosto aguçado em descobrir, vivo fazendo mil e uma pesquisas. A leitura é meu mecanismo de vida e a escrita é tão necessária quanto água. Escrevo tudo que me dá na telha. Tudo mesmo… De casais velhinhos passando os últimos dias de suas vidas juntos, até o ataque de uma horda de zumbis esfomeada e sedenta de sangue. Não espere constância! ;) 💚Mama NagaIta — Igreja Suprema: KakaGai — Tipo Rapadura. 💚 Nath, eu te amo, my Best!

Comment something

Post!
Di Angelo Di Angelo
Muito fofa. Eu amei cada detalhe dos personagens e como é possível sentir o amor deles na escrita.
July 9, 2018, 2:13 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    AHHHH, sua linda você é muito gentil! Gracias ♥️ Aug. 5, 2018, 9:54 a.m.
Inkspired Brasil Inkspired Brasil
Olá! Não tem como não sentir fome lendo essa fic hahaha, você desenvolveu tudo minunciosamente e da pra imaginar direitinho cada movimento da Dulce ao preparar a comida, além de mostrar essa fofura de casal de longa data fofissimo. Imaginar a Dulce cozinhando e pensando em quando era uma grande chef enquanto o marido esperava pela refeição feita com tanto carinho e amor fez arco-iris saltarem dos meus olhos. Usar as palavras em francês foi genial e muito chique, dando um quê a mais em tudo. A história está bem simples e foi bem gostosa de ler, mas, você poderia ter explorado mais a letra da música escolhida, apesar que o tema sobre culinária e a vontade de alimentar pessoas na história ser bem condizente. Além disso, há alguns errinhos na história, coisas como concordância "o mise en place do cardápio preparado com amor, estavam" e aqui também não teria essa vírgula entre "amor" e "estavam". Além disso, no parágrafo seguinte parece que houve a falta do verbo em "macedoine e allumette enfileirados e separados"; como não teve nenhuma vírgula nesse trecho entre a listagem dos cortes e o estado deles, parece que faltou o "estavam". Creio que uma revisão sua na história mesmo possa já arrumar esses pequenos detalhes. Parabéns por ter participado do desafio e nos dar fome com essa história! Além disso, lembra-se do sistema de verificação? Sua história é muito boa e estará marcada como "Em revisão" até que consiga ajustar esses detalhes que comentamos. Quando revisar (se quiser, é claro), basta nos avisar nesse comentário mesmo para podermos marcar sua história como "Verificada".
June 23, 2018, 11:39 a.m.

  • Alice Alamo Alice Alamo
    História em revisão. Aguardando autor. Sept. 18, 2018, 7:52 p.m.
  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Olá! Agradeço por todos os pontos informados e peço desculpas pela demora para responder. Revisei a história novamente e aguardarei a verificação. Muito obrigada pelo Review maravilhoso e pelo desafio divertidíssimo. <3 Sept. 27, 2018, 3:50 p.m.
Megawinsone Megawinsone Megawinsone Megawinsone
Que história fofa, eu amei ela! Adorei o tema e enredo cativante. Beijos!
June 21, 2018, 6:03 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    AHHH, que bom que você amou, fico muito feliz! 😍😍😍😍 June 25, 2018, 10:26 p.m.
Crazy Clara Crazy Clara
Ai, que história fofinha <3 Lembrei de um filme com a Meryk Streep, Julie & Julia, não sei se já viu. O casal, Julia e o marido dela, é bem diferente, tanto fisicamente quanto no jeito deles, mas se amam tanto e eles viveram para se ajudar. É lindo ver alguém fazer o que ama, tem toda uma poética. E imagino que foi a intenção fazer os personagens de sua história idosos, é mais fofo ainda. O amor indo além da idade, tanto entre os dois quanto pela culinária. Gente. Muito fofo.
June 16, 2018, 6:12 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    AHHHH eu amo Julie & Júlia, cara assisti tanto na faculdade, aquela é uma baita história linda de superação em todos os sentidos, uma por Júlia sendo mulher, cair nas graças de uma profissão machista numa época em que não tinha tanta luta para o contrário, e outra para a Julie que não possuía sequer uma noção do que queria de sua vida, presa num emprego que ela não gostava. Sou fã! É uma história completa de amor aquele filme cara, Hahaha. Bom, foi proposital a idade dos personagens, tipo a Dulce foi uma renomada chef, sabe-se lá o que passou para conseguir isso, e ela tem saudades, mesmo bem velhinha ela ainda sente toda a melancolia por não ter continuado, e agora sente-se velha de mais para traçar seus sonhos, e é aí que estamos com esse sentimento de abandono, dela, mas que Ruben dá um pequeno empurrãozinho para que ela sinta-se completa novamente. Tudo em nome do amor! Fico feliz que tenha notado toda a essência que deixei entrelinhas, hahaha. Muito obrigada pela doçura de comentário! Beijos 😘 June 25, 2018, 10:23 p.m.
Grid Pudim Grid Pudim
Amei a Dulce e o Ruben!!! Eu lembrei muito dos meus avós nessa fic Porque minha vó adora cozinhar e meu vô vive indo no mercado pra ela UHAUAHUAHAUHAUH Tão fofinhos, amei muito <3
June 13, 2018, 8:52 a.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    HAHAHA, tão real né? Para mim também era assim, minha avó cozinhava e meu avô ia no mercado, até ela descobrir que ele não sabia comprar, pq minha vó era filhote de turco, sabe, e odiava desperdiçar dinheiro. Histórias da vida real! HAHAHA. Gracias ao comentário lindo! ♥️ Sua doçura me deixou felizona. Bjos. 😘 June 25, 2018, 10:21 p.m.
Nathy Maki Nathy Maki
Ahhhh que ideia mais criativa e diferente! O tema é fantástico e olha esse Ruben, gente, que homem mais fofo ♡ Dá ate um calorzinho de felicidade no peito depois de terminar de ler! Que tal colocar a Dulce em um Shokugeki? Huehhehe com essa experiênci a toda ela ia pôr o Souma no chinelo :v
June 12, 2018, 7:41 p.m.
Elloo Izy Elloo Izy
Juro que me senti lendo um ótimo livro no fim da tarde. Cara, que coisa mais preciosa! Meu deus eu tô encantada com os mínimos detalhes, do modo em que tu se propôs a pesquisar e colocar na história, e, principalmente pelo fato de ser um casal idoso cuidando um do outro e que é a coisa maia linda que eu acho nesse mundo. Esse cuidado zeloso que ambos tem um com o outro por já estarem em uma idade avançada, sabe? Eu tô tão encantada. Muito obrigada por ter feito uma preciosidade dessa. 💕
June 12, 2018, 4:08 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Primeiro Sorry a demora, tô com tanto trabalho que deixei todos os comentários atrasado para a resposta, uma anta HAHAHA... Ahhh que gracinha de comentário queria te botar num potinho depois de tanta coisa bonita dita sobre algo que eu escrevi 😍😍😍 Eu amo gastronomia sério, até estudei, e quando fiquei sabendo do desafio e juntou tudo minha paixão por bela e a Fera mais gastronomia deu nisso que você lê 😊😊😊😊 Queria que fosse desse jeito e com uma chef mulher para quebrar paradigmas gastronômicos... E o casal de velhinhos? Meu deus do céu que vontade de morder os dois, meus bebês ♥️♥️♥️ Obrigada de verdade pelo mimo, beijões 😘 June 19, 2018, 10:17 p.m.
Nanahoshi G Nanahoshi G
AH NAU QUE FIC FOFINHA DE DAR DIABETEEEEEEEES!!! É minha primeira vez lendo uma fofura entre velhinhos E MENINA EU AMEI. E que oneshot chique! Muito chique o uso dos termos em francês, e não é todo dia que achamos uma protagonista velinha que era chef (essa parada de ser chef ainda é mt machista :( ) Sua escrita é SEN-SA-CIO-NAL! Faz fluir de forma mt gostosa a leitura (tão gostosa quando o que a Dona Dulce deve estar cozinhando :v)! Vc É ARRASADOOORA!! Parabéns!
June 3, 2018, 3:11 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Essa ate me surpreendi, sei lá tenho a esperança de ter um relacionamento longo desses com o meu Mozão e ele é igualzinho o Ruben... 😂😂😂 Fonte de inspiração, pq acredito no amor além do tempo... ♥️ Sim exatamente por isso que usei a Dulce como a chef, sabe eu estudei gastronomia e é tão difícil o espaço de uma mulher nessa profissão, na escola mesmo nós mulheres que éramos 80% ouvíamos piadinhas como: "Mulher na cozinha é cozinheira no máximo, homem é chef!". Cara isso dói, desistimula, nossas habilidades não deveriam ser julgadas pelo sexo e sim talento, conhecimento e disciplina, nada menos e nada mais. Então por este motivo quando tive a ideia para rasos e fundos não quis escolher um homem, ou um tempo específico, pensando que ela pode ser uma das poucas cozinheiras que não fora julgada por seu sexo e sim talento. HAHAHA. Ou faz parte de um tempo sem esse machismo desenfreado, desde que a gastronomia era apenas uma comida de boteco francesa. Eu amo a gastronomia, acho que dá para perceber, e queria além de ilustrar minha visão de uma das músicas que mais gosto de a Bela e a Fera, trazer um pouco dessa cultura para desafio e fico muito satisfeita pelo seu comentário, me deu aquele chá de ânimo por conta de todas as minhas crises de indentidade como escritora, vlw mesmo! Obrigada e beijões 😘 June 3, 2018, 7:44 p.m.
Luisa Poison Luisa Poison
Ownt que história fofa! Ela foi relaxante por ter sido escrita de uma forma simples e suave e sinceramente isso me encanta. Ah, e essa história me fez ter fome '-', o intuito era esse? Kkkkkkk Enfim, amei de verdade tua one. Parabéns. Bjos
June 3, 2018, 10:20 a.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Hi! Tudo bem? :3 Fico feliz de ler tantos elogios sobre a forma que resolvi narrar essa história, é um pouco diferente de como costumo escrever. Fico satisfeita referente a isto :) Na verdade sim o objetivo era sentir fome, como sempre me sinto ao assistir a bela e a Fera e ouvir à vontade, então espero ter conseguido! :) Obrigada por comentar ♥️ e por todos os elogios :)... Bjão 😘 June 3, 2018, 12:07 p.m.
Marina Tavares Marina Tavares
Meu Deus, que fanfic maravilhosa e como me fez ter fome, hein? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk E ela combinou muito bem com a música. Está de parabéns ^_^
May 31, 2018, 8:06 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Obrigada! Eu amo essa música! Quando criança tinha a fita (sim vhs) e assistia A bela e a fera pelo menos umas 8 vezes ao dia, cantava todas as músicas e minha família me odiava, essa é a minha preferida. Fazia até performance na frente da TV, HAHAHA... Então quando o desafio saiu eu berrei e juntei minhas três paixões: A bela e a Fera, gastronomia e literatura e cá estamos <3 Mesmo n~eo devendo fico feliz que tenha ficado com fome objetivo concluído! ;) Bjões e gracias pelo comentário lindo *-* June 2, 2018, 8:59 a.m.
Daniela Machado Daniela Machado
Sabe quando a história te faz viajar? Pois é, foi isso que Rasos & Fundos fez comigo, Nicca-sama. Foi fofo, relaxante, doce e muito, muito lindo <3 Eu simplesmente amei! Bjoos e parabéns pela história '3'
May 27, 2018, 4:50 p.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Ahhhhhhhhhhh! Berroooooo! Que comentário mais lindo *-* Eu fico muito feliz que tenha gostado Dany-chan, escrevi com tanto carinho, tô muito nessa de escrever contos e micro-contos, sabe e obter sua opinião ainda mais quando você nem betou me deixa mais satisfeita e confiante! *-* June 2, 2018, 8:50 a.m.
Crytter Crytter
Achei muito fofo! Eu adorei toda a sua descrição dela cozinhando, eu me senti assistindo a mulher como se ela estivesse em um vídeo do youtube mostrando ela cozinhando, lindo.
May 18, 2018, 7:20 a.m.

  • Neeca Ashcar Neeca Ashcar
    Ahhhhhh objetivo concluído... *-* Fico mega feliz sobre isso, sério, queria trazer um pouco da minha paixão por gastronomia e Bela e a Fera. Fico muitíssimo feliz. Bjões ;* May 23, 2018, 10:10 a.m.
~