Você, de novo?! Follow story

jpstyle JPStyle !

Não bastava que competissem por tudo desde a pré escola. Tinham que se reencontrar depois de adultos só pra terem o prazer de se desafiarem mais uma vez. Porque era sempre assim. Quando achavam que se livraram um do outro, lá estava... Você, de novo!


Fanfiction All public.

##Naruto ##Naruto/Sasuke ##SNSChrusch
Short tale
19
6931 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Eu te odeio mais

Ansioso.

Era a palavra que melhor descrevia a situação de Sasuke naquele momento, enquanto aguardava pacientemente que o chamassem.

Encontrava-se na sala de espera de uma das mais renomadas firmas de advocacia de Konoha, e sabia que tiraria seja qual fosse o teste de letra. Mas ainda assim estava ansioso.

Sasuke poderia apenas dizer seu sobrenome e conseguir a vaga que desejasse, as coisas sempre eram assim com os Uchihas. Bastava dizer quem eram, que as portas se abriam, e era a isto que se dava seu nervosismo. Porque Sasuke tinha optado em conseguir o emprego por si só. Provavaria a si mesmo e a quem fosse que conseguiria qualquer coisa que quisesse apenas com seu próprio esforço. Provaria a ele.

Alguns outros candidatos foram chegando e Sasuke apenas pensava que conseguiria se sair melhor que eles. Podia parecer até um pouco egocêntrico, mas era a realidade.

Os concorrentes que chegaram antes do Uchiha começaram a ser chamados e foram um a um entrando e saindo de lá com caras decepcionados.

Foi quando ele entrou pela porta.

Parou, assim que seus olhos se encontraram. O sorriso largo em seu rosto foi substituído por um cerrar de dentes, os olhos azuis faiscavam num olhar voraz que apenas os dois entendiam. Sasuke desviou os olhos de seu rosto e encarou seu corpo. Os cabelos loiros desgrenhados como sempre, mas era possível notar uma tentativa falha de ajeitá-los. A camisa social não tinha sido engomada, bem como a calça. Desleixado. Era a palavra que Sasuke usaria.

O loiro fez o mesmo que o outro, encarando o Uchiha de cima abaixo. Os cabelos perfeitamente alinhados num corte de cabelo que Naruto pensava valer o aluguel de seu apartamento. Os óculos de grau que lhe caiam tão bem - Naruto nunca admitiria isso -, A camisa tão estupidamente lisa e branca que lhe embaçava as vistas. A calça social milimetricamente cortada à seu tamanho - diferente de sua própria que tinha sido um presente de Jiraya e por isso era um pouco curta -, estava impecável. Como sempre, pensou.

— Você, de novo. - disseram em uníssono quando os olhos voltaram a se encontrar.

— O que faz aqui? - Sasuke quebrou o silêncio que se fez enquanto os dois se encaravam, os demais candidatos notando a tensão que se instalara ali. - Não estão contratando pessoas para servir cafézinho.

— Ora seu… - Naruto fez menção de se aproximar do Uchiha, querendo bagunçar aqueles malditos cabelos perfeitos.

A secretária que tinha a mesa na sala de espera, pediu que os dois fizessem silêncio, fazendo o Uzumaki recuar. Naruto procurou por um lugar que pudesse se sentar, e como uma piada do destino o único local vago era ao lado do moreno.

Seguiu a passos largos até a cadeira e sentou-se, virando o rosto para o lado oposto do Uchiha.

— Me admira você estar em uma entrevista. - desdenhou depois de uns minutos - O papai cortou sua mesada?

Sasuke que era conhecido por ser indiferente com todos ao redor, tentava ao máximo ignorar tais provocações. Mas quando se tratava de Naruto era praticamente impossível.

Não era momentânea tal rivalidade entre eles. Tinham se conhecido ainda crianças, no jardim de infância.

Estavam sempre juntos. Mas não entenda mal,não eram amigos. Pelo contrário. Podia se dizer que eram rivais.

Estavam sempre em disputa. Querendo saber quem era o melhor em tudo.

Desde as corridas até o topo da montanha que ficava próximo ao parque onde brincavam. Até quem conseguiria comer mais da merenda escolar.

E conforme os anos iam passando, as disputas só aumentavam. Era impossível um deles entrar em alguma atividade, sem que o outro estivesse lá, pronto para se mostrar melhor.

Na adolescência disputaram até mesmo quem daria o primeiro beijo.

Naruto soube por Shikamaru que Sakura, a menina que Naruto considerava a mais bonita da escola havia se declarado ao Uchiha, e que ela queria beijá-lo no fim das aulas.

Naruto não podia ficar para trás, já bastava ter perdido a rosada, ele não ficaria sem beijar, enquanto o Uchiha saía por aqui com fama de garanhão. Então, quando o sinal tocou, e todos se reuniram no pátio da escola, Naruto esperou que Sasuke saísse da escola e segurou a menina Hyuuga pelos ombros, dando-lhe um selinho estalado. Ah, se ele soubesse o que aquele ato teria acarretado, jamais o teria feito.

Hinata ficou tão envergonhada que desmaiou e Neji, o primo da azulada - que Naruto achava ser apaixonado pela mesma - lhe dera um belo soco.

No fim das contas, ganhou um olho roxo, e acabou por descobrir que Sasuke rejeitou a Haruno. Mas ainda assim, o gosto de ter dado o primeiro beijo antes do Uchiha o deixava orgulhoso.

As coisas não mudaram muito quando ambos entraram na universidade de Direito. Naruto tinha conseguido uma bolsa e não perdia a chance de se mostrar por cima, ao dizer que tinha chegado ali por mérito próprio e não por ser de família renomada.

E por mais que Sasuke tentasse se mostrar indiferente, a opinião de Naruto era importante pra si.

Estava sempre tentando dar o seu melhor, levava as disputas que tinham a sério. E sabia que devia muito do que tinha se tornado, aquela rivalidade.

E era por isso que não gostava que o Uzumaki o visse daquele modo.

Naruto era órfão. Sasuke sabia. Tinha perdido os pais ainda criança. Mas ainda assim, não admitia que sentissem pena de si. Estava sempre com um sorriso no rosto, e por mais que as coisas não fossem fáceis em sua vida, nunca reclamava. Nunca se mostrava fraco ou deprimido. Estava sempre rodeado de amigos, e sempre disposto a lhes ajudar no que fosse. Por onde passava cativava as pessoas. Era muito esforçado, quando se tratava de seguir seus objetivos. E Sasuke admirava isso.

— Usuratonkachi! - soltou estalando a língua.

— O que disse, babaca? - Naruto elevou a voz.

— Além de burro, é surdo.

(***)

Dez minutos depois, estavam ambos sentados sobre o meio fio da calçada em frente a firma de advocacia.

Tinham sido convidados a se retirar depois de iniciarem um bate boca que poderia muito bem se tornar uma briga feia. Não seria a primeira vez que saíam no soco.

— Isso é tudo culpa sua. - Naruto disse mexendo em uma pedrinha no chão.

Sasuke nada respondeu, o loiro levantou-se, decidido a ir embora. O Uchiha fez o mesmo parando em sua frente e o encarando.

Queria dizer que sentia muito. Sabia que Naruto provavelmente precisaria mais daquele emprego que ele próprio. Mas não conseguia dizer nada. Era orgulhoso demais.

Agora, frente a frente ao outro, só sentia-se cansado. Cansado de estarem sempre em pé de guerra, cansado de ter que admirá-lo de longe.

Naruto passou a encará-lo também.

— Perdeu alguma coisa? - Sasuke perguntou quando notou os azuis em si. Não admitiria que tinha sido ele a começar.

— A vontade de ficar te olhando! - Naruto respondeu com as mãos no bolso, tão cansado daquela situação quanto o Uchiha.

A verdade era que estava exausto. Exausto de procurar emprego e não conseguir nada. Exausto de fingir odiar Sasuke quando a verdade era que queria tê-lo por perto.

E não sabia o que fazer pra reverter a situação. O Uchiha o detestava. E ele não sabia o porquê.

— Então fecha os olhos!

— Sai da minha frente, Sasuke.

— Sai você!

— Eu não dou um passo.

— Nem eu. - O Uchiha sem querer encarava os lábios carnudos do loiro.

— ‘Tá querendo me provocar? - Naruto deu um passo a frente, ficando tão próximo do outro que sentia o sabor de canela que provinha de seus lábios. Queria prová-los. ‘Pera, o quê?

— ‘Tô querendo te esquecer!

— Usa a imaginação.

— Eu não preciso - desdenhou sabendo que Naruto tinha certa dificuldade em se concentrar.

— Bom pra você - o Uzumaki deu de ombros, não se importando muito com tal provação.

— Ótimo pra mim - Sasuke deu um passo ao lado, desviando o caminho do de Naruto. Disposto a pôr um fim naquilo.

— Metido - Naruto deu um passo ao lado, ficando novamente a frente do moreno.

— Dobe - Sasuke usou um tom de alerta.

— Teme - o loiro imitou.

— Descabelado - o Uchiha levou uma mão até a cabeça do loiro bagunçando ainda mais seus cabelos.

— Arrumadinho - Naruto fez o mesmo.

— Eu te odeio - Sasuke estava perto demais, o coração batia apressado no peito.

O que aquilo significava?

— Eu te odeio mais - Naruto replicou antes de segurar com força os cabelos negros da nuca do Uchiha, e puxá-lo para um beijo ardente.

Feb. 25, 2018, 5:58 p.m. 0 Report Embed 7
The End

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~