Meu refúgio é nos seus braços (2017) Follow story

alicealamo Alice Alamo

Se havia algo que Ino havia aprendido naqueles anos de namoro, era que voltar para os braços de Sakura após uma semana exaustiva de trabalho era mais que revigorante. E tudo bem, afinal, Sakura gostava da forma como o coração ficava mais do que feliz em recebê-la toda vez...


Fanfiction Anime/Manga All public. © Todos os direitos reservados

#yuri #naruto #sakura #ua #sakuino #ino #Sakura-Ino
Short tale
10
6642 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único


Sakura estava com o braço dormente, mas não podia se mexer para solucionar seu problema. Respirou fundo e tentou não pensar na pilha de livros sobre à mesa na sala de jantar. Suas provas seriam em duas semanas, e tinha plena ciência de que o tempo que estava perdendo deitada naquele sofá lhe faria falta. Muita falta.

Entretanto, mesmo sabendo de tudo isso, não conseguia se levantar. Não, não era preguiça, não era sono ou procrastinação, era algo muito diferente, era Ino...

Suspirou, derrotada, e afundou delicadamente os dedos nos fios loiros soltos e bagunçados da namorada. Observou-a se reacomodar deitando melhor sobre seu corpo naquele sofá que as acolhia tão perfeitamente e sorriu involuntariamente.

Ino era modelo e tinha passado os últimos dias viajando com a agência para uma sessão de fotos. Com a rotina puxada, havia chegado exausta em casa bem na hora em que Sakura preparava a janta. O barulho das rodinhas da mala contra o piso de madeira fez Sakura arregalar os olhos e desligar o fogo do arroz na panela. Ino não a tinha avisado que voltaria tão cedo, se o tivesse feito, ela a buscaria no aeroporto como sempre naqueles últimos três anos! Além disso, quando a viu parada na sala, sentada no sofá com a cabeça enterrada nas mãos, preocupou-se.

O cabelo loiro estava preso em um coque horrível e feito às pressas, e o silêncio era tão incomum que Sakura hesitou em se aproximar.

— Ino? — chamou, ainda parada enquanto secava as mãos no jeans surrado.

Ino ergueu a cabeça com um suspiro cansado, e os olhos azuis fitaram Sakura sem a típica alegria.

— Aconteceu alguma coisa? — perguntou enquanto caminhava até ela e se abaixava no chão para segurar-lhe o rosto.

— O de sempre... — Ino deu de ombros, mas a voz saiu baixa, e ela fechou os olhos ao apoiar o rosto nas mãos da namorada. — Aqueles malditos que acham que somos obrigadas a trabalhar vinte e quatro horas, os fotógrafos babacas que tentam nos assediar, as outras modelos que querem puxar meu tapete a qualquer custo, e o imbecil do Kiba que veio achar que pode me chantagear. Nada novo...

— Kiba está te chantageando? — Sakura perguntou, incrédula com o estilista. — Com o quê?

Ino abriu os olhos e arqueou a sobrancelha para Sakura antes de beijar-lhe uma das mãos.

— Com a gente? Ele sabe sobre nós? — Sakura elevou a voz, preocupada. — Ino...

— Não, não, calma — Ino negou com a cabeça e puxou Sakura antes que a namorada se levantasse e começasse a ter uma crise por aquilo. — Vem cá, esqueça ele, Gaara já está cuidando disso, e você sabe o quanto meu agente é eficiente. Sah, estou cansada... Por favor, eu não consegui dormir nada nesses dias por causa das fotos.

Sakura mordeu o lábio e concordou a contragosto, Ino realmente não parecia estar disposta a fazer outra coisa que não fosse dormir. Deixou-se conduzir e deitou-se no sofá como sabia que ela tanto gostava.

— Obrigada. — Ino sorriu com carinho e beijou-lhe os lábios antes de deitar com ela.

Sakura passou o braço pela cintura da outra e soltou-lhe o coque, começando a desembaraçar os fios porque conhecia Ino e sabia como ela amava quando mexia em seus cabelos. Sorriu convencida quando a namorada riu de leve de satisfação contra sua pele, fazendo um arrepio gostoso atravessar seus músculos, seus ossos, e se alojar perfeitamente em seu coração.

— Senti sua falta — Ino falou e esfregou o rosto contra seu pescoço, como um gato manhoso.

— Também senti a sua. Da próxima vez, vou junto, o que acha? — sugeriu, ignorando a parte da sua mente que lhe dizia que era quase impossível conciliarem as agendas.

— Seria maravilhoso se pudesse. — Ino bocejou e apoiou o queixo no colo da outra para poder olhá-la nos olhos.

— Que foi? — Sakura arqueou a sobrancelha. — Admirando a beleza?

— Com certeza. — Ino sorriu quando Sakura corou.

— Não sou eu a modelo.

— Isso porque eu sou muito ciumenta. — Ino piscou e se esticou para alcançar os lábios rosados em que era tanto viciada. Sorriu contra eles após o beijo casto e suspirou feliz por estar em casa. — Te amo, sabia?

Sakura ajeitou-a melhor, deixando o corpo pequeno da modelo parcialmente sobre o seu.

— Também te amo — respondeu ao abraçá-la e não demorou nada para que a respiração de Ino se acalmasse e ela dormisse.

Sakura apertou-a inconscientemente contra si e depositou um beijo demorado em sua testa. Olhou-a com carinho, quase adoração podia dizer, e pegou-se sorrindo boba quando o se deu conta do peito se aquecendo, do coração batendo forte a cada segundo que se deixava permanecer naquele pequeno espaço morno e apaixonante.

Apoiou a face sobre a cabeça dela e fechou os olhos, derrotada pelo momento ao olhar o relógio sobre a mesa de centro e verificar que mais de uma hora havia se passado.

Os livros? Hum... talvez depois...

Kiba? Suspirou contra o cabelo de Ino, adorava o aroma doce do shampoo que ela usava. É, deixaria Gaara acabar com aquele estilista arrogante...

A janta? Bem, ela não estava com fome mesmo...

Naquele momento, como sempre acontecia, ela aproveitaria a namorada em seus braços naquele pequeno e confortável sofá e a paz que isso lhe trazia, afinal, se Ino precisava daquilo para conseguir dormir depois de uma semana estressante, Sakura necessitava daquilo para ser cada dia mais feliz...

March 2, 2018, 1:54 a.m. 2 Report Embed 3
The End

Meet the author

Alice Alamo 23 anos, escritora de tudo aquilo em que puder me arriscar <3

Comment something

Post!
Inko Sazana Inko Sazana
Pra que estudar e comer ne?? Desnecessário, tem que curtir o tempo que tem com a namorada afagando o cabelo e dando carinho mesmo. Ai meu deus eu amo muito SakuIno, elas são tão perfeitas juntas, sua fanfic é apaixonante, quase morro de amores. Fiquei curiosa pra saber qual era a chantagem do Kiba, espero que Gaara consiga resolver isso
Sept. 8, 2018, 1:53 p.m.

  • Alice Alamo Alice Alamo
    Olá!! Ah, a gente tem que ter um tempo para os mimos também né? Eu amo SakuIno porque acho delicado e fofo, com uma amizade descontraída, sabe? A chantagem era sobre a orientação sexual da Ino e o fato de ela estar com a Sakura =( Mas o Gaara com certeza deu um jeitinho. Muito obrigada pelo comentário! Beijoss Sept. 22, 2018, 6:32 p.m.
~