(2018) Sempre ao seu lado Follow story

alicealamo Alice Alamo

Suspirou, apaixonado. Sarada era a prova de que, por mais que tivesse errado em sua vida, algo havia feito certo. Talvez, naquele último encontro com o irmão, naquele breve momento em que pôde lhe explicar toda a dor que carregara em seu peito pelos atos cometidos, quando finalmente pôde enxergar compreensão no lugar de ódio nos olhos do caçula, talvez ali, no momento em que pôde declarar o quanto amava incondicionalmente seu pequeno irmão que deveria ter protegido melhor, os deuses tivessem tido piedade e o perdoado por tudo, deixando finalmente que seu irmão pudesse ser aquilo que sempre deveria ter sido: feliz.


Fanfiction Anime/Manga All public. © Todos os direitos reservados

#Itachi #Fluffy #Itachi&Sarada #Itachi&Sasuke #Naruto
Short tale
20
6882 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único


   Apoiado no berço, Itachi observava o pequeno bebê que dormia profundamente. Os cabelos negros não negavam a genética, nem o rosto redondo e gracioso que lhe lembrava muito o do irmão mais novo quando havia sido posto pela primeira vez em seus braços. Sarada era uma pequena versão adorável de seu irmão.

   Suspirou, apaixonado. Sarada era a prova de que, por mais que tivesse errado em sua vida, algo havia feito certo. Talvez, naquele último encontro com o irmão, naquele breve momento em que pôde lhe explicar toda a dor que carregara em seu peito pelos atos cometidos, quando finalmente pôde enxergar compreensão no lugar de ódio nos olhos do caçula, talvez ali, no momento em que pôde declarar o quanto amava incondicionalmente seu pequeno irmão que deveria ter protegido melhor, os deuses tivessem tido piedade e o perdoado por tudo, deixando finalmente que seu irmão pudesse ser aquilo que sempre deveria ter sido: feliz.

   E Sarada era a prova daquilo. Era impossível não sorrir como um idiota quando olhava para a sobrinha. Queria niná-la, pegá-la no colo e andar pelo quarto azul com nuvens brancas que ele viu Sasuke pintar com tanta dedicação. A morte não secava suas lágrimas, elas escorriam devido à emoção que rompia essa simples barreira, e ele ria pela constatação de que finalmente não precisava mais se fazer de forte.

   A janela aberta do quarto trazia uma brisa gelada, e Itachi a encarava inconformado. Queria poder fechá-la, desejava que suas mãos não ultrapassassem a madeira, mas já havia se conformado com aquela situação, afinal, já velava pelo sono da sobrinha há mais de um ano para saber suas limitações.

   Debruçou-se um pouco mais no berço e deixou os dedos passarem sobre a face de Sarada, mesmo que não a pudesse sentir. Ele não, ela sim. Observou com imenso carinho quando os olhos negros se abriram sonolentos, piscavam como se tentassem entender o que se passava e pareciam de repente se fixarem nele com adoração. Sorriu quando ela ergueu as mãozinhas em sua direção, tentando alcançá-lo em vão, por mais que ela o sentisse e pudesse enxergá-lo, não tinha como o tocar ou segurar. Assim, como sempre acontecia, via o pequeno bico se formar nos lábios rosados e os olhos dela se enchiam de lágrimas.

   — Precisamos chamar meu otouto, Sarada-chan — sussurrou e, se não fosse tão inteligente, apostaria que ela entendia cada palavra.

   Mas não, na verdade, a voz dele naquele tom calmo e carinhoso era o suficiente para que ela compreendesse que não podia mesmo ter suas vontades atendidas e, por isso, o choro começava, alto, exigente.

   E, então, mais uma vez, Itachi ouvia o barulho de passos apressados pela casa e via, com o coração disparado e repleto de amor, o irmão mais novo entrar no quarto. A expressão assustada de Sasuke era indescritível, algo que fazia Itachi cruzar os braços, orgulhoso, enquanto o irmão fechava a janela e se aproximava para pegar Sarada no colo com cuidado e carinho.

   Os olhos dela ainda estavam em si, as mãos estendidas, e ele sabia que era hora de se despedir, pelo menos, naquela noite. Entretanto, dessa vez, não conseguiu. Sasuke havia notado que a filha prestava atenção em algo, que as mãos erguidas no ar tentavam alcançar o inalcançável, e agora era ele que olhava diretamente na direção de Itachi.

   Ele podia vê-lo? Itachi engoliu em seco, chegou até mesmo a dar um passo para frente e examinar o rinnegan que o caçula agora possuía. Sasuke podia vê-lo?

   Não. O modo como Sasuke ainda parecia procurar por respostas lhe deu essa resposta. Balançou a cabeça, conformado, e se aproximou das duas pessoas que mais amava no mundo para se despedir. Acariciou a cabeça de Sarada e beijou-lhe a testa, o ato fez o choro diminuir, embora ela ainda parecesse contrariada. Observou o irmão, o homem que ele tinha se tornado, e bateu dois dedos na testa dele.

   — Eu sempre vou te amar, Sasuke, e também sempre estarei aqui por vocês.

   Sem esperar pela resposta que não viria, deixou o cômodo. Sasuke apertou a filha contra o peito e andou com ela pelo quarto. Quando ela adormeceu, depositou-a no berço e a cobriu, caminhou até a porta e, antes de fechá-la, virou-se, olhando para o ponto vazio de antes. Sorriu e tocou o centro da testa.

   — Eu também, aniki, obrigado...  

March 12, 2018, 9:59 p.m. 6 Report Embed 14
The End

Meet the author

Alice Alamo 23 anos, escritora de tudo aquilo em que puder me arriscar <3

Comment something

Post!
Ami~ 🇧🇷 Ami~ 🇧🇷
Que coisa mais linda kami-sama 🤧💞 Eu adorei, mas ficou confusa no final. O Sasuke viu o Itachi?
Jan. 20, 2019, 3:15 p.m.

  • Alice Alamo Alice Alamo
    Oii!! Eu não diria que ele viu, mas que sentiu que o Itachi estava ali o observando <3 Muito obrigada pelo comentário! Feb. 27, 2019, 6:37 p.m.
JG Jane Gomes
Que coisa mais lindaaaaa! Amei num grau, que tu nem imagina. Itachi sempre cuidando de Sasuke, mesmo do outro lado.
March 12, 2018, 6 p.m.

  • Alice Alamo Alice Alamo
    Itachi é maravilhoso, eu simplesmente amo esse homem <3 Muito obrigada pelo comentário beijoss March 17, 2018, 9:08 a.m.
Vany-chan 734 Vany-chan 734
POR QUE VOCÊ ME FAZ SOFRER? EU TE AMODEIO. SÓ ISSO A DECLARAR. Meu Itachi é um bebê e ele não merece ser um fantasminha, sua autora ruim! Eu to revoltada e feliz e revoltada. Só isso mesmo.
March 12, 2018, 5:26 p.m.

  • Alice Alamo Alice Alamo
    Oii Eu não te faço sofrer! Nem vem! Itachi é lindo e maravilhoso, né? Nossa, como eu amo esse cara <3 Essa é minha única fic com ele fantasminha, então nada de drama vai Obrigada pelo comentário <3 Beijoss March 17, 2018, 9:08 a.m.
~