Awake!au|knj+ksj Follow story

districasgard H

Kim Seokjin é o filho mais velho de uma família extremamente conservadora, ele foi criado para assumir a empresa de tecidos e a irmã mais nova para achar um casamento, mas aos vinte anos de idade em uma visita a Seul com os amigos ele finalmente se descobriu, um beijo parece ter libertado sua mente e seu verdadeiro eu. A sensação de liberdade cria uma força em Seokjin o fazendo ir contra a família e resolve se mudar para encarar o mundo, e o dono do beijo que lhe deu vida.


Fanfiction For over 18 only.

#yaoi #bts #blackpink #yoonseok #sope #jikook #namjin #taeyoonseok #got7 #markson #2jae
5
6.7k VIEWS
In progress - New chapter Every Tuesday
reading time
AA Share

Green Light

- Não acredito que você vai me deixar aqui – Lisa reclama jogada na minha cama – poderia esperar minha transferência no semestre que vem – me sento ao lado da minha irmã caçula, a abandonar com os meus pais vai ser difícil, na verdade com o meu pai pois minha mãe está me dando todo o apoio para essa mudança – você vai cursar artes cênicas agora e finalmente vai mostrar o dramático que é – Lisa pula nas minhas costas e eu a giro pelo quarto. Quando minha irmã nasceu foi um dos melhores momentos da minha vida pois ali eu ganhei uma confidente, foi a primeira e única da família a se tocar sobre a minha sexualidade, por várias vezes me empurrava alguns caras porque queria que eu desencalhasse, mas depois entendeu que não seria fácil com a família que temos.

- São só seis meses – eu falo tentando a consolar – e não vai ficar totalmente sozinha, tem o Bambam para te fazer companhia.

- Você sabe que não é a mesma coisa – ela tira uma mecha de cabelo dos meus olhos – mas estou feliz que você está indo e com bolsa integral, agora quando voltar para a faculdade vou jogar na cara de todos que meu irmão é um gênio que foi enfrentar a capital – Lalisa fica de pé na minha fazendo pose de super-herói – E UM DIA ELE ESTARÁ NO OSCAR!

- Claro – continuo arrumando minhas malas, vou dividir o apartamento com dois amigos que já estão estudando lá a mais tempo que eu, tenho certeza que Hoseok deve ter chamado algumas pessoas para fazer uma comemoração, realmente espero que Yoongi tenha barrado essa ideia dele, mas quando Hobi coloca algo na cabeça fica difícil tirar.

- Posso ficar com a sua caixa de som? – Lisa me pergunta fazendo carinha de cachorro que caiu da mudança.

- De jeito nenhum, preciso dela para viver – respondo pegando o aparelho da mão dela. Termino de organizar minha terceira mala e começo a focar nas caixas que vou levar algumas coisas de decoração e coisas de quarto, a sorte é que vou viajar de carro porque levar tudo isso de trem ou ônibus seria horrível – já que está aí, pode me ajudar tirando as fotos da porta – retratos.

- Claro, tiro de todos?

- Pode ser, depois eu faço uma seleção do que vai ficar ou não.

Deixo uma música baixinha tocando, mas mesmo assim o quarto está barulhento pois não conseguimos se controlar e cantamos praticamente gritando, minha mãe fala que nós damos vida a casa com as nossas vozes, desde novinhos ela meio que nos obrigava a cantar no coral da escola porque via talento na gente, acabou que Lisa quer ser diplomata e eu ator, cantar virou apenas para entreter a família no final do ano.

- LIONS HEARRT – chega ao refrão e ambos nós entregamos de corpo e alma para a música, a porta se abre lentamente e minha mãe entra sorrindo, ela deixa a bolsa na cadeira ao lado de onde entrou e vem em nossa direção.

- Nada como a doce voz de vocês depois de uma audiência cansativa – minha mãe acaricia meu rosto, sei que minha partida destruiu o coração dela, ainda mais com o início do pedido de divórcio, mas Lalisa ainda não sabe disso – poderia ouvir meus anjinhos cantar todos os dias.

- Eu sei – a abraço forte e tento passar uma energia positiva a ela, minha missão sempre foi fazer essa mulher o mais feliz que posso, em certos momentos esqueci da minha felicidade pela dela – assim que estiver completamente estalado vocês vão me visitar, ok?

- Mas é claro - Lisa responde – não posso ficar muito tempo longe do meu hyung – a puxo para o abraço e nos três ficamos ali nesse momento amável e confortável.

- Amanhã quando você for eu estarei no trabalho, mas te desejo muita sorte meu filho e se não der certo estarei aqui te esperando de braços abertos – a melancolia no tom da voz dela, mas sei que vai passar, pego a mão dela e encho de beijos – você é tão bonito meu filho.

- Obrigada, puxei a você – respondo.

- Espero que um dia ache uma mulher que valorize suas feições – minha mãe fala emocionada e Lisa dá uma risada, dou um cutucão de leve na minha irmã mais nova e troco um olhar tipo “cala a boca”.

Terminamos de empacotar tudo e eu já deixo o carro carregado, tomo um banho refrescante e tranco a porta do quarto para ter um momento de silencio e paz, agora está tudo vazio como se não pertencesse a ninguém, uma gaiola vazia e fria, mas dentro de mim tem algo quente. Fecho os olhos e acaricio meus lábios lentamente me lembrando do toque dele, como sua mão se encaixou perfeitamente na minha cintura, seu gosto de bebida à base de limão que entorpeceu totalmente minha boca, tento me concentrar para lembrar seu rosto, mas o estado que eu estava não ajuda.

- Quem é você? – Pergunto a mim mesmo soltando um suspiro.

Feb. 28, 2018, 1:29 a.m. 0 Report Embed 0
To be continued... New chapter Every Tuesday.

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~