Love the way you lie Follow story

xhasashi Hasashi Rafaela

E se as coisas houvessem sido diferentes? Apesar das tentativas de Shao Kahn, seus lutadores não eram tão bons e muito menos tinha força o suficiente para derrubar Edenia. O reino estava em festa, por sua vitória sobre a Exoterra e principalmente pelo noivado da princesa Kitana com o príncipe Rain. Tudo poderia ficar bem, se ela não encontrasse Liu Kang, o lutador campeão do Plano Terreno que foi até seu reino juntamente com o deus do trovão, Raiden, para evitar uma invasão do Imperador da Exoterra. O que poderia ser uma aliança, se tornaria algo muito mais complicado para a princesa e o campeão da terra.


Fanfiction Games All public.

#Mortal-Kombat #LiuTana #Liu-Kang #Kitana
6
4752 VIEWS
In progress - New chapter Every 10 days
reading time
AA Share

Prólogo

Kitana acordava sobre sua cama macia e espaçosa, sentia um pouco de dificuldade em se mexer, principalmente devido as dores que pareciam tomar todo seu corpo. Mais um Mortal Kombat havia acabado, aquela era a quarta edição da qual participava...e mais uma vez a Exoterra havia perdido.

Suspirava aliviada que conseguiu cumprir com seus deveres com seu povo.

Apesar de alguns prazeres como esse, as vezes gostaria de poder ficar em sua cama sem ter obrigações. Shao Kahn estava cada vez mais enfurecido por ter falhado e suas invasões ficavam cada vez mais frequentes, embora seu pai, Rei Jerrod e sua mãe, Rainha Sindel, tentavam o máximo possível manter tudo em segurança. 

Entretanto, a maior razão dos pensamentos não lhe darem sossego tinha um nome, ou melhor, uma razão. 

Sua maior ansiedade e agonia era saber que se casaria dentro de seis meses com o príncipe Rain. Sua família era nobre, porém as más línguas diziam que ele era filho do Deus Argus e da Deusa Delia.

Nunca negou que havia uma certa atração física por Rain, afinal, ele é um homem muito belo; além de tudo, fora sempre muito gentil e atencioso mesmo pela condição que estava imposta para ambos.

Segundo as regras de Edenia, o homem ou mulher de família nobre, deveria casar-se com o herdeiro ao trono; meras formalidades e babaquices para continuar a linhagem real. A princesa odiava com todas suas forças tamanha imbecilidade, mas não havia o que ser mudado e o seu amor por seu reino era muito amor que suas vontades pessoais. 

Agora, após ter feito todas suas pequenas manias e costumes em seu quarto, se encaminhava para o jardim do palácio pois ali era o lugar de fazer suas orações e meditações para os Deuses Ancestrais. E nesse dia, havia muito o que agradecer.

Sentou-se no mesmo banco de sempre, em frente às belas árvores com folhas de coloração azuladas e amarronzadas, ainda mais por esta época do ano ser equivalente ao Outono do Plano Terreno. 

- Achei que você não iria lutar hoje. – Jade a afastou de seus pensamentos, tocando levemente em seus ombros.  – Afinal, você fez muito ontem. - Concluiu, após ver a princesa com suas vestes de combate. 

- Nunca é suficiente, você sabe. – Disse, com seu olhar seguindo Jade que se acomodou ao seu lado. 

- Seu sorriso me parece meio fingido...o que houve, Kitana?

A princesa suspirou e olhou para frente, tentando não encarar a melhor amiga que sempre tinha razão e a conhecia como a palma de sua mão. 

- Sobre o casamento. - Confessou. - Rain é uma boa pessoa e tem sido um bom noivo. Mas...eu...não consigo amá-lo, Jade. Você sabe que nós temos uma relação mais íntima, porém, sinto como se fosse algo carnal. Não posso falar muito sobre um amor romântico por não conhecer a sensação...mas isso não me parece paixão. Aliás, não chega perto disso. 

- Bom, quem sabe não seja questão de tempo, Kitana? Ele é um bom homem e será um ótimo marido. Não sou a favor desses casamentos arranjados, você sabe. Mas ao menos o Rain se esforça para conquistá-la. 

A princesa pareceu ponderar um pouco, passou levemente a língua pelos lábios e respirou fundo. 

- Como é amar alguém, Jade?

Jade abriu um sorriso tímido e olhou para a amiga. 

- É complicado e às vezes machuca. Não pela pessoa, mas por algumas situações. Bom, você sabe que não posso ficar perto dele sempre e nós quase não nos vemos por causa das constantes obrigações que temos, ele no Lin Kuei e eu em Edenia. - Abaixou um pouco a cabeça e mordeu os lábios. - Sinto em cada um dos meus poros quando Tomas me abraça, me beija e sussurra algumas coisas para mim. Amo estar ao lado dele por que as coisas parecem fazer sentido. 

- O Smoke de fato é um bom homem. 

- Sim, ele é. - Jade riu, se relembrando de algumas coisas que não achou necessário compartilhar. - Eu espero que você...

Ela ia dizer algo até sentir uma mão em seu ombro, percebeu que Kitana havia sido tocada também; as duas olharam para trás ao mesmo tempo e encararam Rain, parado e sorrindo para ambas.

- Espero não ter atrapalhado a conversa das garotas. - Abriu um leve sorriso de canto. - Se quiserem, posso voltar depois. - Concluiu, complacente enquanto Jade se levantava.

- Não, não é necessário. Vou deixá-los a sós. - Fez um breve aceno com sua cabeça, piscou discretamente para sua melhor amiga e passou a caminhar de volta para o palácio. 

Ele apenas sentou-se ao lado da noiva no banco, esticou as mãos e entregou um buquê de uma flor azul típica de Edenia. A princesa pegou das mãos dele, cheirou e sorriu em seguida. 

- Obrigada, Rain. – Delicadamente o rapaz que vestia trajes roxos, passou suas mãos pelos longos cabelos dela e puxou para um beijo.

Era rápido, intenso...mas nenhum sinal de paixão ou amor. Kitana gostava de beijá-lo, porém a ausência de sentimentos a incomodava profundamente, sentia como se estivesse aproveitando da situação e principalmente dele. 

- Eu precisarei ficar fora por uns dias. – Falou ao separar seus lábios dos dela. – Como sabe, seus pais aceitaram o apoio e proteção do Plano Terreno; apesar de eu realmente achá-los gentis e boas pessoas, não sei se confio de fato e quero investigar. - Prosseguiu, agora sentindo a mão dela enlaçando sobre a sua. - Ficarei fora por três semanas, tudo bem?

- Claro. - Assentiu com uma certa culpa. Apesar de saber que a razão da ausência era nobre, não deixou de ficar feliz por saber que ele não estaria ali próximo a ela. Por Delia, quando essa situação mudaria? - Quer voltar para o palácio? - Perguntou, tanto afastar aqueles pensamentos. 

- Vamos. - Rain se levantou primeiro, estendendo a mão para ela que rapidamente segurou ali. 

A cada passo ao lado dele, seu mundo parecia desmoronar aos poucos; o que Jade havia descrito por seu namorado não era sequer o que Kitana sentia por seu noivo. E ela se entregava, a cada vez que estava na cama com Rain ou o beijava tentando encontrar algum resquício de sentimento onde não havia. Ainda que tentasse negar a si mesma dizendo que as coisas ficariam bem.

Ela amava a maneira como mentia para si mesma, seu maior passatempo era criar uma utopia dentro dos próprios pensamentos de que tudo daria certo no final. Quem sabe os deuses ancestrais lhe concederiam o amor quando fosse a hora certa? Não havia como saber.

Internamente Kitana rezava para Delia clamando para que ela lhe desse um amor.

E de fato a deusa daria, mas talvez, não era quem a princesa estava esperando.


May 10, 2018, 10:09 p.m. 2 Report Embed 1
To be continued... New chapter Every 10 days.

Meet the author

Hasashi Rafaela Faço estágio de Scorpion nas horas vagas, principalmente quando Plano Terreno precisa de salvação. Tenho sangue Uzumaki e dou aula de como lidar com Senju Cretino, interessados chamar no probleminha. Apaixonada por Mortal Kombat e a mama da igreja HashiMito.

Comment something

Post!
Ariane Munhoz Ariane Munhoz
Aiai, pobre Kitana. Acho que essas ideias de casamentos arranjados devem ser terriveis, ne? Voce nao conhece a pessoa e tem que fazer tudo politicamente... Não sei, sou muito amorzinho pra isso. Aqui o Rain não parece uma pessoa ruim, será que ele é duas caras? Adorei esse universo onde Edenia está por cima sim! Ansiosa por mais, amo você!
May 12, 2018, 6:20 a.m.

  • Hasashi Rafaela Hasashi Rafaela
    oi meu amor! Eu tenho um headcanon de que Edenia era um país muito conservador e que a Kitana passaria por muitas questões políticas insuportáveis. Sobre o Rain: te deixo na dúvida! hahahaha eu te amo meu amor <3 que bom que tá gostando May 22, 2018, 4:07 p.m.
~