Short tale
1
2.6k VIEWS
In progress
reading time
AA Share

Cabra desaforado.

Hoje estou com os cornes doendo de reiva.

O que houve cumpade.

Cumpade João não é que meu filho firmino.

Aquela cabra desaforado tá na capital fazendo faculdade e me mandou uma carta pedindo dinheiro.

Mas o senhor tem que ajudar o rapaz, afinal das contas ele está procurando o melhor para vida dele.

Sim eu sei e ajudo com muito bom gosto.

Mando todo mês o dinheiro para ele.

Então porque o senhor está tão nervoso assim cumpade.

E pelo jeito que ele escreveu a carta, mas como foi cumpace que ele escreveu a carta.

Foi com muito desaforo como quem quer dizer que eu tenho obrigação de ajudar aquele cabra danado.

E afinal quem tem que ajudar e senhor mesmo pois o senhor e o homem do dinheiro, cheio da grana, aqui nestas bandas nunca teve notícia de um homem mais bem sucedido que o senhor.

E eu bem sei disso cumpade.

Mas tô reclamando e do modo como foi escrita a carta.

Cade a carta, está aqui e eu viu ler para o senhor ver se eu não tenho razão.

"Papai mande o dinheiro para eu pagar a faculdade".

Isso é jeito de falar com seu pai, com esta arrogância, mande o dinheiro.

Não mando, não mando.

Mas cumpadre pense bem o rapaz não está errado, o senhor e que está nervoso, se acalme e leia a carta novamente.

Após algum tempo Januário resolve ler a carta do filho.

"Papai me mande o dinheiro para eu pagar a faculdade".

Agora eu mando e assim que se fala com pai.

Vou mandar hoje mesmo o dinheiro.

god Bless you


July 4, 2023, 9:47 p.m. 0 Report Embed Follow story
0
To be continued...

Meet the author

Yuri Santos O escritor junio santos batista e formado em gestão de segurança, casado com Lenita e tem uma filha Beatriz, e um filho de outro casamento, Fernando

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~