Filho Follow story

vica-mendes3200 Diana Borges

Revelações de pai para filho, um relato sincero e inesperado de um Saiyajin, para outro Saiyajin, palavras que não serão ditas em voz alta, mas transformadas em atos repletos de significados que com apenas um olhar pai e filho terão dito tudo que há em seus corações


Fanfiction All public.

#Dragon Ball
Short tale
3
6976 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Saiyajins

Tenho uma segunda chance de acertar as coisas com meu filho. Na primeira vez que ele veio eu era diferente ,quando ele partiu começou minha mudança, lenta, e conflitante entre quem eu um dia fui e quem eu estava me tornando, foi com muito custo que consegui aceitar a minha mudança , por mais que eu lutasse contra eu tinha modificado não havia escapatória.

Ver ele deitado, ferido, inconsciente me deixou apreensivo, abalado, foi tão sutil que tentei disfarçar o quanto estava preocupado com o moleque, no entanto um par de olhos azuis atentos me observaram e em cumplicidade nada falou , porem foi percebido que eu estava perturbado. Quando ele despertou, atacando Kakaroto deixando todos surpresos e relatou o que o fizera voltar para essa realidade, para esse passado tão cruelmente diferente daquele que ele cresceu e contou que sua mãe foi assassinada pouco antes dele aqui chegar , escapando quase sem vida e em desespero para pedir ajuda, visando seu ultimo recurso a maquina do tempo.

Eu estremeci de raiva, fiquei possesso, ele deveria estar em paz, progredindo ao lado da mãe, construindo uma vida nova, não vivendo em batalhas, lutando sozinho contra todos os inimigos ,sofrendo o luto mais uma vez pela morte da mãe, ficando completamente abandonado a sua sorte.

Meu filho, o sangue nobre de um Saiyajin de elite, não pode ser humilhado e derrotado dessa forma.

Dessa vez irei treina-lo, quando ele veio da primeira vez eu o repeli, neguei – me a treinar com ele, a ensina-lo qualquer coisa , porem agora ele não saberá apenas as técnicas do filho morto de Kakaroto, ele carregara sua herança de príncipe, meu legado.

Ensinarei todos meus golpes, mostrarei todas minhas técnicas, afinal é meu filho e é seu direito conhecer táticas, golpes e ataques da nobreza Saiyajin do seu pai.

Se ele pensa que pegarei leve, que darei moleza esta completamente enganado , justamente por ser herdeiro do meu sangue exigirei muito mais dele do que de qualquer outro , ele terá que se esforçar três vezes mais e treinar muito mais, o forçarei ao máximo para que ele me mostre todo seu potencial , para mostrar pra mim toda sua força, não deixarei por menos, como híbrido que é ,sei que pode e é muito mais forte, poderá ir muito além do que eu fui , ele é mais forte e imensamente mais poderoso que eu era na idade dele, sendo que sempre peguei pesado nos treinamentos ,nunca fiquei satisfeito ,sempre tentei me superar e superar aquele verme terceira classe do Kakaroto , mesmo com ele com um passo sempre a minha frente ,sendo mais talentoso pras lutas.

Meu filho assim como o dele é híbrido e é mais forte e ainda tem a inteligência da mãe, é a combinação perfeita , de força e astúcia.

Fico observando suas reações, ele esta impressionado com o fato de Kakaroto ter lutado com Beerus o Deus da Destruição, ele não imagina nem supõem que eu também lutei e consegui lhe acertar alguns golpes por ter o atrevimento de dar um tapa em sua mãe, dessa realidade, fiquei tão furioso que consegui por um breve instante superar o maldito Kakaroto, fiz o que ele não fez em seu arrogante SSJ3 , dei golpes e chutes em Beerus, naquele momento em minha fúria a ira me fez superar Kakaroto , e involuntariamente declarei todo meu amor por sua mãe ,na presença de todos os insetos amigos de Bulma com os quais eu aprendi a conviver e a me acostumar com suas presenças.

Bulma tem o temperamento tão ou mais forte que o meu, em algumas ocasiões ela consegue ser mais temida do que eu, ela não tem medo de enfrentar quem quer que seja , Bulma consegue ser muito mais terrível do que eu e preciso tomar cuidado para não cair em suas chantagens e manipulações.

Observo atento as reações e impressões de meu filho, ao final do café da manhã , após ele ser atualizado por Beerus, sobre todos os últimos eventos pela perspectiva do Deus da Destruição.

Com minha decisão firmada lanço o olhar e lhe digo:

— Siga-me, irei fazer o favor de treina-lo.

Desencosto da parede, e me dirijo ao pátio dos fundos da mansão da Capsule Corp ; chegou a hora de preparar meu herdeiro para o que teremos que enfrentar .

E assim espero fortalecer seu espírito forçar seus limites, para que dentro de alguns dias, não podendo perder mais tempo não seja necessário outra fuga ao passado, e com isso ele levara pra sempre sua herança Saiyajin e o orgulho de príncipe que lhe é de direito.

Noto seu olhar de incredulidade, ao me ouvir dizer essas palavras, tão surpreso que ficou alguns minutos paralisado me olhando andar, sinto seu olhar de espanto atrás de mim, admito que sua reação não é surpresa para mim, pois ele tanto implorou ,pediu ,suplicou para que eu o treinasse antes, na época em que enfrentávamos as latas velhas dos androides, e eu apenas o enxotava, que é difícil para ele acreditar que estou me oferecendo para treina-lo, ele nunca pode conviver comigo ,ver minha mudança, como sua versão criança que foi capaz de se transformar em SSJ pouco tempo atrás e que me pegou desprevenido num treino na sala de gravidade para o torneio, em que fomos recrutados para enfrentar Babidi e Manji Boo e Kakaroto foi revivido ,e eu cometi o ato mais significativo de minha vida me sacrificando para salvar Bulma, e o pequeno Trunks, minhas ações refletiram de uma forma que eu nunca pude deduzir, me trazendo também a vida.

Marcando e firmando assim toda a minha mudança, deixando para trás de uma vez por todas aquela prisão em que eu vivia, querendo superar Kakaroto de toda e qualquer forma, onde fui capaz de vender minha alma a Babidi, amargamente admitido que eu não era mais o mesmo de quando cheguei aqui na terra anos atrás, e que a vinda de meu filho do futuro, tinha sido o inicio dessa mudança, tive que encarar de frente que mesmo não querendo, meu filho foi o principal motivo por eu ter me tornado quem sou hoje, e dessa forma encontrei um meio de retribuir por dar uma nova oportunidade a todos nós de sobreviver e nos alertar sobre um futuro em que não faríamos parte.

Assim estou pagando minha divida e estou agradecendo por tudo que meu filho representa, uma luz de esperança que nunca se apaga e com todas as adversidades, segue lutando pelo que acredita e por um mundo melhor para todos.

March 1, 2018, 3:17 a.m. 4 Report Embed 3
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Megan W. Logan Megan W. Logan
Adorei essa oneshot! Muito boa! Beijos!
March 3, 2018, 7:25 p.m.

  • Diana  Borges Diana Borges
    March 3, 2018, 7:27 p.m.
  • Diana  Borges Diana Borges
    obrigada minha amada, por ler e comentar, que bom que tu postou comentário de novo, pois da outra vez não registrou. beijos March 3, 2018, 7:30 p.m.
  • Diana  Borges Diana Borges
    obrigada minha amada, por ler e comentar, que bom que tu postou comentário de novo, pois da outra vez não registrou. beijos March 3, 2018, 7:30 p.m.
~