Vai casar comigo, ou não? Follow story

jpstyle JPStyle !

A decisão estava em si há um ano. E, dessa vez, o universo tinha conspirando para que o momento de fazer o tão aguardado pedido enfim chegasse. E, embora não exatamente do jeito que tinham fantasiado, o dia primeiro de Março se tornava ainda mais especial.


Fanfiction All public.

##Romance #Yaoi #YuriOnIce #Fuffly #Otabek/yuri
Short tale
5
6852 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Feliz aniversário, Yura!

— Você está sendo muito misterioso, vendando os meus olhos e me fazendo andar por aí.

Dizia Yuri enquanto segurava forte a mão do namorado.

Tinham participado do Skate Paris na noite anterior, e deveriam estar treinando, afinal a final se aproximava. Mas aquele era um dia especial, e foi por isso que Yakov, bem como o treinador de Otabek, liberaram os patinadores para aproveitarem a tarde.

— Você sabe que eu odeio surpresas, e o fato de ser meu aniversário, e eu obviamente saber disso, faz com que qualquer coisa que você tenha planejado, não ser algo inesperado. Não é como se eu fosse estar nervoso ou em expectativa e…

E continuava tagarelando sem parar, mostrando que sim, estava nervoso e em expectativa.

Otabek seguia o guiando com seu sorriso curto, pensando se realmente conseguiria fazer a surpresa que tinha planejado.

Na verdade aquela ideia o rondava a muito tempo, mesmo que não fosse aniversário do loiro ele a faria. Estava a meses procurando uma data nas agendas corridas dos dois para que pudessem ir até ali. E depois de quase um ano, tinha coincidido de a competição ter caído justamente no aniversário do Russo.

Otabek achava ser o destino. E aquele tempo foi bom para que tivesse ainda mais certeza de sua decisão. Se a um ano, ele já achava estar pronto para dar aquele passo, agora, tinha certeza de que Yuri também estava.

— Tudo bem, acho que aqui está bom.

Otabek disse depois de mais uns minutos de caminhada, parando e se afastando um pouco do loiro.

Tinha o levado até um mirante, muito parecido com o local em Barcelona, onde a história deles começou. Dava pra avistar toda a cidade dali, bem como a Torre Eiffel.

— Tá legal, espera eu me afastar um pouco e então você pode tirar a venda.

— Que vento do caralho é esse? E porra por quê se afastar, que mistério é esse? Cadê o meu bolo?

— Okay, pode tirar.

E ele o fez. Estava de costas para o moreno, e observava o quão incrível aquela vista podia ser. O pôr do sol o fez lembrar de quando tornaram-se amigos, e como um filme, tudo o que passaram juntos depois daquilo, eram seis anos de relacionamento, e Yuri não poderia ser mais feliz do que já era.

Pelo menos pensava que não.

— Bem, eu planejei isso por quase um ano, e eu sei que não está como você pediu - virou-se na direção da voz encontrando o cazaque com a face levemente corada, as mãos escondidas atrás do corpo - Você disse que queria velas, e pelo que eu vi, hoje também não é lua cheia.

Lembrando-se da brincadeira que fizeram sobre aquilo a quase um ano, Yuri sentiu os olhos marejarem, levou uma mão até o rosto tapando a boca em surpresa.

— Be-beka!

— Mas ainda é Paris, e eu ainda te amo, não menos do que amava a um ano, ou a seis quando nos beijamos a primeira vez, e com toda certeza não tanto quanto vou te amar amanhã.

Com passos curtos, Otabek se aproximava de Yuri, e assim como o loiro, tinha os olhos molhados por lágrimas.

— E essa é a única certeza que eu tenho todo dia quando acordo. E é por isso, Yuri Plisetsky que eu quero que você esteja ao meu lado, quero que você seja minha primeira visão pela manhã, e a última ao me deitar. Quero te dar tudo de mim, e quero ter tudo de você.

Então você me daria a honra de me tornar O Sr. Plisetsky?

— Beka! - e então ele pulou, Otabek precisou se apoiar com o pé para que não caíssem, as vezes Yuri se esquecia que ainda que mais esguio, ele era mais alto que o moreno.

— Feliz aniversário Yura!

— Seu merdinha, você me surpreendeu, e você não me fez um bolo. Eu não acredito que você ainda lembrava dessa merda sobre Paris. Eu achei que você não queria mais casar comigo. - Otabek ria da forma como Yuri falava sem parar, e gesticulava com as mãos, ainda que estivesse o abraçando, entre todas as frases que dizia, distribuía selinhos pela face morena, Otabek apenas apreciava aquela aperto, enquanto sentia o cheiro que provinha dos cabelos loiros. - Eu já estava planejando eu mesmo te pedir em casamento, e caso você não aceitasse eu teria que te drogar e levar até Vegas.

— E então, vai casar comigo ou não?

— Coloca logo essa merda no meu dedo!


_________________________________________________________________________


Essa história faz parte de um coleção de oneshots dentro do universo original, não é necessário ter lido as outras para enterder, mas caso queiram vou deixar o link da história anterior a esta, e a posterior, que é o casamento.

https://www.spiritfanfiction.com/historia/karma-11692054

Casamento:
https://getinkspired.com/pt/story/32139/all-of-me/?ref=dashstoryprofile

Obrigado por ler, e espero que tenham gostado.


March 3, 2018, 8:07 p.m. 0 Report Embed 1
The End

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~