Fanfic por Sakura Haruno Follow story

juuhwalker Juuh Walker

Sakura adorava ler e escrever fanfic, criando diversos enredos para passar o tempo. Assim como ela amava suas fics, ela amava seus melhores amigos. E sempre que podia, adicionava os dois em suas fantasias literárias, porque quando se trata de Naruto e Sasuke, Sakura sempre terá infinitas possibilidades diferente para uma boa história. NaruSasu | Spin-off de Chuveiro


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#SasuNaru #NaruSasu #NaruSasuNaru #Sns #Time7 #SakuraPOV #FanficsOtaconda #SnsChurch #SasuNaruSasu #Naruto/Sasuke #Naruto #Yaoi ##Naruto/Sasuke ##Naruto ##Yaoi
Short tale
11
8.8k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Único

Nota do Autor:

°Fanfic originalmente postada no dia 23 de Outubro, ou melhor, SNS Day ♥


Por isso é só pessoal ♥


--------


“— Por que me trouxe aqui?


A voz baixa e calma de Sasuke entrou por seus ouvidos.


Com o Sol se pondo no horizonte, o Nanadaime conseguia ver claramente sua aldeia por cima do Montes dos Hokages. A tão preciosa aldeia que ele ajudou a mudar, a aldeia que ele viu mudar. Naruto sentia muito orgulho dela.


— Hoje é dia 23. - disse, se virando para encarar Sasuke alguns metros atrás de si.


O Uchiha levantou a única sobrancelha visível.


— Isso não responde minha pergunta, Dobe. - colocou o braço direito na cintura.


— Achei que pudéssemos comemorar nosso dia aqui. - apontou para o lado.


Sasuke inclinou a cabeça, vendo uma pequena cesta em cima de um pano pousado no chão. Ao voltar o olhar para o loiro, o mesmo andava em sua direção. O sorriso que Sasuke amava no lábios.


— Nós poderíamos ter feito lá em casa. - Sasuke não impediu das mãos do loiro desabotoar seu manto.


— Fizemos isso no ano passado. - disse o loiro, sem tirar os olhos dos botões.


— Sim. - deu um passo, para o loiro tirar o manto que cobria grande parte do seu corpo. — Mas isso foi na minha casa, não na nossa. - levantou o olhar, fitando as pedras azuis.


— Ainda podemos comemorar lá. - encostou a testa na de Sasuke, depois de colocar a franja atrás da orelha, revelando seu olho com Rinnegan. — Feliz aniversário, Teme. - fechou os olhos, aspirando o cheiro de Sasuke.


Eles ficaram ali por alguns minutos, Naruto abraçou a cintura do moreno, que passou a única mão envolta do pescoço do loiro.


— Feliz aniversário, Dobe. - o moreno sussurrou, tocando os rosto, fazendo o seu nariz tocar o de Naruto, num leve gesto, antes dos lábios sorridente do amante tocar os seus.


O beijo começou calmo e sereno. Lamen, os beijos dele sempre tem gosto se lamen. Sasuke movia a língua a procura da do Hokage, tocando com gentileza. Explorando os cantos da cavidade.


Naruto suspirou entre beijos, apertando mais o abraço, Sasuke precisou ficar na ponta dos pés para intensificar o gesto.


O Uchiha tocou os fios loiros, puxando alguns, arrancando sôfregos do outro.


— Sasuke… - gemeu, afastando o rosto procurando fôlego. Tendo um leve filete de saliva os conectando. — O que foi? - perguntou, tentando beijá-lo novamente, tento o dedo tocando sua boca.


— Sua boca tá com gosto de Lamen. - disse, tocando a bochecha marcada do loiro com os dedos.


— Tá ruim assim? - perguntou, afastando-se um pouco, usou a mão para sentir o hálito.


— Não, só me deu fome. - as sobrancelhas se juntaram, sentindo seu estômago roncar.

Naruto riu alto, jogando a nuca para trás.


— Vem, vamos comer. - beijou a testa branca, segurou a mão do moreno com a sua enfaixada, o guiando até a toalha estendida no chão.


X


Sasuke levou o morango coberto com chocolate aos lábios, dando uma mordida considerada.


— Hmm. Tá bom. - disse surpreso. Olhou do pedaço que sobrou para o rosto do loiro. Juntando a sobrancelha.


— Que hoi? - o loiro tinha dois morangos na boca, uma em cada bochecha.


— Não foi você que fez. - afirmou. — Onde você comprou? - questionou.


— Noha Heme? - colocou enfaixada no peito, ofendido. — Vohe duhida hanho ahim das-


— Fala com a boca vazia, Usuratonkachi. É nojento. - mandou.


Naruto levantou o dedo, pedindo um pouco de tempo; enquanto engolia os morangos na boca.


— Como você dúvida tanto assim de mim? Estou ofendido. - cruzou os braços, virando o rosto.


— Eu não duvido. - pegou outro morango do pote estendido na toalha. Deu uma pequena mordida. Estavam deliciosos. — Você pode ter salvo o mundo mais de uma vez, pode ter se tornado Hokage e pode ter virado amigo do Kurama. Mas cozinhar? Você é um desastre ambulante. - mordeu outra vez. Não tirando os olhos do loiro.


Naruto não deu o braço a torcer. Ainda de braços cruzados e fitando qualquer coisa menos Sasuke que mordia um morango coberto de chocolate tão sensualmente enquanto o fitava seriamente.


O loiro o encara de canto, voltando a olhar para frente rapidamente.


Sasuke suspirou, irritado pela birra do namorado. Engoliu o que mastigava, pegando outro morango, agora pequeno, encharcou no pote com chocolate derretido, pôs entre os dentes e se aproximou do loiro.


O Uchiha só precisou se esticar para ficar perto do rosto do loiro.


O chocolate derretido escorria pelo queixo de Sasuke, a franja posta atrás da orelha só deixava o rosto de Sasuke mais amostra. Inclinou o rosto para o lado. Sabendo que Naruto não resistiria muito.


Naruto inflou as bochechas, tentando resistir. Ele não ia dar esse gostinho a Sasuke, o moreno não poderia o ofender, não quando deu duro para preparar o piquenique, mesmo que metade da comida tenha sido feita com ajuda de Sakura, principalmente os morangos. Ele não ia ceder, mesmo que o moreno estivesse tão sexy com a fruta entre os lábios, com o chocolate a escorrer pelo canto e o encarando de modo sério, o que o deixava mais tentador.


Ele não ia ceder.


Não até Sasuke suspirar e ameaçar se afastar.


Naruto foi mais rápido. Segurou o queixo do belo rosto com a mão encaixada, antes que o Uchiha se afastasse.


O beijou com violência, batendo as bocas.


No começo Sasuke se assustou, achando que Naruto manteria o orgulho. Engano seu.


As línguas se encontravam indiretamente graças ao morangos entre elas, a fruta derretendo lentamente. O gosto de chocolate dominada o beijo, deixando os dois homens excitados.


Naruto puxou a cintura de Sasuke para frente derrubando alguns copos de sake na toalha, o fazendo se sentar em seu colo.


Circundou a cintura com os braços, enquanto Sasuke segurava o rosto bronzeado com a mão.


As faces se mexiam com veemência, a medida que o beijo se intensificava. O moreno gemeu ao sentir o baixo ventre do Hokage. Moveu o quadril, querendo mais contato, arrancando um gemido de deleite de Naruto.


— Ah Teme. - Naruto afastou o rosto para gemer quando Sasuke passou a beijar seu pescoço. Apertando a cintura com os dedos.


Sasuke apenas se moveu mais, tendo sua ereção o incomodando.


— Muita roupa… - demandou em sôfregos. Não gostando de limitar seus beijos.


Naruto empurrou Sasuke para o lado, deitando-o no chão. Ficando por cima.


Os dois se encaravam, ambos corados e ofegantes.


Sasuke esticou o braço para o lado, mordendo o lábios ao tocar o que procurava.


Naruto estava excitado, muito excitado e não segurou o gemido alto quando o Uchiha ergueu a perna, tocando o membro por baixo da roupa com o joelho.


— Porra Sasuke.- fechou os olhos, mordendo o lábios com força.


O Uchiha se deliciou pela expressão que Naruto fazia. Moveu o joelho por mais um pouco até que parou subitamente.


Naruto o encarou com raiva, rosnando.


— Oe Te- - a voz foi cortada quando sua boca foi literalmente calada.


Sasuke melou a boca do loiro com chocolate, contornando com os dedos os lábios.


Naruto fuzilou o moreno que mordia o lábio inferior. Abriu a boca usando a língua para chupar os dígitos.


Os azuis nos negros, Sasuke alternava contemplar os olhos azuis e a boca que lambia com gosto seus dedos.


As encaradas permaneceram até o louro lamber todo o chocolate dos dedos pálidos. Passou a língua por sua boca, tirando qualquer excesso do doce.


Sasuke gemeu com a visão, puxando o rosto do loiro para baixo, reiniciando outro beijo.


Naruto se encaixou no meio das pernas de Sasuke, usando as mãos para abrir a blusa que o moreno usava. Sasuke agradeceu por ela ter zíper. A mão direita de Naruto subiu pelo braço direito do moreno, entrelaçando os dedos.


Os mamilos rosados foram o alvo dos dedos grossos do Hokage, sendo apertados e acariciados.


Sasuke precisou apartar o beijo para gemer, aprovando a carícia que recebia.


— Muita roupa… - disse, se incomodando por ser o único despido.


Naruto aproveitou para se afastar e tirar a blusa laranja que usava. Cruzou os braços frente ao peito, puxando a barra do tecido lentamente.


O Uchiha regozijou pelo fanservice.


No momento que Naruto livrou da peça, a jogando para o loiro. Os corpos despidos voltaram a se tocar. Mãos se espalharam, peitos era espalmados. Bocas se beijavam com fome. Ereções se roçavam.


— Naruto… - chamou.


— Hm? - Naruto passou a beijar o pescoço de Sasuke, distribuindo lambidas e mordidas pela extensão.


— Naruto… Você trouxe? - perguntou, segurando a nuca do outro.


Naruto parou o que fazia para se erguer, se sentando entre as pernas do Uchiha. O sorriso lascivo que dera respondeu a pergunta do moreno. Girou o tronco para trás, sem sair do lugar, mexendo na cesta, tirando um frasco de lubrificante e uma camisinha. Colocando-as ao lado.


Voltou a se ajustar nas pernas do Uchiha, abrindo a calça folgada com pressa. Puxou as para cima junto com a roupa de baixo vermelha. Tendo o mesmo destino que as blusas.


— Caralho, Sasuke. - lambeu os lábios, sentindo seu membro o incomodar.


A visão de um Sasuke nu, excitado de pernas abertas e totalmente exposto foi demais para sua sanidade. O membro ereto estava melado com pré-gozo. Tocando a barriga de Sasuke.


Passou a ponta do dedo pela extensão. Tirando um gemido choroso do Uchiha.


— Droga Naruto, para de enrolar. - ordenou, fuzilando o loiro que brincava com seu membro.


Naruto riu com a pressa do amante, pegou o tubo de lubrificante, depositando uma quantidade considerada na mão. Levou a mesma ao meio das pernas pálidas.


As costas de Sasuke arquearem no momento em que o líquido gelado entrou em contato com sua pele, sua entrada se contraiu com a súbita invasão.


Naruto forçou o dedo, captando qualquer expressão de dor de Sasuke. Os gemidos roucos entraram por seus ouvidos e o loiro amou os sons.


Moveu seu dedo pelo interior do moreno, antes de acrescentar um segundo. Logo dois viraram três e Sasuke achou que gozaria apenas com aquele estímulo.


As costas largas se chocaram com barulho no chão e o loiro pode notar que ainda sol se punha atrás de si. A luz alaranjada tocava a pele pálida de Sasuke, referindo-se nas gotículas de suor espalhada pelo pátio.


Naruto suspirou e nunca achou ter visto algo tão bonito assim.


— N-Naruto… - depois muito gemer as palavras curtas foram difíceis de se pronunciar.


— Já está no limite? - o desejo e a malícia era palpável. O loiro segurou com mais força a coxa pálida, enquanto afundava os dedos da outra no interior do moreno.


Sasuke tinha as costas erguidas na toalha, sua nuca parecia afundar no chão. Suas pernas abertas o deixava exposto para o loiro.


Os gemidos cantavam dos lábios vermelhos. A mão do Uchiha estava entre suas pernas, segurando o pulso do loiro, tentando miseravelmente o impedir de afundar mais e mais dentro de si.


— Quer que eu pare, Sasuke? - não foi preciso uma resposta, Naruto ameaçou tirar os dedos quando ouviu um rosnado.


— Se atreva a tirá-lo daí que eu corto sua mão. - Sasuke levantou o rosto, fitando as azurita azuis do loiro.


A fina linha se puxou em um sorriso safado. Naruto abriu mais os dedos no interior do moreno, roçando a unha em seu ponto.


Sasuke não soube dizer o que aconteceu direito, em um momento seu corpo tremia em choques vinda de seu baixo ventre, se espalhando pelo corpo como fogos de artifícios. E então, inexplicavelmente, suas costas curvaram, sentindo o tecido abaixo de si descolar pelo suor escorrendo nas costas. Seus lábios se abriram e foi inevitável segurar a voz, soando alto pelo ambiente.


Naruto viu toda a cena de camarote, desde o moreno explodindo em um orgasmo forte, pernas pálidas tentando se fechar, os olhos escuros apertados, até a voz revestida de puro deleite entrar por seus ouvidos.


— Só com meus dedos você ficou assim… - lambeu os lábios quando o moreno deitou no chão com barulho, fazendo alguns copos próximos tremerem. — Não me diga que está perdendo a manha? - provocou.


Sasuke o olhou, as íris negras nublados com luxúria e raiva.


— Calado, Dobe. - virou o rosto, corado.


Lambendo os lábios pela visão privilegiada, tirou os dedos de dentro de seu amante, recebendo um gemido baixo. — Você não tem noção do quão gostoso está nessa posição. - se inclinou, seus braços se apoiando ao lado da cabeça do moreno, os lábios beijaram a bochecha branca, sentindo o gosto do moreno misturado com suor.


Sasuke gemeu. Seu corpo sensível tremeu ao ter o loiro deitado em cima de si. Os peitorais colados, fazendo barulhos pelo contado, Naruto movia o quadril, roçando os membros. O Uchiha não notou quando sua ereção havia voltado. As pálidas mãos seguravam a cintura do Hokage,virou o rosto, tocando a orelha do sétimo Hokage.


— Então me fode. - pediu, lambendo o lóbulo exposto. — Me faça perder a insanidade, enfie seu pau na minha bunda e me faça gozar. - sibilou.


Naruto, pego totalmente desprevenido, se levantou de supetão.


— Puta merda! Como você consegue dizer ‘pau’ tão sexy?


— É um talento. - deu de ombros.


— Exibido. - sorriu.


Uzumaki usou uma das mãos para abrir a calça; levantou um pouco o quadril, abaixando o tecido, fez o mesmo com a boxer branca, seu membro despendeu para fora do tecido que até o momento permaneceu confinado nas calças, gemendo de alívio por isso. Pegou a camisinha que ficará o tempo todo ao lado dos dois. Abriu o pacote e a deslizou em seu membro pulsante.


O loiro ergueu o quadril do moreno, invadindo sua entrada em um movimento só. “Deus, como ele é quente.”


Sasuke cantou alto, seus olhos se arregalaram pela invasão, sua boca se abriu e Sasuke gemeu gradualmente à medida que Naruto passou a se mexer. “Grande demais…”


— Sas-uke. - gemeu, sentindo as paredes internas o apertarem. Segurando o quadril com firmeza, saindo por inteiro, para voltar a se afundar com força dobrada.


Os corpos se mexiam em sincronia, Sasuke gemia mais alto a cada estocada que recebia e ele tinha certeza que alguém da vila os ouviria.


Naruto gemia roucamente, não escondendo também o prazer imenso que sentia. Sabendo que atingia com força o ponto de Sasuke pela maneira que gemia.


O moreno sentia que iria derreter, o loiro alternava em segurar seu quadril a tocar seu membro, o apertando e o masturbando com força. Ele sabia que não aguentaria mais.


— Naruto… - ergueu a mão, chamando o loiro. Contraindo mais seu corpo.


Naruto abriu os olhos ao ser chamado, não lembrando de quando os fecharas.


A mão estendida de Sasuke foi segurada, os dedos entrelaçados. Naruto saiu de dentro do moreno, apenas para virar Sasuke rapidamente, deixando-se apoiar nas próprias pernas, puxou pela cintura, mergulhando para dentro do moreno.


Sasuke se apoiava no cotovelo, empinando a bunda mais para cima. Ele amava aquela posição, apesar do pouco equilíbrio, ele podia sentir o loiro por inteiro dentro de si. Naruto metia com força, não tirando os olhos das costas de Sasuke. Seu próprio quadril remetia rapidamente para frente, estocando o interior apertado.


— Sasuke eu vou… - disse ao sentir que gozaria.


O Uchiha jogou a cabeça para trás, também em seu limite.


Naruto se empenhou mais em se mover. Cravou as unhas na pele pálida do Uchiha, sabendo que deixaria marcas feias.


O último movimento foi certeiro. Naruto só se moveu mais três vezes liberando sua semente dentro do moreno. A cabeça pendeu para trás.


Sasuke gemeu alto, sentindo o loiro crescer mais. Seu orgasmo foi forte e quente, deixando suas pernas moles. Os braços do loiro foram mais ligeiros, o segurando antes que caísse no chão.


X


— Vai me dizer agora quem fez os morangos? - perguntou, virando o rosto para encarar Naruto.


Sasuke estava deitado em cima da toalha, as comidas foram guardadas na cesta. Usando o braço direito do loiro como travesseiro.


Naruto com o rosto escondido nos fios negros, sua cabeça apoiada no manto de Sasuke que usará como travesseiro, tinha os olhos fechados. Aspirando o cheiro doce do Uchiha.


— Por que não pode acreditar que fui eu que fiz? - perguntou, segurando a cintura coberta do moreno.


O loiro estava apenas com a calça preta, enquanto Sasuke estava vestido apenas com sua blusa de manga comprida que escondia seu parte do seu quadril. Suas pernas se entrelaçaram, assim como suas costas colada no peito nu do loiro.


Os dedos enfaixados do loiro passaram a brincar com os do Sasuke.


O Uchiha virou o rosto para trás, encarando o loiro. A sobrancelha erguida dizia claramente que ele não acreditava no loiro.


— Tá bom. Sakura-chan me ajudou a preparar a cesta. - revelou, inflando as bochechas.


Sasuke voltou a olhar para frente. O sol sumia no horizonte, e a lua já tomava seu lugar.


— Sabia. - riu. — Eles estavam bom demais.


— Ei! Eu fiz grande parte, okay? Sakura só me instruiu. - Naruto não entregaria os pontos.


— Diga isso até se convencer. - o sorriso do moreno era largo.


Naruto reclamou mais um pouco, Sasuke só ria baixo. E quando o silêncio reinou entre os dois, deixando apenas o som da noite pairar pelo ambiente.


— Naruto… - chamou baixo.


— Hmm. - resmungou.


— Eu te amo. - revelou, apertando os dedos entre os do outro.

Naruto sorriu e beijou a cabeleira negra.


— Também te amo.”


O refeitório estava barulhento, mas Sakura só conseguia se concentrar na loira a frente com seu celular em mãos, o olhar sério fitando a tela.


Ino afastou o aparelho e entregou a dona.


— Então? O que achou? - perguntou, guardando o celular no bolso.


— É genial! - a loira ergueu os braços. — Você precisa fazer uma parte dois desses morangos! Ficou incrível! De onde você tirou essa ideia de Vila, monte dos Hokages e a última luta deles? Meu Deus Sakura! - a loira estava animada.


— Ah você sabe. - deu de ombro. — Lembra quando os dois brigaram feio, e ficaram meses sem se falarem? - perguntou, Ino acenou com a cabeça. — Então, o resto me baseie nas histórias da Tsunade-sensei.


— Ficou muito bom, testuda. Essa cena de sexo ficou uau. - a loira girou os olhos, arrancando risadas da rosada. — Mas por que deixou o Sasuke sem um braço. - perguntou. — Ficou meio difícil dele se equilibrar naquela posição. - o sorriso da loira era de pura malícia.


— Do acidente que ele teve. - disse.


— Que eles só voltaram a se falar por que o Naruto tinha achado que o Sasuke morreu, quando ele só tinha quebrado o braço? - questionou a loira.


— Exato.


— E você colocou esse detalhe na luta deles para mostrar que foi por causa disso que eles se reconciliaram. - deduziu.


Sakura acenou com a cabeça.


— Perfeito, você lidou muito bem isso nas cenas hots.


— Acha mesmo? Não acha que ficou estranho, eles transarem e o Sasuke não ter um braço? - perguntou, meio insegura. Era a primeira vez que ela fazia uma fanfic deles assim.


— De jeito nenhum. Naruto por acaso tem tara por membros faltando nessa fic? - perguntou.


— Não! - negou. — Que horror Ino! - balançou os ombros.


— Então não tem com que se preocupar. - deu de ombros. — Não sei por que você tá cursando Medicina. Deveria tá escrevendo um livro de pornô gay. - Ino se empolgou. Chamando a atenção de algumas pessoas que estavam próximas.


— Fala baixo. - pediu. — E isso é só um hobbie. Nada demais. - deu de ombro.


— Um hobbie que envolve escrever pornografia gay do seus melhores amigos em um universo ninja que você inventou? - a sobrancelha loira estava erguida.


— Sim. - Sakura tomou um gole de seu suco de caixinha.


— Inacreditável. Você deveria publicar isso. Tem um monte de site de fic por aí. Você faria sucesso. - apontou a loira, voltando a comer sua salada.


— E expor os dois? Nem pensar. - negou a rosada.


— É só trocar os nomes, Sakura. - insistiu.


— E mudar toda minha história? Sabe como foi difícil descrever aquela cena de luta? Deles se reconciliando? Deu um trabalho.


— Mas Sakura… - Ino se mexeu no banco, insistindo.


— É só um hobbie, Ino. - disse a rosada, voltando a tomar seu suco.


— O que é só um hobbie? - Naruto perguntou ao se sentar ao lado da loira que se assustou.


— Nada. - disseram as suas ao mesmo tempo.


O loiro olhou para duas, abriu a boca para dizer algo mas fora interrompido por um Sasuke sentando com barulho ao lado de Sakura. A bandeja foi posta com mais raiva ainda.


Sakura e Ino trocaram olhares e se viraram para Naruto.


— Ele tá puto por causa da conta de água que chegou. - deu de ombros.

Sakura franziu o cenho.


— Itachi e Shisui ficaram transando até altas horas no banheiro com o chuveiro ligado. E o Teme deu maior piti. - disse rindo.


— Eu não dei nenhum piti. - Sasuke mordeu seu hambúrguer com força.


— Ahh deu sim. - Naruto não segurou a risada. — Pior que minha mãe quando demoro no banho.


— É por que não é você que vai pagar aquele absurdo. - reclamou irritado. Sasuke colocou o lanche no prato, tirou o canudo do plástico e enfiou com fúria no copo de refrigerante.


— Foi engraçado. Sasuke dando maior sermão nos dois. - ignorou o moreno. — Tá tirando bicho com a pinça?!! - afinou a voz.


As duas não se aguentaram, Ino riu alto enquanto Sakura conteve a risada.

Os olhos negros do Uchiha estava cerrados, encarando o Uzumaki. Se olhar matasse, Naruto já estava morto.


— Naruto! Para. - pediu Sakura, ainda entre risadas.


— Você tinha que ter visto, Sakura-chan. Depois do Teme rodar a baiana, Shisui disse pra ele relaxar tomando uma ducha. - o loiro bateu a mão na mesa e gargalhou.


Ino acompanhou, dobrando os braços na mesa e apoiando a cabeça nos braços. Rindo.


Sasuke largou o lanche pela metade, saindo da mesa com barulho.


— Ei Teme! - Naruto se levantou. Pegou o hambúrguer que Sasuke abandonou e saiu atrás do amigo. — Foi brincadeira! Eu disse que te ajudo a pagar!!


— Me erra Dobe!!


Os dois se afastaram, Naruto tentava tocar em Sasuke, sendo repelido pelo mesmo.


Ino limpou a lágrima do olho.


— Quase borrei o rímel. - disse, olhando para a porta por onde os dois saíram.


— Quanto tempo acha que Sasuke vai ficar puto? - perguntou Sakura, voltando sua atenção para sua comida.


— Hmm. - balançou a cabeça para os lados. — Conhecendo o Sasuke, algumas horas. - voltou a comer a salada.


— Naruto vai ter trabalho. - sorriu.


— É. - a loira apoiou o braço na mesa e a cabeça na mão. — Ei!


Sakura levantou o olhar.


— Até que dá um plot! - disse animada.


— Você acha? - perguntou, bebendo seu suco.


— Claro! Eu te ajudo a montar. - a empolgação de Ino era palpável.


Sakura ponderou por alguns segundos, virando o olhar para a saída por onde os dois passaram.


— Até que dá pra tirar algo. - disse.


— Eba! - bateu palmas, feliz. — Vai ficar lindo. Você vai ver. - garantiu.


Sakura riu da loira. Voltando sua atenção para o lanche antes que o horário de almoço acabasse e tivesse que voltar às aulas.


Ino tinha razão, daria para escrever algo com aquela cena.


Até o fim das aulas a rosada teria algo em mente para uma nova fanfic, porque se tratando de seus melhores amigos, Sakura teria infinitas possibilidades diferente para uma boa história. 

Feb. 24, 2018, 10:54 p.m. 0 Report Embed 3
The End

Meet the author

Juuh Walker Olá! Seja bem-vindo ao meu mundo! Pegue sua pipoca, seu óculos de leitura, fones de ouvido e um cobertor quentinho ou um ventilador se estiver no verão e, por vias das duvidas, um cinto de segurança! ~Enjoy Você também pode me encontrar em outras plataformas assim como minhas fics o/ Ink: https://getinkspired.com/pt/u/juuhwalker Nyah: https://fanfiction.com.br/u/138682 SpiritSocial: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/noririn Sweek: https://sweek.com/profile/660116/74088

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~