Bem vindo, Sr Hyuuga Follow story

tiotobirama brener Silva

Uma soneca na sala de recuperação do hospital fazem Konohamaru lembrar do passado de como ele se tornou o sr Hyuuga.


Fanfiction Anime/Manga All public. © direitos dos personagens reservados a masashi kishimoto, essa historia é apenas uma ficção de fan

#hanabi/konohamaru #UO #hanabia #konohamaru #naruto #konohana
3
7058 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Sr Hyuuga

Konohamaru

-Ai – eu falei enquanto Sarada me carregava para o hospital.

-Seja homem Konohamaru-sensei – Sarada gritou dos três Sarada é a mais dura.

-Não é você que levou uma Kunai na barriga – falei segurando a lamina que atravessou meu colete e perfurou meu abdômen.

-Levou uma Kunai porque não tomou cuidado como eu mandei, se lembra de quem era a jonin líder dessa missão? – a sim esqueci de contar a dois anos, Boruto, Mitsuki e Sarada se Tornaram jonins então nem sempre eu era o líder das missões.

-Preferia quando eu devo as ordens - Sarada riu do meu protesto e me levou até o hospital.

Me feri durante uma missão em conjunto com suna e nuvem, perseguimos ninjas renegados que roubaram pergaminhos secretos contendo dados sobre as possíveis localizações das bijus, mantínhamos isso para protegê-las caso algum dissidentes tentassem usar o poder delas, mas isso não é importante o importante é que atiraram uma nuvem de kunais em um chunin da nuvem que estava abatido e eu me feri tentando defende-lo é claro o garoto está bem, mas acabei levando uma na barriga, como estávamos perto da aldeia e Mitsuki e os outros ninjas médicos cuidavam dos mais graves Sarada me pegou e me trouxe em seus braços para a vila oque devo dizer que foi constrangedor, eu candidato a Hokage e “primeira dama” dos Hyuuga como Hanabi gosta de falar , sendo carregado pela ex aluna. Bom chegamos ao hospital perto do meio dia, Sakura-san estava de plantão então foi um tratamento rápido apenas alguns curativos e jutsus e eu já estava curado, mas por causa dos remédios para dor eu acabei ficando dormindo na sala de recuperação.

Konohamaru - quatro anos atrás.

Lá estávamos nos dois deitados na cama olhando um para o outro em ali em silencio, nossos corpos exaustos depois de um ato digamos quase irracional há tempos flertávamos, mas era mais como uma brincadeira, nunca pensei que chegaríamos ao ápice de fazer sexo como aconteceu agora pouco, uma briga palavras trocadas, ela invadiu minha casa para tirar satisfações sobre um erro da missão recente que ela liderou, minutos depois de farpas trocadas estávamos derrubando tudo pela casa em direção ao meu quarto, uma verdadeira luta, um verdadeiro fulgor de desejo e luxuria, eu gritei, ela gritou e começamos a nos beijar e tirar as roupas quase em desespero, nos consumimos no fogo do desejo e agora estávamos lá sentindo o perfume um do outro mesclado com o suor e o cheiro do sexo as lembranças dos gostos das intimidades um do outro ainda era vivido , o orgamos anestésico ainda surtia efeito nos deixando moles e sensíveis aos toques um do outro, perdidos nos olhares, era como se naquele momento não houvesse mais nada apenas nossos corpos nus e nossas almas. Hanabi desceu a mão que estava em meus cabelos para o rosto e passou a acariciar com delicadeza, não estranhei, mas achei curioso, apesar de Naruto e Hinata sempre dizerem que eu e ela combinávamos nunca houve nada assim e tenho que dizer é muito gostoso, eu respondi subindo minha mão que estava em seu perfeito quadril para seu rosto, gostei de ver a expressão prazerosa que ela fez quando meus dedos deslizaram por seu abdômen e depois em seu pescoço, ela sorriu me mostrando o sorriso mais lindo que já vi na vida. Eu não sou como Naruto, um homem que só esteve com uma mulher à vida toda, os deuses sabem que já tive muitas, mas ninguém com o ela, ela superava em mil vezes qualquer uma, eu sei que pode parecer loucura, mas me sinto ligado à mulher maravilhosa a minha frente, será que ela está hipnotizada e extasiada como eu?

-Nunca tinha reparado nos seus olhos – ouvir a voz dela era como ouvir a mais doce e sensual melodia – esse azul escuro é lindo.

-Obrigado – respondi e dei um sorriso – eu nunca tinha reparado na sua boca, é tão suave e perfeita.

-A melhor que já provou? – ela perguntou com um lindo tom travesso misturado a malicia.

-A melhor – ela sorriu e se aproximou de mim.

-Você também foi o melhor – eu sorri - odeio admitir, mas Hinata me disse que eu e você teríamos uma experiência assim em breve e eu ia gostar.

-E parece que gostou – falei vitorioso recebendo um tapa no peito – Ai.

-convencido- ela falou me encarando eu apenas sorri malicioso e tomei seus lábios – convencido, safado gostoso – ela falava entre beijos.

-Insuportável, mesquinha, gostosa – eu respondi e aumentava as caricias estávamos quase no ponto para uma segunda rodada quando em um impulso veio a minha mente e eu não segurei – tenho certeza que não vou querer mais ninguém depois de hoje.

-Isso foi um pedido de namoro? – ela parou de me beijar e se apoiou no braço para me encarar.

-E se for? – respondi virando a cara para o outro lado ela riu e puxou meu queixo.

-Foi o pedido mais pervertido que alguém podia fazer bem no momento que eu estava quase para te dar – ela sorriu maliciosa e me beijou – você joga sujo Sarutobi e minha resposta é eu acho que também não vou querer outra pessoa nunca mais só você – ela beijava meu pescoço, mas logo vi uma expressão triste tomar seu rosto ela se deitou a meu lado e suspirou.

-Oque foi? – perguntei olhando para ela.

-Eu sou a herdeira da liderança do clã Hyuuga não posso mudar de clã como Hinata e você é o herdeiro do Sarutobi, ninguém no meu clã vai aceitar que você e eu bem você sabe – ela falou sem me olhar.

-Não posso te dizer o futuro, mas posso dizer que daremos um jeito, só que agora devemos aproveitar o momento, não acha? – falei me colocando por cima dela.

-Sim, ela sorriu e começou a me beijar.

Movimento após movimento, beijo após beijo, por varias vezes até os primeiros raios de sol apontar no horizonte, dando fim a melhor noite da minha vida, Hanabi se vestiu e eu a acompanhei até os fundos do distrito dos Hyuuga, nos despedimos com beijos e caricias e ela saltou para dentro da propriedade, eu imediatamente senti abstinência daquele corpo, que os céus sejam testemunha não importa o costume eu não vou ficar sem ela.

Os messes foram avançando e nossas noites juntos se tornavam mais freqüentes, assim como as brigas foram muitas admito causadas por mim por querer assumir nosso namoro publicamente, Hanabi tinha medo por causa do clã dela, eu entendo, mas não aceito muito bem, mas sempre nos reconciliávamos com uma boa noite de sexo. Seis messes depois do começo dos nossos encontros Hanabi chegou chorando a minha casa eu apenas a aninhei em meus braços e esperei ela falar.

-Ele fez Kono o meu pai ele...

-Calma Nabi, oque seu pai fez? – falei puxando seu rosto.

-Um conselheiro trouxe na ultima reunião a questão do meu casamento, o conselheiro Koboro pediu a ele que organizasse uma seleção para decidir um marido para mim de dentro do clã ele... – eu interrompi ela com um beijo.

-Ele não vai fazer isso – abracei ela – vai para sua casa e convoque uma reunião com o seu clã diga que o herdeiro Sarutobi tem um assunto a tratar com eles, vai dar tudo certo – Hanabi avermelhou um pouco e me olhou.

-Kono tem mais uma coisa – eu a encarei.

-Oque? – ela me olhou e saiu de perto ainda meio vermelha.

-Eu te falo mais tarde, até a noite – ela saiu correndo e eu não consegui mais falar com ela.

Horas depois eu estava de frente para o distrito Hyuuga, eu conversei com Naruto e com a minha família e confirmei qual era a única opção para que eu ficasse com Hanabi. Eu respirei fundo e entrei no lugar, fui recebido por uma empregada ao chegar ela me levou até a sala de reuniões do clã Hyuuga, durante o caminho eu via como a casa era grande, não que a residência dos Sarutobi fosse pequena, mas não era tão suntuosa. Cheguei à sala de reuniões e vi Hanabi ao lado de Hiashi e os membros do conselho.

-Sarutobi Konohamaru-sama – Hiashi se levantou - como líder do clã Hyuuga eu tenho muito prazer em receber o herdeiro Sarutobi aqui em meu clã.

-O prazer é meu – falei me curvando.

-Então nos diga qual o assunto urgente que tem para tratar conosco? – ele falou se sentando.

-Vim aqui dizer que hoje mais cedo eu Sarutobi Konohamaru falei com meus familiares e renunciei e renunciei ao titulo de líder do clã Sarutobi e ao sobrenome da minha família – fiz isso porque sendo humildemente ao senhor e ao conselho Hyuuga que eu possa entrar para o clã Hyuuga me casando com Hanabi, por isso peço ao senhor Hiashi-sama a mão de Hanabi em casamento, ela já aceitou hoje mais cedo só preciso da sua bênção – olhei para Hanabi e ela entendeu meu plano – um dos conselheiros começou a dar uma risada nojenta.

-Ora ora já não basta ter permitido Hinata estragar o nosso sangue e entregar o Byakugan para outra família tenho certeza que não vai permitir que Hanabi estrague também - um homem gordo de cabelos longos falou.

-Conselheiro Koboro – uma senhora de cabelos brancos falou – de graças aos céus que eu não seja a mesma Kunoichi da minha juventude, porque se eu fosse eu ia te bater agora com uma ripa de madeira por insultar o nosso Hokage, Hinata-chan e Konohamaru-san - eu fui amiga do terceiro hokage e conheço a família Sarutobi e conheço o nosso bom hokage atual, não ouse falar em estragar nosso sangue, veja Boruto-chan e Himawari-chan, Boruto desenvolveu um doujutsu novo extremamente poderoso e Himawari desenvolveu o Byakugan com tenra idade e com uma força nunca antes vista nem no nosso clã, Konohamaru-san descende do homem que tinha o titulo de deus dos Shinobi não a sangue mais digno se você ainda liga para esses conceitos arcaicos.

-Com todo respeito conselheira Utta, o Hokage já degradou o nosso clã, por causa dele acabamos com a divisão entre as famílias por causa deles fomos degradados e permitir o diluimento do nosso sangue é algo inconcebível – Hanabi se levantou.

-Não tem que se preocupar com isso mais conselheiro, pois ele já “diluiu o sangue” – Hanabi fez todos a olharem e pos as mãos sobre a barriga – há uma semana eu descobri que estou grávida – todos olharam para ela, eu esqueci todos ali e fui até ela.

-Porque não me contou? – falei abraçando ela.

-Eu estava esperando o momento certo, estou com cinco semanas – eu sorri.

-Grávida? Hiashi suas filhas são uma desgraça para o clã já não bastou Hinata engravidar antes do casamento e agora Hanabi? – o tal Koboro falou fazendo meu corpo ferver de raiva.

-Escute aqui senhor eu não vou admitir que – eu fui interrompido por Hiashi.

-Konohamaru me deixe cuidar disso – ele falou indo para perto do homem e o pegou pelo pescoço – vergonha conselheiro? Vergonha é você um velho decrépito, parasitando nosso clã só tem lugar nesse conselho por causa de seu bom pai Hiro que descanse em paz, não ouse falas das minhas filhas, se o fizer eu vou alisar essa sua cara no chão, entendeu?

-Sim – o homem falou sem ar depois que Hiashi o soltou.

-Bom como líder do clã Hyuuga eu digo que estou feliz de receber Sarutobi Konohamaru no clã quem é contra? – ninguém se manifestou – vocês dois no meu escritório.

Eu e Hanabi engolimos seco e seguimos ele, depois de um tempo recebendo bronca dele, Hiashi suspirou e nos olhou.

-Bom não tem jeito mesmo – ele se sentou – você já fez um ultrasom?

-Não, mas Sakura-san usou um jutsu para checar os bebês e viu que são dois.

-DOIS – eu e Hiashi gritamos juntos.

Konohamaru.

Acordei desorientado, não estava no hospital estava em casa na minha cama e de Hanabi, encontrei um bilhete ao meu lado, tinha a letra de Hanabi “Querido senhor Hyuuga como você estava mais mole que plástico pedi que Sarada te trouxe-se em casa e é claro que nos braços passando por toda Konoha”, eu suspirei pesado é a cara da Hanabi me fazer passar por essa vergonha.

Me levantei e com um pouco de dor lentamente caminhei pela casa a procura de Hanabi, tenho que admitir que mesmo depois de quatro anos eu ainda acho essa casa enorme, fiquei alguns minutos andando até ir ao jardim mais afastado próximo ao campo de treino aqui do clã Hyuuga e vi Hanabi sentada sobre a grama com nossos filhos, Kibõ nosso menino é muito parecido comigo, quase cuspido e escarrado se não fosse pelos olhos da mãe seria a minha copia, já Hikari era uma boa mistura de nos dois, ela era bem grande para idade como eu era quando era pequeno, tinha os traços da mãe no rosto e os olhos no formato eram meus, mas os lindos olhos da mãe estavam lá, eu fiquei muito tempo divagando sozinho, sou o homem mais sortudo do mundo casei com a mulher que eu amo e tenho dois filhos lindos, Hanabi e os dois são a minha vida assim como o meu novo sobrenome, posso dizer que sou orgulhoso de ser Hyuuga Konohamaru, fiquei tanto tempo que nem percebi Hanabi com os dois no colo perto de mim.

-Seja bem vindo senhor Hyuuga – Hanabi veio e eu dei um selinho nela.

-Papa o senhor tá masucado? – Hikari falou vindo para meu colo.

-Não papai é forte – falei pegando ela.

-Conta pla gente – Kibõ falou com os olhinhos brilhando.

-Bom o papai...

Depois de muito tempo contando sobre a missão aqueles dois acabaram ficando com sono, colocamos os dois no quarto e fomos para cama “descansar” um pouco, Quando eu já tinha aberto o kimono de Hanabi e ela estava nua eu sorri, nuca vou me cansar de ter ela comigo e mesmo depois de sermos velhinhos sei que nunca vou sair de perto dela.

-Está tão cansado assim senhor Hyuuga – ela falou com aquela malicia deliciosa.

-Não só estou admirando você é muito linda – ela riu e me puxou.

-Eu sei.

-Convencida – ela riu e me beijou.

-Aprendi com você safado.

Dia após dia, noite após noite, cada beijo e cada caricia se tornavam mais deliciosos e depois de quatro anos sabemos como dar prazer um para o outro me tornar o senhor Hyuuga foi à melhor coisa que me aconteceu, eu amo essa mulher.

Feb. 27, 2018, 1:37 p.m. 2 Report Embed 3
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Tatu Albuquerque Tatu Albuquerque
MINHA NENÉM AAAAAAAAAAAAA
Feb. 27, 2018, 7:55 a.m.

  • brener Silva brener Silva
    Aeeee Ju trouxe essa preciosidade pra cá fico muito feliz que tenha gostado Feb. 27, 2018, 10:33 a.m.
~