Entre sangue, dor e amor Follow story

yuivie Yuivie :3

Yui estava cada vez mais acostumada com todos os Sakamaki, porém, agora as coisas estavam se complicando com o descontrole dos irmãos mais evidente. A perda de sangue constante e a violencia com que eles tratavam Yui, preocupava até mesmo o pai deles. Entretanto, uma pessoa que eles nao viam ha muito tempo, agora retornava para a mansão. Essa pessoa tem tantos problemas quanto os irmaos Sakamaki, mas tem bom coração e vontade de ajudar. Ela conseguirá abrir uma brecha suficiente para ajudar a todos? Ela conseguirá suportar o que a espera? Conseguirá lidar com o passado? e ainda ajudar a Yui? [Participação especial nos capítulos finais de alguns personagens de Kuroshitsuji]


Fanfiction For over 18 only.

#DiabolikLovers
2
6806 VIEWS
In progress - New chapter Every Sunday
reading time
AA Share

Pressentimentos

TARDE DE SÁBADO

- Você sabe que eu estou ficando preocupado com eles. Como quer que eu mande mais pessoas pra la, se o risco de perdermos todos é Grande?

-Tougo, sabe que eles tiveram um passado doloroso, já passaram por muita coisa.. Eles tem que--

Guarda- senhor Komori! - Disse abrindo a porta abruptamente

Komori- meu bom Kami! Tenha modos!! Temos visitas! - Levantou-se bravo

-Calma meu amigo. Tenho certeza que o rapaz teve seus motivos, não é?! - Disse olhando para o Guarda

O rapaz engoliu a seco, sentindo-se estremecer pelo olhar que apesar de tentar ser simpático, tinha algo de frio e cortante. Ele sentiu-se mal na hora. Mas tentou manter sua postura

Guarda- ss...si..sim.. Te..temo...temos...u...uma..no..vidade - tentou manter-se calmo (obviamente não deu certo)

Komori- que é?

Tougo- fun..fun..fun.. Não.. É possível.. Esse cheiro..

Komori- Tougo?

-Oi tios!

Komori ficou estático e seus olhos começaram a lacrimejar. Tougo estava impressionado e surpreso, o que era muito raro de se ver. Muito raro mesmo.

Guarda- Helena.. - Sussurrou olhando a garota ao seu lado

Helena- ah! Oi Ben! Como está? - Sorriu amavelmente para ele

O rapaz não pensou suas vezes, largou suas coisas e envolveu o corpo da garota em seus braços, abraçando-a.

Komori quase teve um infarto com a cena. Enquanto Tougo levantou uma sobrancelha. Já a menina, no início foi pega de surpresa, mas logo retribuiu o abraço com um sorriso emocionado.

Komori- caham - tossiu

Ben e Helena se soltaram.

Tougo- poderia nos deixar a sós... Ben.. - Deu ênfase no nome do rapaz. O mesmo ficou sem graça ao ouvir seu nome na voz de Tougo.

Ele então pegou as coisas no chão, virou-se, sorriu para Helena e logo fechou a porta atrás dela. Deixando somente os três na sala.

Helena- por que isso Tio? - Perguntou cruzando os braços

Tougo- talvez por que tenha sido inadequado? - Falou sorrindo para ela. O tom dele não era de bronca, mas de justificativa pela sua atitude.

Helena- ainda assim, foi muita grosseria com um amigo de longa data. - Disse chateada

Tougo sorriu ao ver a Helena emburrada na sua frente.

Komori- Helena.. Não imaginávamos que você.. Estaria...

Helena- bem? Viva? - Disse cínica, colocando a mochila no chão- escolha a que mais se adequar ao que vocês imaginaram pra não fazerem uma busca.. Uma procura.. Um esforço - disse olhando para o chão, coçando o cotovelo

Tougo- Helena.. - Disse baixinho

O mesmo levantou-se e foi até elá, abraçando seu pequeno corpo comparado com o dele.

Helena- eu fui levada a um lugar que eu não conhecia, fui presa, torturada, reclusa, não vi a luz do Sol por cem anos inteiros. Estava virando uma criatura tao escura quanto a. Noite. - Disse lacrimejando

Komori- Helena.. Conte mais. O Que houve 150 anos atrás?

Helena- depois que eu consegui despistar aqueles monstros que invadiram a mansão, eu corri para o meu esconderijo de sempre. Mas fui pega antes..

Tougo- sim. Foi a última coisa que o Shu me contou. Ele estava semi-consciente e foi a última vez que vimos você.

Helena- depois daquilo, eu fui levada para um túnel. Fiquei acorrentada, sozinha lá. Eles me chicoteavam, me humilhavam, tirando as minhas roupas e me deixando com os animais.. Eles tiveram tempo não é.. 100 anos... - Disse coçando o cotovelo novamente - um dia, um dos homens dele entrou na minha cela, cansado de me ver resistir e pegou meu corpo. Ele tentou.. Tentou mesmo me estuprar. Mas com um homem assim, foi muito mais fácil eu driblar ele e fugir.

Tougo- por que não nos contatou?

Helena- porque eu estava no meio do nada! Fui levada para o meio do nada.. Eu andei muito até chegar num lugar onde pude pedir ajuda. - Ela pausou um pouco e sorriu-uma família muito boa cuidou de mim..

Tougo- Helena..

Helena- Tio. Me perdoa, eu deveria ter sido mais forte. Deveria ter sido melhor - disse colocando as mãos na cabeça

Tougo- você fez o seu melhor. Protegeu seus primos. E quase deu a vida por isso

Helena- mas não foi o suficiente.- disse cabisbaixa- queria tê-los protegido melhor. Éramos todos da mesma idade e eles tentaram me defender antes. Mas acabaram mais machucados.. Aqueles monstros só queriam a mim.. E eles que se machucaram..- disse condoída

Tougo- realmente.. Digo e repito, você nasceu na família errada querida.. Você tem algo que não é comum para os outros como nós afagou os cabelos da menina em sinal de carinho

Helena- ou exatamente na família certa - piscou

Tougo- hahahahahaha nem venha querer nós desvirtuar meu amor. Hahahah somos vampiros e demônios. Seu pior fracasso será tentar isso conosco..

Helena- hahahaha e quem disse que eu quero desvirtuar alguém?? Hahahaha sei muito bem o que SOMOS. Eu também sou uma vampira, também sou do submundo. Mas acredito que o destino.. Ou sei lá que merda vocês chamem isso.. Me fez desenvolver mais sensibilidade que todos. Isso me ajuda por exemplo a viver melhor aqui.. - Sorriu

Komori- acho que a palavra certa é coração querida.

Tougo- droga! No fim das contas, você já começou a nos contagiar com isso - riu

Todos riram.

Helena- mas então tios. Eu gostaria de voltar a ver meus primos..

Tougo desfez o sorriso na hora e Komori desviou o olhar para o lado. Silêncio..

Helena- tios?

....

Tougo- Helena, você precisa saber de algumas coisas.. 

Feb. 26, 2018, 5:49 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Eu ainda lembro

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!