Dama da noite Follow story

ohhtrakinas Sasah Trakinas

Naquela tal cafeteria, ele era a minha única companhia sem estar ao meu lado. Ficar observando ele, encarando sua beleza era realmente gratificante.


Fanfiction All public.

##kuroko no basket ##KNB ##Kise ##Kise prostituto
Short tale
3
6651 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

one-shot

Não era a primeira vez que o via na aconchegante cafeteria que eu costumava á frequentar. Sempre na hora de meu almoço, lá estava ele sentado em uma mesa para dois, solitário no canto do estabelecimento, perto da porta que dava para o terraço, afastado das janelas.

Já perdi a conta de quantas vezes tive vontade de ir até ele e sentar-se em sua mesa, acabando com sua solidão. Sempre com os cotovelos apoiados sobre a mesinha de vidro, olhando para a xícara de café que pouco a pouco perdia sua quentura.

Lábios levemente avermelhados, brilhosos; segurando um cigarro apagado -pois não podia fumar da cafeteria. Olhos lindos da cor âmbar com cílios grandes, orelhas com brincos discretos, um corpo magro sendo coberto por uma roupa feminina pouco ousada; sendo esta uma blusa vermelha que as alças amarram no pescoço, short preto curtíssimo, baixo, sempre mostrando a alça de sua calcinha rosa choque, e seus pés sempre calçando a mesma sandália dourada de salto pequeno. Enquanto ele ignorava todos os olhares negativos sobre si, eu apenas o admirava de longe.

Ele era uma pessoa bonita. Eu tinha vontade de conversar com ele. Escutar suas dores, ouvir falar sobre seu doloroso trabalho de prostituto... Mas eu nunca fiz isso. Nunca tive coragem. Sempre preferi ficar aqui, sentado em minha mesa, compartilhando a mesma solidão, o observando de longe. O admirando de longe.

Sempre me perguntava o que ele fazia naquela cafeteria, sempre no mesmo horário, sempre no mesmo lugar... Será que ficava á espera de alguém? Ele não se cansava de esperar essa pessoa que nunca aparecia? Sua única companhia era a xícara de café que nunca tomava, apenas deixava-a ali, na sua frente... E sempre ia embora quando a fumaça morria, mostrando que o café já estava frio.

E quando ele ia embora, eu também ia.

Não aguentaria ficar dentro da cafeteria sem a sua companhia...

Mas mesmo assim, dia após dia, ele sempre estava lá esperando por alguém seja lá quem seja, e se estava esperando por alguém mesmo... Mas no fundo eu agradecia. Agradecia por sempre estar lá para eu admirar sua beleza que aos poucos ia percebendo que estava se acabando.

Dia após dia, estava ficando mais magro.

Dia após dia, os olhos iam ficando opacos.

Dia após dia, suas roupas iam ficando folgadas e maltratadas.

Até que um dia ele não apareceu mais...

Cadeira estava vazia. Aquele lugar no canto da loja estava vazio. Não havia nenhuma xícara... Nada...

Não ver ele ali me deixou com um sentimento de dor. Me senti sozinho, assim como ele se sentia...

Me pergunto o que aconteceu para ele não aparecer mais na tal cafeteria. Me pergunto se tem alguma coisa a ver com sua aparência que aos poucos ia se definhando... Talvez não seja nada disso, também.

Talvez ele simplesmente cansou de esperar... 

March 1, 2018, 12:54 p.m. 0 Report Embed 4
The End

Meet the author

Sasah Trakinas Alcoólatra triste.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~