Diário de uma Paixão Follow story

aelita Allyne g

Amu é uma garota animada e inteligente, que cresceu em um orfanato perto de Londres,Inglaterra. Amu foi confiada ao orfanato quando era um bebê o que acontecera quando ela conhece um homem,baile que mudara sua vida.


Fanfiction For over 18 only.

#Shugo Chara #Violencia #Conde #Seculo 19 #Sexo #Misterio #Drama #romance
0
6212 VIEWS
In progress - New chapter Every Monday
reading time
AA Share

Capítulo 1

Notas do Autor


Ola mina espero que gostem ...
por favor deixe comentários sobre o que acharam da ficção

100% Casal Amuto . anime Shuco Chara!

Capítulo 1 



– Não a um mundo onde sonhos se tornar realidade e sim corremos atrás de nossas escolhas.

Um dia chuvoso 1869 Inglaterra, uma carruagem para a frente de um grande fortão de barras de ferro,uma senhora com um bebê em seus braços,coloca a criança em uma cesta e a coloca na frente da porta,o bebê chorava a mulher apenas olha para a criança e da as costas para o bebê e volta a sua carruagem. Minutos depois o choro do bebê chama a atenção da senhora do outro lado do portão que pega a criança e vê se tinha alguém então percebe que o bebê havia sido abandonado.

~ Anos Depois ~

1885 Uma jovem de cabelos longos cantarolava enquanto arrumava uma pequena mala, ao escutar a porta se abrindo a jovem se vira e vê uma senhora a olhando e diz:

– Amu..?

– Sim ?

– Já está quase na hora.

– Já estou terminando - Diz a jovem para a senhora

Olá.meu nome é Amu acabei de fazer 15 anos , agora estou terminando de arruma minha mala , moro no orfanato mas estou partindo pois aqui quem completa 15 anos e obrigado a sair . Desde que me conheço por gente sempre cresci nesse orfanato nunca soube o paradeiro de meus pais ou quem eles são.

Término de arruma minhas coisas fecho minha mala ando até a sala da diretora, bato antes de entrar a chamo para poder me despedir dela, ando ate grande portão de ferro e vejo meus amigos me esperando no jardim , me despeço de cada um sorriso no rosto olho para trás como fosse última vez vejo todos entro na carruagem que segue pela cidade. Pego o pequeno papel diretora avia me dado para mim com indicação onde vou trabalha e viver .

–" não deve ser tão ruim trabalha como costureira".- suspiro .

A carruagem para vejo que chegamos na cidade escuto uma voz masculina.

– Ei garota! pode descer chegamos. - diz um senhor com um cachimbo em sua boca.

– Sim. obrigado.

O homem abre a porta da carruagem amu ao sair tropeça e cai no chão .

– Aiiiiii - Diz a menina se levantando do chão

– Tome mais cuidado garota .

– Sim...

Amu se levanta do chão pega sua mala olha o endereço no papel.

– Hum.... vamos ver Rua : 7 Elgil.

Amu começa andar pelas ruas da cidade Leeds na Inglaterra chegando a uma pequena casa no numero 154.- como estava marcado no papel Amu bate na porta chamando por Claud. A porta se abre mulher e apare-se uma jovem mulher .

– Com licença a senhorita Claud está ?.

– Sim você deve ser a menina que orfanato indicou.

– Sim sou eu mesma.

– Vamos entre .

– Com licença.

Jovem mulher abre passagem que Amu pode-se entra . Ao entra uma pequena senhora aparece com um grande sorriso no rosto.

– Você deve ser Amu ? Sou Claud bem vinda .

– Obrigado por me aceitarem .- diz amu fazendo uma pequena reverencia .

– Agora venha querida vou mostra ao seu quarto .

– O que precisar pode contar comigo . Eu me chamo Sofia . - Diz jovem moça atras de Amu.

Primeiro dia passei com a senhora Claud , ela quer eu chame apenas de vovó são gente boa. Subo para o quarto deixando minha mala em cima da cama e começo a ajuda-las a costurar vestidos, Sofia me explico que temos de ser rápidas com os pedido pós vovó trabalha com famílias da nobreza. É assim elas vivem, a partir de agora amu terá de se esforça bastante para que possa viver com elas .

– Amu !...

– Sim vovó .

– Velha comigo por favor fazer umas compras .

– Sim vovó.

Saio com a vovó pela cidade ela entra um loja de tecidos começa a escolher as cores e tipos de tecidos olho para um mural noticias é leio uma delas.

" Ladrão Rosa negra ataca novamente cidade de Veneza sua vitima foi mais novo conde Pierre de Veneza .

Ladrão Rosa negra e conhecido mundialmente por apenas roupa nobres depois jogar seu dinheiro para os podres , jamais ninguém viu seu rosto pois ele usa uma mascara, chapéu , terno e uma capa "

–" Ele tipo de herói para os pobres ?".- meus pensamento são despertado quando a vovó Claud me chama.

– Amu!! Amu!! podemos ir.

– Sim vovó . deixa eu te ajudar com os tecidos.

Amu e vovó saem da loja carregando os tecidos,caminhando pela praça a uma pequena companhia dançava alegremente .

– Que tal pararmos um pouco para ver Amu ?

– Seria divertido .- sorrio para a vovó Claud chegamos mais perto de onde acontecia o pequeno show , já a noite voltamos para nova casa . Ajudei Sofia com a janta e assim que ficou pronto jantamos todas juntas

– Eu vou lavar a Louça Sofia.

– Tudo bem.

– Amu pode deixar a louça para Sofia poderia ir a farmácia para mim e buscar esse remédio para mim ?.

– Claro .

A Vovó da o papel para mim, saio de casa vou ate ponte e olho a farmácia onde teria de ir buscar o remédio, ando e logo levanto minha cabeça e olho para céu estrelado o admirando .

– Que lindo!!!

Quando escuto gritos:

"Peguem ele não deixe escapar o Ladrão rosa negra. "

– Ahh!! ladrão rosa negra esta por aqui ??? .

Quando sinto alguém esbarra em mim logo caio no chão .

– Toma mais cuidado!!!!...

Quando olho vejo homem de máscara,chapéu e de terno preto com capa fico pálida.

– Você é rosa negra !!!!.

Ele me puxa pelo braço com tudo para um beco escuro entre duas casas coloca sua mão em minha boca assim eu não poderia gritar e pedir socorro eu o ficava encarando mas ficava ao mesmo tempo sem reação quanto mais o encarava mais medo ficava do tão procurando rosa negra .....

March 23, 2018, 6:34 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Capitulo 2

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 9 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!