Entre nós Follow story

Lolaway Paola Britto

"– Harry, eu preciso ir, precisamos sair daqui antes que alguém desconfie. (...) – Mais alguns minutos não vai fazer diferença – eu ri segurando suas mãos e puxando seu corpo contra o meu e o beijando em seguida. Ele era obstinado. Eu sempre o descrevia assim, até nas mais simples situações. Esperou minha distração para alcançar minha blusa que estava próxima, riu vitorioso sentando-se em cima de mim novamente balançando a roupa vermelha e dourada nas mãos." Uma oneshot Drarry inspirada nesse desenho lindo https://upthehillart.deviantart.com/art/Boyfriends-619655070 dessa artista https://upthehillart.deviantart.com/ . Utilizei o desenho para compor a arte da capa, mas ele não me pertence, mantive a assinatura da artista na ilustração dando os devidos créditos.


Fanfiction Books Not for children under 13.

#harrypotter #Drarry #Harry-Potter
Short tale
10
6.1k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo único

– Devolva minhas roupas, Harry, agora! – O loiro tentava brigar comigo sentado em meu corpo largado sobre a cama, mas não escondia o sorriso nos lábios.

– Tão rápido? – falei com voz manhosa – acho que não.

– Harry, eu preciso ir, precisamos sair daqui antes que alguém desconfie. – Draco tentou colocar as mãos por baixo de meu corpo para pegar a roupa que eu havia deitado por cima para esconder. Forcei meu corpo contra as roupas de cama que ele havia roubado do dormitório da Sonserina para ajeitar nosso esconderijo.

– Mais alguns minutos não vai fazer diferença – eu ri segurando suas mãos e puxando seu corpo contra o meu e o beijando em seguida. Ele era obstinado. Eu sempre o descrevia assim, até nas mais simples situações. Esperou minha distração para alcançar minha blusa que estava próxima, riu vitorioso sentando-se em cima de mim novamente balançando a roupa vermelha e dourada nas mãos.

– Se você não me devolver eu vou vestir a sua blusa e sair com ela. – anunciou.

– Eu duvido que você faça isso esquentadinho , imagina que afronta um sonserino com a blusa da Grifinória. – Segurei em suas coxas brancas aproveitando a bela visão que eu tinha de seu corpo.

– Vamos ver então – ele falou em desafio vestindo a blusa em seguida.

– Você fica lindo nessas cores, agora mesmo que eu não te deixo sair daqui. – ri tentando puxá-lo novamente, mas ele segurou minhas mãos. Tentava manter a expressão séria, mas não conseguia por muito tempo.

– Você é um idiota – riu – eu vou embora assim mesmo então, lindo em vermelho e dourado.

– E o que você vai falar para as pessoas que perguntarem o que o garoto de ouro da Sonserina faz vestindo a roupa da casa rival.

– Vou dizer que venci uma batalha contra o grande Harry Potter e estou ostentando suas vestes como troféu.

– Você é ardiloso, gosto disso. Mas duvido que saia trajando apenas essa blusa e sua samba canção branca. – sorri vitorioso.

– Não vejo porquê não, as meninas da Grifinória vão adorar o espetáculo.

– Sua cobrinha prepotente – puxei ele novamente, vendo-o se entregar rindo. Segurei-o em meus braços, seus olhos como oceanos profundos fitando-me de perto, eu daria tudo para não sair dali nunca mais. Seus lábios encostaram os meus iniciando um beijo devagar.

– Amor, eu adoraria ficar a noite toda aqui com você, mas você sabe que precisamos ir, outo dia Snape quase nos pegou pelos corredores, não quero perder nosso esconderijo secreto.

– Eu sei... eu sei... – suspirei – mas antes de te deixar ir eu quero aproveitar mais um pouco, embora eu tenha achado você deslumbrante com as minhas roupas, eu preferia sem nada. – ele riu girando os olhos.

– Seu tarado! – bradou falsamente ofendido. – então eu retiro sua blusa e você sai de cima das minhas, feito? – eu ri pensando em como poderia me beneficiar do acordo.

– Feito. – soltei o abraço permitindo que o loiro levantasse o tronco e retirasse a blusa. Mordi o lábio admirando a bela visão a minha frente.

– Sua vez.

– Certo... – levantei meu corpo ainda com Draco em meu colo, segurei em sua cintura dando impulso para girar nossos corpos pela cama. O loiro parou deitado com meu corpo por cima dele, ao lado suas roupas estavam a mostra e ele me olhava incrédulo.

– Consegui – anunciou segurando as roupas em suas mãos – agora deixe eu me vestir.

– Claro que vou deixar... – sorri maliciosamente enquanto invadia seu pescoço com meus lábios descendo até seu peito nú. – Vou deixar já já...

– Você é impossível! – exclamou rindo e jogando a cabeça para trás. Lindo. E só meu. Ele não resistiu mais, suas mãos entrelaçaram-se em meus cabelos e nos perdemos novamente em nós mesmos.

Permanecemos naquele quarto um pouco mais, aproveitando aqueles momentos que ficariam apenas entre nós por muito tempo. Já estávamos juntos há mais ou menos um ano, mas mantínhamos em segredo porque achávamos que nossos amigos não conseguiriam lidar com aquela informação tão rápido. Já tinha sido demais para eles quando anunciamos que éramos amigos. Foi difícil por um tempo até que eles se acostumassem com a ideia de que Harry e Draco não eram mais rivais e agora as implicâncias só aconteciam de brincadeira, e com nossas presenças, juntos. Ou talvez nós apenas quiséssemos manter assim, só pra gente, sem ter que dar explicações, ou dividir nossos momentos com mais ninguém.

Éramos apenas eu e ele, e aquele dormitório abandonado nos fundos do castelo que descobrimos em uma de nossas fugidinhas. Eu não sabia o que o futuro reservava pra mim, para nós e sabia que em minha vida nada nunca era fácil de verdade. Acima de tudo, porém, havia a certeza de que enquanto eu tivesse aqueles belos olhos azuis ao meu lado eu ficaria bem. Tudo ficaria bem. 

March 27, 2018, 2:55 p.m. 1 Report Embed 7
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Lory Flawer Lory Flawer
Oh meu Deus!!! Isso foi tão, mais tão lindinho! quente, bem quente, mas um amorzinho szsz Sua escrita é incrível! Eu amei a oneshot ❤
Sept. 15, 2018, 2:22 a.m.
~