Madrugada Follow story

luadnutella Yu Amae

Havia um laço com seus companheiros, com aquela que sempre esteve ao seu lado, mas quando se tratava de Levi Rivaille, um desejo descomunal surgia em seu intimo, e tudo mudava, os pensamentos, suas vontades, tudo se ia em direção ao homem que se apaixonou completamente. Ao anoitecer, bem no escuro, quando todos dormiam tranquilamente, Eren surgia dentre as cobertas para ir ao encontro do seu desejo, caminhava pela casa chegando ao quarto onde se encontrava o homem que fazia seu peito bater forte, e o arfar de seus lábios engrandecer.


Fanfiction All public.

#Hentai #Ereri #Eren #Levi #Levi e Eren #Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
4
5282 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único

Um dia.

Em um dia bem distante, alguém pagaria pelo que fazia no momento. Não achava que era errado, uma vez que o coração batia até mais forte ao lembrar-se de seus passos e a direção que seguia. Se apaixonar não era um defeito, muito menos algo que podemos controlar. Havia um laço com seus companheiros, com aquela que sempre esteve ao seu lado, mas quando se tratava de Levi Rivaille, um desejo descomunal surgia em seu intimo, e tudo mudava, os pensamentos, suas vontades, tudo se ia em direção ao homem que se apaixonou completamente.

Ao anoitecer, bem no escuro, quando todos dormiam tranquilamente, Eren surgia dentre as cobertas para ir ao encontro do seu desejo, caminhava pela casa chegando ao quarto onde se encontrava o homem que fazia seu peito bater forte, e o arfar de seus lábios engrandecer. A porta estava aberta, e não esperou para entrar e tirar o capuz que cobria os cabelos negros.

Seu olhar varreu o cômodo a procura da pessoa a qual veio buscar, e em poucos segundos, o viu sair do banheiro com uma toalha cobrindo suas partes. O olhar duro se tornou terno, e Eren sorriu deixando que o manto verde caísse ao redor de seus pés. Caminhou até o homem que tentava ao máximo não sorrir, pois aquelas visitas noturnas estavam aumentando, e passou a gostar grandemente.

O abraço terno veio primeiro, sempre carinhoso e buscando alguma coisa, seus rostos foram se afastando devagar até estar um de frente para o outro, e então, o beijo aconteceu, lento e delicioso, para que ambos saboreassem o que se passava ali dentro. Suavemente, Eren puxou a camisa para cima, não estava com pressa, mas queria sentir seu peito ao de Levi já desnudo. O outro, não ira recusar.

O puxou para mais perto e juntos caíram na cama, o colchão macio atrás os aparou com grandeza. As mãos juntas e presas de Eren chegaram ao topo enquanto Levi fazia o que passou a amar naquele corpo pequeno, deslizou sua língua pelo pescoço chegando ao peito descoberto. Lambeu cada um antes de subir outra vez e chegar ao pescoço, mordendo, sugando, sentindo o cheiro que vinha de Eren, algo quente e afrodisia, intenso e perfeito para recusar.

Uma careta se formou ao seu rosto quando sentiu seu corpo esfria, estava livre de sua toalha, mas não dos toques de Eren, que chegaram ao seu pau com maestria, o tocando de cima baixo, e foi o vencendo com subidas e descidas que não poderiam ser controladas jamais. Eren virou seu corpo, visto que a brecha para livrar suas mãos tinha vindo quando o outro se distraiu. Abaixou-se devagar beijando peito, barriga, e chegou à virilha, saudando os lados antes de tocar no membro ereto.

Sem vergonha alguma, ele subiu sua língua até a glande e desceu se arriscando ao ânus, era um caminho sem volta, ele sabia, gostava daquilo, a sensação de estar com Levi, de tocar em seu corpo, de sentir seu gostoso saboroso. Voltou ao pênis o sugando e colocou na boca, rodeando sua língua de um lado para o outro antes de tirá-lo e lamber as laterais descendo até as bolas, e ânus. Voltou novamente, livrando-se de suas calças, e colocando seu falo para fora. Levi sentou na cama, também saudoso ao senti-lo no céu de sua boca.

Apertou a cintura de Eren em sua frente enquanto fazia seus movimentos e o que não coube em sua boca, ele deixou que uma mão tomasse conta, indo até as bolas, e ao subir, fez questão de apertar um dos mamilos, e ouvir um gemido abafado. Os movimentos de Eren de vai-e-vem serviram para seu prazer, onde se dedicou a seguir o ritmo, não por muito tempo.

Eren o virou na cama, colocando na posição em que queria, Levi agarrou um dos travesseiros e esperou ser penetrado, o momento mais importante daquela madrugada, talvez. O sentiu em sua entrada, e forçar para entrar, fechou os olhos podendo sentir os músculos de sua bunda se abrir de acordo com a entrada. Gemeu enfiando sua cabeça no travesseiro para não deixar que as pessoas do quarto ao lado, o andar de baixo não ouvisse, mas não tinha como segurar para sempre.

Eren foi mais fundo, colocando ambas as mãos ao redor do corpo do outro e apertou o lençol, fechou os olhos começando seus movimentos devagar para não machucar seu amante das madrugadas. Os gemidos abafados o faziam sentir prazer, saber que ao menos uma coisa ele estava fazendo certo depois de tantos erros cometidos nas pesquisas e experiências que nunca davam certo. Foi a fundo começando os movimentos mais ferozes contra o outro e não esperou que ele se arrependesse. Trouxe uma mão para o meio da costa de Levi o forçando a ficar no lugar enquanto seu quadril ia e vinha batendo nas nádegas a cada vez que voltava. Gemeu também podendo abaixar sua cabeça para beijar as costas lisas.

Era prazeroso, diferente e gostoso, e nunca mais se sentiria diferente depois mais uma noite, outra noite, outra madrugada e quantas mais viessem.

Os músculos de seu corpo reagiram ao notar que tudo aquilo, toda aquela intensidade não duraria, Eren fechou os olhos, e trouxe as duas mãos para a cintura de Levi, e vendo gostar da sensação e ajudar nas pequenas investidas que foram acelerando no momento certo. A tensão que os cobria, a atmosfera cheia de luxuria e uma paixão desconhecia os fez ofegar a cada toque e ao aumento da velocidade para que pudessem chegar ao ápice juntos. Gozando igualmente, sobre gemidos e caricias.

Eren o trouxe para perto, colocando seu peito nas costas do outro e virou seu rosto para um beijo ser dado, buscando sua língua e o fazendo gemer novamente. Levi esperou livra-se para sair e deitar na cama, assistindo Eren se vestir, e sair de seu quarto depois de um beijo de despedida.

Tomaria banho de novo, e o esperaria na outra madrugada. Com certeza.

March 10, 2018, 11:29 p.m. 3 Report Embed 1
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Sra Peroka Sra Peroka

Eu simplesmente amei !
March 21, 2018, 6:03 p.m.
Kira Tsuno Kira Tsuno

Aquele momento wue vc termina de ler e..... aaaaaaaaaasaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaasaaaaaaaaaaaaah!!!!!!!!!
March 12, 2018, 10:20 a.m.

  • Yu Amae Yu Amae

    kkkkkkkkkkkkkkkk
    March 12, 2018. 10:46PM
~