Mar aberto Follow story

xhasashi Hasashi Rafaela

''Sinto a calma em volta de mim o teu vento vem me perturbar me envolve me leva daqui me afoga de novo no mar...'' [SONGFIC]


Fanfiction Anime/Manga All public.

#songfic #fns #Desafio-do-Brega-FNS #TobiHime #oc #naruto
5
4.8k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Me envolve e me leva...

Estava debruçada em minha varanda com uma enorme caneca de cappuccino de chocolate ao lado, havia trabalhado mais do que gostaria naquele dia. Meu apartamento ficava em frente ao mar, que me deixava cada vez mais embriagada pelo seu cheiro e a sensação de calmaria que sempre me passava.

Meus pensamentos confusos não me deixavam em paz. Qual foi o momento que parei de odiá-lo? Quando tive certeza que aquele sorriso cretino de canto deixou de me irritar e passou a aquecer meu coração? Eu deveria estar preocupada com qualquer coisa, trabalho, minha irmã, minha vida...mas não. Era a sua ausência, a falta que aquele maldito perfume me fazia.

Era o seu cheiro amadeirado que invadia minhas narinas e me fazia ficar desconfortável. Ou seria os belos exemplares de olhos tão castanhos que beiravam um vermelho vivo e tão ardente quanto aquela personalidade cretina? Merda.

Maldito.

Queria amaldiçoa-lo por querê-lo tanto. Mas na verdade, me xingava internamente por agora não conseguir disfarçar, por ter fraquejado e ser mais uma a cair em seus encantos. Desgraçado, era a sua intenção.

Foi o jeito como me olhou, a maneira que tocou em minha cintura quando disse que precisávamos conversar sério. Me pediu para não dizer nada e ouvi-lo. Ali eu vi um homem que resolveu abrir mão do orgulho, que me deixou tão imersa me olhando que foi inevitável meu coração não acelerar, meus olhos se fecharem e me entregar a um beijo apaixonado.

Por semanas tentei evita-lo. Quer dizer, trabalhávamos no mesmo lugar e a ideia de ter me apaixonado perdidamente pelo mesmo homem que jurei que faria da vida um inferno machuca um pouco meu ego.

O problema que seus lábios me convidavam a cada momento que nós dois tínhamos que falar sobre trabalho. Teve dias que fraquejei em meio as nossas brigas, que só eram cessadas quando nos entregávamos a esse sentimento maldito que me fazia ceder.

Ceder, algo que odiava profundamente, principalmente se tratando de Tobirama Senju.

Hoje eu pedi um tempo dessa relação, precisava pensar. Era idiota, nós havíamos até parado um pouco com as constantes brigas e ele estava sendo até gentil, apesar da sua personalidade intragável.

Me envolve, me leva daqui. Me afoga de novo no mar...

Peguei meu telefone, disquei o número de minha irmã que havia se mudado recentemente.

- Mito? – Falei assim que ela atendeu.

- O que está acontecendo? - Perguntou preocupada pelo meu tom de voz.

- Estou apaixonada. – Falei de vez, admitindo mais para mim que pra ela.

- Por quem? – Claro que ela sabia.

- Por que isso tem que ser tão difícil? – Suspirei.

- Difícil por se tratar de Tobirama Senju ou do seu orgulho ser maior que o céu? – Riu ao telefone.

- Os dois. – Me sentei na poltrona que havia em minha varanda e tomei um gole do chocolate quente.

- E como se sente?

- Hoje eu sai do trabalho e fui para um bar. Sozinha, após ter dito a ele que não poderíamos e que precisava de um tempo. Então encontrei um cara bonito, moreno, alto...chamava Kagami. Tinha um papo legal e a gente se beijou.

- E aí?

Soltei uma risada abafada.

- Os braços dele não são tão bons, o gosto da boca também. Os olhos não me tiram o chão, ele não beijava mal...o problema é que...não me arrebatou. Não do jeito que esse cretino faz.

- Acho que você tem a sua resposta. Deveria procura-lo. Eu sou sua irmã mais velha e te conheço como a palma da minha mão, vê-la assim, tão entregue a alguém é inédito para mim. Deveria dizer ao Tobirama como se sente. Porque sabe, ele saiu com o Hashirama a poucos minutos pedindo conselho do que fazer sobre vocês.

- Vou pensar. Obrigada. Vou desligar agora, eu te amo.

- Também te amo. Vá ser feliz, irmãzinha.

Desligou o telefone após essa última frase e eu coloquei o celular no canto.

Eu poderia ter vencido a batalha naquela noite, mas a guerra já havia sido declarada ao favor daquele maldito. Porque sim, meu coração e os sentimentos mais sinceros que haviam dentro de mim são dele. Tobirama era como um mar agitado que fazia você perder horas o olhando, porém te faz desejar se afundar ali e ficar. Mesmo que eu tente ir embora, sou arrastada de volta a seus braços.


''Posso tentar te esquecer,

mas você sempre será.

A onda que me arrasta

que me leva pro teu mar...''


Voltei para dentro de minha casa, com meu coração quase saindo pela boca. Até minha campainha tocar. Franzi o cenho, não estava esperando por ninguém. Fui até a porta e a abri, estava de cabeça abaixada.

O perfume era tão conhecido do meu corpo que me agitei no mesmo instante.

- Me escuta. – Chegou tão perto de meu rosto que não ousei me mexer. Droga, Himeko. – Eu não vou desistir de você. Sei que existe algo, sei dos seus sentimentos. Não sei o que te impede, mas não vou perder você sua prepotente. Me entendeu?

Olhei para cima e o encarei, pela primeira vez naqueles minutos.

- É inútil tentar te odiar, não é? – Suspirei, me dando por vencida. – Você tem que ser tão insuportável assim? Vindo até aqui, me envolvendo assim desse jeito. Me fazendo perder a compostura e a pose que insisti a tempos em carregar. Eu deveria te odiar.

- Eu também deveria. – Colocou as mãos em minha cintura e quase cedi. – Porém não consigo mais.

- Você consegue ser insuportável até nessas horas. E insistente. – Mordi meus lábios e ele me apertou ainda mais sobre

- Talvez seja por isso que nós dois combinamos tanto então. – Seu rosto se aproximou do meu e eu resolvi parar de tentar me sabotar. Lancei meus braços sobre seus ombros. – Fica, Hime. Não quero te ver indo embora. – Sussurrou de olhos fechados.

Não consegui dizer mais nada, porém provavelmente ele compreendeu a minha resposta no momento que o puxei para perto e o beijei intensamente. Tobirama Senju era o meu mar, aonde eu adorava mergulhar e às vezes me afogar na intensidade de seus sentimentos e afetos.

Me perco nos teus olhos e mergulho sem pensar

se voltarei...

April 27, 2018, 12:56 a.m. 1 Report Embed 1
The End

Meet the author

Hasashi Rafaela Faço estágio de Scorpion nas horas vagas, principalmente quando Plano Terreno precisa de salvação. Tenho sangue Uzumaki e dou aula de como lidar com Senju Cretino, interessados chamar no probleminha. Apaixonada por Mortal Kombat e a mama da igreja HashiMito.

Comment something

Post!
Mandy Mandy
QUE HINO MEU CASAL LINDO CARALHO A MAMA TOBIHIME TA AQUI SENHORAS E SENHORES É REAL ESSE MOMENTO É MEU TODINHO
April 26, 2018, 8:23 p.m.
~