Cinco Momentos Follow story

chiisanahana Chiisana Hana

Após o casamento de Ikki e Mino, o casal e os amigos relembram os momentos que podem definir o rumo de um relacionamento. UA.


Fanfiction Anime/Manga For over 21 (adults) only.

#saint-seiya #saintseiya #cavaleirosdozodiaco
1
5359 VIEWS
In progress - New chapter Every Friday
reading time
AA Share

Prólogo

AVISO: Um dos casais da fic é Shun e Hyoga. Se não gosta do casal ou não tolera relacionamento entre homens, simplesmente não leia.

Essa fic nasceu de uma coluna da revista Women's Health de 2009, que listava, de forma bem humorada, alguns momentos marcantes de um relacionamento. Acho que eram treze na matéria... Comecei a fic com os treze, mas ia ficar um troço gigantesco, maçante e repetitivo. Reduzi a cinco e gostei do resultado. Então, serão cinco partes, cada uma relativa a um dos momentos, e cada parte será dividida em quatro capítulos, um para cada casal.

Boa leitura!


CINCO MOMENTOS

(QUE DEFINEM UM RELACIONAMENTO)

Chiisana Hana

Beta-reader: Nina Neviani

"Leve-me de volta aos dias em que o amor era puro. O amor não acabava, era sempre seguro. A vida não é sempre perfeita, mas o amor é para sempre. Vamos deixar o amor verdadeiro nos unir, vamos fazer com que dure para sempre." (1)

Prólogo

– Senhor Ikki Amamiya, aceita a senhorita Mino Setsuna como sua legítima esposa? – o juiz perguntou ao casal que estava à sua frente no salão de casamentos do fórum. Ao lado deles, apenas o irmão do noivo e os amigos mais próximos.

– Sim – o noivo respondeu sem titubear e Mino abriu um sorriso de encantamento. Vinha sonhando com esse momento há tempos, ainda que no início negasse veementemente, e que, na verdade, imaginasse um casamento romântico, na igrejinha anexa ao orfanato, com um simpático padre velhinho celebrando, ao invés daquele juiz com cara de ressaca de saquê. Queria também o tradicional vestido branco, nos moldes da tradição católica, cheio de anáguas e com um véu quilométrico como o de Lady Di, apesar do fim trágico dela, mas estava feliz em seu tubinho marfim. E Ikki estava lindo de terno!

– Senhorita Mino Setsuna, aceita Ikki Amamiya como seu legítimo esposo?

– Sim – ela respondeu, ostentando seu melhor sorriso.

– Então, em nome da lei, eu vos declaro casados.

Os noivos beijaram-se, enquanto os padrinhos comemoravam ao redor deles.

– Aleluia! – berrou Seiya. – Nunca pensei que um dia ia ver o Ikki se casando! É praticamente um milagre!

– Não é para tanto – Saori disse. – Você, que é um cabeça de vento, se casou!

– Também não precisa me chamar de cabeça de vento, né, amor?

– Mas você é, meu querido! E talvez por isso eu goste tanto de você, porque para você nunca tem tempo ruim.

– Bom, isso é verdade – ele concordou.

– Foi tão lindo quando nos casamos, não é Shi? – Shunrei perguntou baixinho ao marido, que a abraçava ternamente.

– Foi o dia mais bonito da minha vida – ele respondeu, beijando-lhe a fronte.

– Agora sim somos realmente um time de casados! – Hyoga disse e Shun concordou, segurando a mão de Hyoga. Embora não fossem casados legalmente, moravam juntos há mais de dois anos.

– Pronto, pessoal, estou acorrentado para sempre – Ikki disse, mostrando a aliança no dedo.

– Espero mesmo que seja para sempre – retrucou a noiva, e beijou o marido.

– Será. Eu não me casaria se não fosse assim. Já assinamos tudo, então vamos embora que eu preciso tirar a barriga da miséria!

Rindo, os casais deixaram o fórum e seguiram para um restaurante, onde comemorariam o enlace com um almoço. Mino queria uma grande festa no orfanato, mas como Ikki se recusou a fazer qualquer coisa com mais de vinte pessoas, ela acabou por escolher um lugar aconchegante e com boa comida, localizado num bairro tranquilo, onde teriam privacidade para comemorar. Depois jantariam com as crianças no orfanato, e só então os dois partiriam em lua-de-mel.

– Como se sente, Ikki? – Seiya perguntou assim que se sentaram à mesa reservada.

– Já disse: acorrentado para sempre! – respondeu, fazendo uma cara dramática.

– Ah, mas esse tipo de corrente é maravilhoso – Shiryu disse, e Shunrei concordou com um sorriso cúmplice.

– Vocês chegaram ao ponto mais importante de um romance – declarou Saori.

– Sim, concordo que é o mais importante – Mino replicou. – Mas também acho que outros momentos são extremamente importantes e merecem ser lembrados, afinal, sem eles não chegaríamos ao casamento, não é mesmo?

– É verdade – Shun assentiu. – O dia em que nos percebemos apaixonados pelo outro, o dia do primeiro beijo, o primeiro "eu te amo", tudo isso é importante.

– Homem não se lembra dessas coisas! – Ikki bradou.

– O Shiryu lembra! – Shunrei retrucou.

– Algumas coisas! – ele corrigiu. – Lembro-me de algumas coisas.

– Alguma coisa já é muita coisa para um homem! – Saori disse, olhando para seu marido que, de tão distraído, costumava esquecer-se até do próprio aniversário.

– Mas então, que momentos vocês consideram cruciais numa relação? – Hyoga questionou.

– Hum... vamos ver... – Seiya disse, enquanto todos pensavam numa resposta.

Continua...

(1) Golden, Chrisette Michele

March 30, 2018, 11 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Capítulo I

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 3 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!