Amigo Taxista Follow story

hyuuganyu Nyu Hyuuga

"Estou terminando com você Atsushi." E aquele tampinha ainda teve a pachorra de bloquear Murasakibara logo após enviar a mensagem. * - Me leva la que isso não vai ficar assim, não vai mesmo! Eu ainda tenho meu orgulho!


Fanfiction For over 18 only.

#Yaoi #Kuroko no Basket #MuraAka #Kuroko no Basuke
Short tale
3
6680 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

One-Shot

Estava puto. Muito puto. Estava tão puto que sentia vontade de esmagar até si próprio.

Só não estava tão puto quanto bêbado. Mais uma garrafa de absinto e voltaria para casa com aquela enfermeira peituda.

De ambulância, em coma alcoólico.

O dono do estabelecimento já estava reclamando, se aproximava a hora de fechar.

Pegou o celular e discou o primeiro número da agenda, deixado ali já estrategicamente para esses momentos.

Doía admitir para si mesmo que ficava nessa situação com mais frequência que o saudável, mas já não tinha como negar. Já tinha tamanha afinidade com o dono do bar ao ponto de deixar seu carro por lá mesmo.

A ligação foi atendida no quinto toque, por uma voz preguiçosa.

-Atsushi, essa hora? Outra vez? - Perguntou a voz, com falsa surpresa.

Sempre se surpreendia com o fato do homem ter gravado seu nome, apesar do contato constante. Não fazia ideia de como se chamava aquele senhor. Que foi salvo em sua agenda desde o início como "amigo taxista"

- Alô amigo - cumprimentou na cara de pau, com a maior voz de bêbado imaginável - Preciso que venha me buscar aqui, não estou em condições de dirigir. Vou te esperar la fora sentado na calçada. Quando chegar eu te explico o endereço da desgraça.

Desligou. Nem deu o endereço de onde estava, até parece que o taxista não sabia. O destino da corrida também.

Abriu o WhatsApp pela quinquagésima vez na noite, na conversa de Akashi.

"Estou terminando com você Atsushi."

E aquele tampinha ainda teve a pachorra de bloquear Murasakibara logo após enviar a mensagem.

Não podia dizer que não sabia que se foderia no final, porque ele sabia. Não só sabia, como tinha plena certeza. Bastou olhar para aquela carinha de demônio que Akashi tem. E ele se fodeu muito durante o tempo que ficaram juntos, como o esperado... Não dava pra entender como eles podiam brigar tanto, e o trouxa sempre perdoava.

Mas existem limites! Onde já se viu terminar um relacionamento via WhatsApp, e sem dar nem a chance de uma resposta. Inaceitável!

Um carro estacionou ao seu lado interrompendo seus devaneios, entrou com pressa e bateu a porta.

-Pode cobrar bandeira dois, pra ir ouvindo as minhas mágoas no meio do caminho. - Resmungou

Chegava a ser engraçado alguém falando com tamanho ódio, bêbado. Simplesmente não dava pra levar a sério.

O senhor apenas dirigiu para o destino já conhecido como pressa, nem mesmo se deu ao trabalho de retirar o pijama para ir encontrar o gigante que o arrancou da cama. Ah, esses jovens...

-Ah, e difícil demais gostar desse baixinho narcisista, quanto mais eu corro atrás, mais ele pisa... - Lamentava - Terminou comigo por mensagem! Qual é, me largar desse jeito foi muita sacanagem! - Bufou, estava a uma unha de começar a rosnar como um cão com raiva, de tão furioso. - Me leva la que isso não vai ficar assim, não vai mesmo! Eu ainda tenho meu orgulho!

Estacionaram em frente a casa do ruivo, e Atsushi praticamente pulou do carro. Bateu na porta com tanta força que as paredes tremeram.

Tinha noção do seu tamanho, nunca encostaria um dedo em Akashi com a intenção de machucar o menor. Mas que ia fazê-lo ouvir umas poucas e boas, a se ia!

A porta se abriu dando a visão de um baixinho com uma camiseta lilás que cobria seus joelhos, que Atsushi reconheceu de primeira. Estava procurando essa camiseta aquela manhã.

Subiu o olhar para o rosto do ruivo, sem se esquecer do objetivo de sua visita. Hoje era ele quem queria brigar.

Mas se sentiu amolecer completamente com a visão dos olhinhos heterocromáticos inchados e lacrimosos, com o dono tentando inutilmente disfarçar a carinha de travesseiro molhado.

Grunhiu irritado e puxou o menor para um abraço apertado. Mas sem antes dizer:

- Escuta aqui seu ruivo metido, depois de tudo que você fez. Eu vou te perdoar só mais essa vez... 

Feb. 27, 2018, 2:22 a.m. 4 Report Embed 1
The End

Meet the author

Comment something

Post!
Alice Alamo Alice Alamo
Olá! Notei que sua história é uma fanfic e, portanto, está na categoria errada do site. Fanfics devem ser postadas na categoria Fanfiction e os gêneros como romance, poesia, lgbt, etc, devem ser postados nas tags ;) Para alterar, basta ir em Editar configurações da história, ok?
March 1, 2018, 10:04 a.m.

  • Nyu Hyuuga Nyu Hyuuga
    Obrigada por avisar! Sou nova por aqui, e ainda estou me adaptando ao site. Você foi de grande ajuda <3 March 5, 2018, 8:10 p.m.
Tia Mimdy Tia Mimdy
AAAAH VOCÊ POR AQUI? EU ACOMPANHO SUAS HISTÓRIAS NO SPIRIT KSKSKS mano, que surpresa ver você aqui sérião... enfim, eu era uma leitora ghost lá no SS, maaa vamo mudar as coisas, vou tentar comentar mais e encher esse site de MuraAka, meu otpzão sz
Feb. 27, 2018, 3:52 a.m.

  • Nyu Hyuuga Nyu Hyuuga
    Pois é kkkkk, também foi uma surpresa pra mim, sempre cultuei o Spirit como minha plataforma preferida, e acabei não dando muito espaço para outras... Mas acabei descobrindo o Inkspired com aquelas tretas de recentemente... Também estou no Nyah e no Wattpad *---* Tudo com o mesmo nome, se quiser me encontrar por lá. Beijos xuxu <3 Feb. 27, 2018, 1:44 p.m.
~

Related stories