A Carta Follow story

vica-mendes3200 Diana Borges

No dia de Trunks voltar ao passado para lutar ao lado de Goku e os Guerreiros Z apos os 3 anos do aviso sobre a chegada dos Androides Bulma escreve uma carta para Vegeta, mas ela ira dar ao filho essa carta para que em algum momento do passado Vegeta descubra o quanto ele se mantem nas memorias de uma Bulma que agora vive apenas algumas fotografias velhas e lembranças ?


Fanfiction All public.

#Dragon Ball
Short tale
4
7061 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Hope

A carta nada mais era de que algumas poucas linhas escritas e muitos sentimentos que se misturavam e deixavam tudo ainda mais complicado, saudade, tristeza, amor, decepção, tudo se amontava e faziam as palavras saírem como se fossem pedaços de sua própria carne, ferida ainda não cicatrizada.

Bulma olhava pro papel pela milésima vez e ainda sem coragem de decidir se enviava aquelas poucas palavras que lhe custavam tanto, pelo filho pra entregar ao Vegeta, não o seu Vegeta que morreu no mundo destruído e sem esperanças que vivia, mas no mundo onde ele construiu uma família ,onde teve uma chance de desenvolver um relacionamento com a Bulma que ela hoje só mantinha na lembrança.

Suas palavras eram poucas, mas tudo que ela deseja era poder mostrar a ele que nunca o esqueceu ,e sempre o manteve em seu coração, ela tinha a concepção de que suas lembranças da época em que conviverem haviam sido trocadas por momentos em que só a Bulma do passado era portadora e sendo meio absurdo não conseguia evitar o ciúmes de si mesma, mas essa outra Bulma não tinha culpa de nada, ela fez todo o possível pra que a historia não se repetisse e fez tudo pelo filho que era o maior presente de Vegeta a essa Bulma do futuro, tudo que lhe restou junto com algumas escassas fotografias e lembranças que ela teimosamente lutava pra manter e não cair em esquecimento, nem tão pouco serem destruídas pelos androides assassinos, que ameaçavam pessoas, matavam e destruíam prédios .

Bulma queria contar muito a Vegeta sobre seu filho como ele foi uma criança esperta e forte como o pai, e o quanto o filho em alguns momentos era um reflexo do pai, mas lhe faltavam as forças, pra expressar em palavras o quanto ela sentia sua falta e o quanto o filho sentia mesmo sem lhe dizer a falta do pai em sua vida.

Trunks era uma criança sem infância que se ressentia por tudo que não pode ter por causa dos androides, uma família, com seus avós, amigos, e que as vezes se escondia pra folhear um álbum velho com o rosto de todos aqueles com qual não teve a chance de conviver e aprender sobre ser um Saiyajin, ela num desses momentos ao encontrar o filho num canto da casa contou sobre ele ser herdeiro da nobreza Saiyajin pois seu pai era o príncipe e o futuro rei se o malvado Freeza não tivesse destruído o Planeta Vegeta e contou sobre Namekusei, onde Vegeta foi morto pelo tirano.

Trunks ficou meio encabulado pelo fato de a mãe tê-lo encontrado escondido olhando as fotos um pouco amareladas pelo tempo e seus olhos brilharam com a historia que ouvia então ela o abraçou e lhe disse que ele não precisa se esconder pra olhar as fotos que ele podia sempre que quisesse olhar para o rosto daqueles que não estavam mais com eles.

Bulma acabou desistindo de mandar a carta, ela não tinha certeza se Vegeta iria querer saber sobre ela e a vida que tinha sem ele .

Enxugando algumas lágrimas teimosas ela dobrou o papel e guardou no bolso de seu macacão azul e foi se despedir e desejar boa sorte ao filho que agora iria voltar ao passado pra lutar junto aos guerreiros como ele prometeu, os três anos no mundo do passado enfim haviam chegado, e a hora agora era de torcer que Goku tivesse se recuperado da doença no coração e que todos seus queridos amigos vencessem as latas velhas e que seu filho ao retornar lhe desse a boa nova e que seu futuro fosse enfim uma época de paz e mais feliz, como ela se recordava, mesmo que não pudessem reviver todos com as esferas que desapareceram quando o grande guerreiro de Namekusei Piccolo foi morto pelos terríveis Androides que deixaram seu mundo em pedaços e que por fim mataram o filho de Goku.

Gohan que foi a única figura masculina que sobrou em quem seu filho se espelhou e o ultimo guerreiro Saiyajin que pode ensinar e explicar a Trunks desde muito pequeno por que eram diferentes das outras pessoas , por que eles tinha uma força maior que os outros como podiam voar, controlar o Ki e conseguiam lançar energia com as mãos.

Mesmo que Gohan não tivesse todas as repostas ele era Saiyajin, um Hibrido, um Mestiço, a mistura das duas raças Sayan e Terráquea igual a Trunks e eram os últimos de uma poderosa raça forjada para as batalhas, orgulhos guerreiros que tinham prazer e ansiavam pelas lutas.

Bulma foi em direção ao que antes era o jardim da Capsule Corp, que agora estava todo destruído, sem grama, sem as flores coloridas e variadas que sua mãe tanto amava e sem os bichinhos que seu pai recolhia e trazia pra casa, tudo estava arrasado, era apenas terra, areia e buracos das explosões , golpes, chutes e socos , como cicatrizes que não a deixavam esquecer das mortes de seus amigos e do seu Vegeta, respirou fundo e tentando esconder a tristeza por tudo que aquilo representava, deu um beijo no rosto do filho e lhe desejou boa sorte, assim que a maquina do tempo desapareceu, ela pegou a carta dentro do bolso, releu pela ultima vez e a soltou para que o vento levasse embora as palavras que nunca seriam lidas e entrou em casa com a esperança que seu filho não demorasse muito e que tudo daria certo. Afinal era ainda Bulma Briefs a mente mais brilhante que conhecia.

March 1, 2018, 2:01 a.m. 3 Report Embed 4
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Dara Luny Dara Luny
ótima história!
Feb. 28, 2018, 8:51 p.m.

~