Dear Boss Follow story

scorpius MyG !

Audaciosa e petulante, Sakura Haruno chega com seu sorriso debochado, língua afiada e cabelo rosa a Corporação Susanoo’s. A missão é apenas uma: Colocar Uchiha Madara, o carrasco de sorriso cínico número um na linha. [ MADASAKU ]


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#naruto #sakura #comédia #hentai #madasaku #sakuraharuno #madara #madarauchiha #ceo #universoalternativo
8
6777 VIEWS
In progress - New chapter Every 30 days
reading time
AA Share

A ousada chegou

- E então, o que achou? – Hashirama me perguntou pela milésima vez. Tobirama já estava impaciente caminhando de um lado a outro na sala, eu sabia que estava com a paciência curta pois estava batucando os dedos de maneira frenética no próprio braço.

- Ela não é muito nova para o cargo? – Corri os olhos pelo currículo mais uma vez. Era impecável, mas ela só tinha vinte e quatro anos e os cabelos... que merda era aquela?

- Você só tem trinta e seis Madara. – Hashirama me repreendeu. - Olha onde ela estagiou, a recomendaram muito bem e você está precisando de uma secretária em caráter de urgência. Por favor, apenas faça a entrevista.

Revirei os olhos. Eu teria outra escolha?

Mas é claro que não.

- Tudo bem, peça para entrarem em contato e ela estar aqui amanhã as nove em ponto. Não aceito atrasos. – Hashirama suspirou.

- Tudo bem.

Tobirama apenas me olhou dos pés à cabeça e saiu da sala me lançando um olhar vago.

Eu odiava essa pressão. 

Não tenho culpa se as mulheres que contratam não duram no cargo.

Não sou o chefe queridinho entre os funcionários obviamente, na verdade creio que eles me odeiam veemente e sempre direcionam tudo a Hashirama que é bem mais simpático, me livrando de certas dores de cabeça.

Tem dois meses que estou sem uma secretária, não lembro o nome da última, mas depois que ela derramou todo o meu café na mesa devido a tremedeira eu nem precisei falar que ela estava demitida.

Admito que está uma bagunça e estou bem desorganizado, mas eu queria encontrar alguém a altura do cargo e disposta a aguentar meu mal humor, afinal, estou pagando o salário, certo? Mas Hashirama sempre é apressado e agora me apareceu com a tal Sakura Haruno.

Bufei irritado, mas que merda.

~ ~

O meu dia já tinha começado de maneira péssima. O transito me irritava, estar usando terno no verão me irritava e as músicas na rádio... bem, prefiro não comentar.

Adentrei ao prédio da Corporação Susanoo’s e segui rumo a minha sala em busca de um ar condicionado. Em que inferno de cidade se faz trinta graus em plena primavera?! A resposta é simples: Porto Alegre.

Eram oito e meia da manhã e essa primeira meia hora se arrastou como se eu estivesse pagando uma penitencia.

Faltando dois minutos para as noves eu já sorri de maneira sarcástica, sem dúvidas a menina se atrasaria.

Nove horas em ponto alguém bateu em minha porta e eu estreitei os olhos. Sabia que só podia ser a tal Sakura, mas não daria o braço a torcer que ela foi extremamente pontual.

- Entre. – Disse de maneira firme arrumando minha postura. A maçaneta girou e logo uma cabeleira rosa e um cheiro maravilhoso de cerejas invadiram minha sala.

Olhei a mulher dos pés à cabeça umas três vezes e ela fez o mesmo comigo.

- Bom dia, Senhor Uchiha. – Ela me olhou de maneira lasciva, diferente de sua pessoa, sua voz não era delicada, era direta e carregada de escarnio.

- Presumo que seja Sakura Haruno. – Ela revirou os olhos.

ELA. REVIROU. OS. OLHOS.

Bem na minha cara!

- Oh! E conseguiu presumir isso devido ao fato de eu estar aqui as nove da manhã?! Hora na qual você havia agendado? – Estreitei os olhos.

Mas que mulherzinha petulante essa.

- É bem audaciosa para quem está precisando de um emprego. – Ela sorriu para mim de maneira torta.

- Você por acaso olhou meu currículo? – Ela tomou a liberdade de sentar. – Se olhou sabe que estou muito bem empregada e só aceitei vir até aqui por que o salário cobre o meu atual e por que Hashirama precisava de alguém com pulso firme. – Sorriu. – Ou estou errada?

Meus lábios se comprimiram em uma linha fina.

Mas olhem a audácia dessa garota.

- Entendo, mas para sua alegria não é bem o seu perfil que procuro. – Escorei-me na cadeira. – Está dispensada.

Nem foram precisos dois minutos de conversa para mim saber que aquilo não daria certo. No entanto, em meio a meu sorriso cínico e postura relaxada, Sakura apenas sorriu de canto.

- Está falando de qual perfil? Os cabelos rosas ou a língua afiada? – Ergueu a sobrancelha. – Se for os cabelos, saiba que você também não correspondeu às expectativas. O cabelo longo, gola da camisa amaçada... você provavelmente é solteiro, por isso vive com um sorriso debochado e fazer da vida das secretárias um inferno se tornou seu passatempo. – Estreitei meus olhos e minha expressão fechou. – Ah! Achou que era o único a fazer lição de casa? Entenda Senhor Uchiha, eu sou competente no que faço, mas não guardo desaforo e muito menos vou segurar minha língua. Hashirama é tio de minha madrinha Tsunade, ele me conhece e apenas por isso te convenceu a fazer essa entrevista, ele sabe que posso aturar você.

Eu estava perplexo.

Quanta ousadia!

E o pior é que devido a surpresa, eu nem conseguia formular algo para a responder a altura.

Meu maxilar trincou e aqueles olhos verdes pareceram me engolir.

Ela só podia ter ligação com Tsunade, o temperamento era igual, o jogo de palavras, a audácia, ousadia...

Estava odiando admitir, mas eu acabei de perder todo o meu rebolado construído ao longo de anos de preparo em menos de cinco minutos.

Aquilo era um desafio?

Relaxei a expressão corporal tentando absorver cada palavra daquela garota que me encarava com uma ousadia quase que desumana.

Coloquei um sorriso de canto nos lábios e fechei os olhos, escorando-me na cadeira.

- Você começa na segunda.

Foi tudo que eu disse antes de abrir meus olhos e ficar cara a cara com sua expressão vitoriosa.

Ótimo Sakura, sorria enquanto pode por que pretendo te ensinar algumas lições sobre ousadia e petulância, começando na segunda. 

Feb. 28, 2018, 6:31 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Sabe as estruturas? Foram abaladas

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 5 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!

Related stories