viki3050 Viki

Depois de anos lutando pelo amor deles, tudo o que Sasuke queria naquela noite de lua cheia era aproveitar o prazer puro e carnal que Naruto podia lhe dar. Obs: contém sexo com uma pitada de masoquismo e sadismo


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#sobrenatural #yaoi #oneshot #vampiro #bl #lemon #naruto #sasuke #narusasu #sasunaru #pwp # #lobisomem #hibrido
Short tale
0
388 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

capítulo único - Flash

Me aperte com força

Crave o dente em minha carne

Tire a roupa

Prove a carne

Me morda com força


Sasuke chegou cansado em casa, tivera um dia cansativo no trabalho, desde que assumiu o cargo de CEO na empresa de seu pai não tinha tempo nem para ele e muito menos para Naruto.

Naruto, ah como estava sentindo falta de seu marido. De sua companhia, da sua risada, de ficar de bobeira no sofá, do seu corpo, do seu sangue...

Sasuke suspirou só de lembrar o gosto de seu companheiro.

Foi para o quarto tirando suas roupas sociais, estava desesperado para um banho para depois cair na cama e tirar um bom cochilo antes de Naruto chegar do trabalho.

Entrou no chuveiro e enquanto se banhava começou a se lembrar de como conheceu o idiota que chamava de marido, não foi fácil chegarem onde estavam.

"Eu definitivamente te odeio Naruto" gritava enquanto chorava de raiva "Sabe o que sua alcateia vai fazer comigo seu idiota? Esqueceu que eu sou a aberração do mundo sobrenatural?"

"Grite o quanto quiser Sasuke, você sabe que cedo ou tarde isso aconteceria, tivemos um imprinting, nada que eles ou você diga pode mudar isso, e sabe muito bem que a culpa não é minha" respondeu cansado da discussão, Sasuke o levava ao limite e hoje estava em um dos dias que sentia que podia rasgar o moreno ao meio.

Desligou o chuveiro suspirando em nostalgia, era verdade que na época deixava Naruto louco, até hoje se perguntava como o loiro não tinha o partido ao meio.

Riu malicioso, ah sim, ele ainda deixava Naruto de cabelos em pé e o loiro descontava isso em sua bunda, de um jeito que sentia que realmente estava sendo partido em dois, dor e prazer sempre acompanharam os dois.

Decidiu deixar esses pensamentos para depois, precisava dormir, hoje seria uma noite difícil para Naruto e principalmente para Sasuke, afinal, era noite de lua cheia.


✨✨


Sasuke sentiu Naruto o abraçando, sentia o cheiro do seu shampoo, com certeza o loiro já tinha tomado o seu banho e Sasuke nem percebeu.

— Boa noite Suke - falou beijando o pescoço do moreno delicadamente — Como foi no trabalho? Você parece cansado - continuou os beijos enquanto adentrava sua mão por dentro da blusa do moreno acariciando de leve sua barriga.

— Foi cansativo Naru, e o seu? Soube pela sua mãe que você teve uma reunião com a alcateia também, o que aqueles velhos rabugentos falaram? - não dando tempo para o mais velho responder Sasuke se virou para ele e o beijou.

Era um beijo lento, cheio de amor e saudades, era gostoso de uma forma que deixava as pernas de Sasuke bambas, o moreno sabia que se estivesse de pé o loiro teria que o segurar, mas não era culpa dele, Naruto beijava tão bem, sua língua dominava cada canto de sua boca, tão dominador...

Naruto partiu o beijo para poder respirar, se pudesse ficaria eternamente beijando Sasuke, a boca do mais novo era o paraíso.

— Bom você sabe como aqueles velhos do conselho são, mesmo que eu seja o alfa chefe da alcateia eles não me dão muita moral desde que nós ficamos juntos, segundo eles eu cometi alta traição me relacionando com "a aberração" do mundo sobrenatural, se duvidar, eles prefeririam que eu tivesse me casado com uma humana à me casar com você - falou revirando os olhos, e sentiu uma raiva imensa ao ver a cara triste de Sasuke — Mas eu mostrei para eles quem é que realmente manda naquela porra, você é o amor da minha vida, meu mundo é você e nada vai mudar isso - acrescentou, acariciando o rosto do Uchiha com carinho, para em seguida dar um selinho — Mas tirando isso, nós só falamos sobre os novos lobos na alcateia e como vai ser na lua cheia de hoje, nada muito importante. E no trabalho foi um saco, Sakura pegou no meu pé o dia inteiro para fazer as coisas.

Sasuke ouvia ele com toda a atenção do mundo, como se aquele breve relato fosse salvar sua vida, seus olhos brilhavam quando olhava para o loiro, e riu quando viu o bico que se formou na boca de Naruto quando terminou de falar.

— Você é um idiota, se não fosse pela Sakura você teria falido aquela empresa - riu ainda mais quando Naruto fez cara de choro e xingou ele com um "vai se foder" — Você que tem a responsabilidade de me foder amor.

— Sasuke não me provoca, estou começando a sentir os efeitos da lua, não quero te machucar, você se lembra como ficou na última vez que fodemos nesse período? Eu falei pra você que isso não ia acontecer de novo.

Sasuke ficou indignado, o loiro mais do que ninguém sabia como ele gostava de ser tratado durante o sexo. Com isso em mente o moreno empurrou o outro para que ficasse com as costas no colchão e sentou em cima da virilha dele. Em uma reação automática Naruto colocou suas mãos na cintura do Uchiha.

— Naru, como pode dizer isso quando sabe que eu gosto de sexo agressivo? Sabe como eu fico quando você me bate, quando puxa meu cabelo, quando me xinga, quando não tem dó de meter seu pau em mim - Naruto sentiu a excitação crescendo em si, o jeito que Sasuke falava era de uma forma inocente mas seu rosto mostrava toda a malícia, seu lobo estava rosnando querendo mostrar para seu companheiro como poderia deixa-lo destruído, dar exatamente o que o híbrido pedia, tentava se manter racional mesmo que a lua cheia não colaborasse com isso — O que foi Naruto? Vai me dizer que não gosta de quando faz essas coisas comigo? Eu sei que gosta, a maneira que geme para mim deixa isso claro - Sasuke dizia tudo isso com um sorriso malicioso e com os olhos laranjas mostrando como tanto o seu lobo quanto seu vampiro estavam ansiando isso.

Naruto respirava de forma entrecortada, o aperto de sua mão na cintura do moreno só mostrou que estava em seu limite. Com mais um empurrão Sasuke disse:

— Você não me quer arranhando suas costas? Gemendo do jeito que só você consegue fazer? Ou por acaso quer que eu te foda dessa vez lobinho? - e junto com essas palavras Sasuke arranhava o peito e abdômen do loiro que estava desnudo, de forma devagar, até que chegou no cós da calça, olhando admirado os vergões vermelhos na pele bronzeada. Quando voltou seu olhar para o rosto do lobo viu seus olhos brilharem um tom esverdeado e ali ele soube que tinha ganhado aquela batalha. Deu um sorriso pretensioso que logo desapareceu substituído por um gemido de dor e prazer.

Naruto tinha o jogado de volta na cama e ficado por cima de si, Sasuke olhava aqueles olhos brilhando em uma cor tão bonita, os olhos do lobo de Naruto, isso significava que a lua já estava fazendo seu efeito, o moreno sabia que isso significava que logo o loiro perderia todo o seu autocontrole. Ele também sentia seu ômega querendo assumir o controle e seu vampiro dominante tentando impedi-lo de que fizesse besteira.

— Você quer que eu te foda forte? Bata na sua bunda gostosa? Te xingue como se fosse uma puta Sasuke? - riu malicioso ao mesmo tempo que arrancava a blusa do Uchiha — Muito bem, lembre-se, eu não terei piedade mesmo que implore para eu parar, eu vou acabar com você e essa bunda atrevida meu amor.

Dizendo isso atacou os lábios do menor, o beijo era forte e sedento, era como se Naruto precisasse daquilo para viver, sua língua explorava a cavidade úmida do outro, gemendo de deleite quando as línguas se encontravam e dançavam em um ritmo só deles. Sasuke não ficava para trás, vez ou outra se afastava apenas para morder os lábios de Naruto.

Focado exclusivamente no beijo o Uchiha gemeu de surpresa quando as unhas mais afiadas que normalmente de Naruto arranharam todo o seu tronco nu, deixando marcas vermelhas e alguns filhetes de sangue no caminho.

Naruto riu para em seguida se afastar de sua boca e atacar os mamilos rosados e já duros.

— Veja só Suke, eles já estão assim? Eu só te beijei e você já está parecendo uma putinha querendo dar pra mim - com palavras tão pervertidas Sasuke gemeu e corou, Naruto tinha esse poder contra ele, por mais que ele fosse pervertido e provocasse o loiro de todas as formas na hora do sexo Naruto conseguiria deixa-lo envergonhado.

Vendo o rubor nas bochechas pálidas, o Uzumaki sentiu seu peito aquecer de amor ao mesmo tempo que seu ego crescia, só ele via Sasuke assim, só ele tinha esse poder, Sasuke era seu e nada mudaria isso.

Logo o loiro caiu de boca nos mamilos do Uchiha e brincou ali, lambendo, chupando, mordendo, intercalando de um lado para o outro.

E Sasuke só sabia gemer, ali era um ponto muito sensível, e o jeito que Naruto o tratava era tão bruto, que acha que podia gozar só com aquilo.

— N-naruto... amor, por f-favor, me chupa e-eu quero gozar, por favor N-naruto... aahhh.

— Mesmo que eu te chupe agora, você não vai gozar entendeu Sasuke? Se você gozar antes de eu mandar terá consequências - disse sério, deixando claro que se fosse desobedecido Sasuke seria punido severamente.

Com isso, o loiro desceu com beijos e lambidas até o cós da calça de Sasuke não enrolando para tirar as peças até que o mais novo estivesse completamente nu.

— Tão gostoso a minha vadia, quer que eu te chupe Sasuke? - falava tudo isso de forma tão natural que nem parecia que estava masturbando um pau, o moreno se esforçava para entender e responder a pergunta, mas era difícil com a felação gostosa e forte que recebia — Responde amor, quer que eu chupe seu pau até ele ficar todo babado? Quer que eu chupe suas bolas e depois chupe esse buraco guloso aqui em baixo?.

— Sim, por favor, me chupa, Naruto, faz o que quiser mas por favor, me chupa.

Naruto deu um sorriso malicioso pela trigésima vez só naquela noite e não querendo perder tempo começou a chupar o pau de Sasuke. Começou só pela glande, lambendo a entrada da uretra e envolta dela, depois colocou a cabeça inteira na boca e chupou com calma, lento, torturante. Sasuke gemia alto, sem se importar se os vizinhos do apartamento ao lado ouviriam, seu irmão que lute para aguentar, porque Sasuke estava envolto de prazer. Não conseguiu segurar o grito que deu quando Naruto o engoliu por inteiro, chupando forte, quase doloroso, mas do jeito que Sasuke gostava. Precisando descontar o prazer em algo, agarrou os cabelos loiros entre suas pernas e puxou com força. O Uzumaki gemeu de dor e prazer, caralho, como ele amava quando Sasuke fazia isso. Minutos se passaram com essa tortura, o loiro simplesmente amava chupar o caralho de Sasuke.

— Naruto, eu... eu vou gozar Naru ahh, p-para ou eu vou encher a sua boca de porra - mas Naruto apenas tirou o pau da boca e continuou o masturbando.

— Você não vai gozar Sasuke, você vai aguentar, vai segurar essa porra como a boa putinha que você é, eu vou continuar chupando o seu pau, mas você está proibido de gozar.

E foi o que fez, voltou a chupar Sasuke forte e rápido e as vezes lendo e fraco, se deliciando com o gosto do seu parceiro toda a vez que ele tremia e vazava pré-porra em sua língua

Sasuke queria chorar, de prazer, desespero e de dor por causa de suas bolas inchadas que as vezes eram sugadas por Naruto e pelas suas coxas que eram apertadas e arranhadas até ficarem em um tom lindo de vermelho e roxo.

— Na-naruto eu não aguento mais, por favor... - Sasuke estava soluçando mas Naruto não parou até que sentiu a porra em sua boca, um, dois, três jatos de gozo.

O loiro parou ficou sobre seus joelhos engoliu tudo e depois estralou a língua em um som de reprovação e decepção.

— Ah Suke, porque nunca me obedece? Eu disse que era para você gozar? Eu não me lembro de ter dito, você sempre me decepciona bebê, porquê faz isso amor?

Sasuke ficou envergonhado, e desesperado porque sabia que iria ser punido. Sua expressão de medo fez Naruto rir, o loiro sabia que era tudo cena, no fundo o Uchiha estava sorrindo e louco para ser castigado como a boa vadia que era.

Naruto levantou da cama e foi até o closet e tirou sua caixa favorita, onde ele e Sasuke guardavam os brinquedos que adoravam usar. De lá pegou um vibrador pequeno, um lubrificante e um anel peniano. Voltou até a cama e por alguns segundos admirou a beleza que era Sasuke ofegante, com as bochechas vermelhas e de pernas abertas, cheio de suas marcas.

— Bate uma pra mim Suke, quero ver o que minha putinha tem pra mim - sorriu doce apesar de suas palavras não terem nenhum tom de doçura.

E Sasuke obedeceu, simplesmente porque ele era a cadelinha de Naruto, mas nunca admitiria isso em voz alta. Começou a se masturbar lentamente, aproveitando a sensação de sensibilidade por ter gozado a poucos minutos, aos poucos foi acelerando a felação, já estava ofegante e soltando baixos gemidos. Mas tudo acabou quando Naruto tirou sua mão dali para por o anel peniano.

"Desgraçado" era tudo o que Sasuke pensava, deixando bem claro em suas expressões que não gostou nada de ser interrompido.

— Não adianta me olhar com essa cara Uchiha, você provocou isso, eu disse que não era para gozar e você me desobedeceu - disse com um tom de voz sério e uma expressão fechada — Agora, vira de bruços eu vou enfiar esse vibrador nessa sua bunda.

— Mas Naruto, eu quero que você me foda, não quero a merda de um vibrador, que saco! - na hora que disse aquilo se arrependeu no mesmo momento, o loiro o encarava com a expressão mais fechada que antes, para logo depois abrir um sorriso sádico e sarcástico.

— Ah, você quer? Mas deixa eu te falar uma coisa amor - o Uzumaki pegou com força o rosto de Sasuke em sua mão direita apertando suas bochechas com força e olhando em seus olhos fixamente — Você não está em posição de querer nada, me desobedeceu e portanto eu não vou te foder tão rápido assim, antes eu quero ver você implorar pelo meu pau, chorar e se ajoelhar, pedir para o meu caralho entre no seu buraquinho gostoso como se sua vida dependesse disso e te foder forte e rápido, porquê você é uma cadela no cio que precisa desesperadamente do seu alfa.

Dizendo isso virou Sasuke de bruços na cama e sentou em cima de suas coxas, observou Sasuke ali de cima, seu garoto era tão submisso...

Deu dois tapas, um de cada lado de sua bunda. Sasuke gemeu baixo, aquilo doeu, o tapa foi bem forte, mas ele amava a sensação de formigamento que ficava em sua pele.

Depois de ficar satisfeito com a vermelhidão na pele pálida Naruto abriu as nádegas do moreno, e encarou o lugar que lhe fazia perder todo seu autocontrole, rodeou com o dedão a entrada enrugada, fazendo Sasuke choramingar baixinho e contrair seu buraco. Naruto alargou um sorriso cafajeste.

— Ah, como eu amo isso aqui, Suke eu quero tanto te foder gostosinho, enfiar meu pau bem devagar, sentir cada canto desse teu cu apertado. Eu sei que você gosta que eu vá bem devagar no começo, e não é só porque quer me sentir com calma, a minha vadia gosta da dorzinha que sente quando eu enfio, gosta de saber que esta sendo arrombado por um caralho, não é amor?

Sasuke se contorceu e afirmou com a cabeça. Sim, Naruto sabia bem como a cabeça dele pensava e como seu corpo reagia, droga, aquele desgraçado sabia tudo sobre si, e não era para menos, a ligação que compartilhavam era mais intensa do que qualquer um poderia encontrar em mil anos.

Naruto continuou a provocar aquele canto, apenas passando o seu dedo, sentia a lubrificação natural do Uchiha maior que normalmente, afinal seu lobo estava mais presente por conta da lua cheia, mas continuava pouca comparada ao dos cios, na maior parte do tempo o vampiro dominante de Sasuke é quem ditava as regras.

Depois de se cansar só com essa provocação desceu seu rosto entre as bandas da bunda vermelha pelos tapas e lambeu a entrada que se contraiu forte, logo em seguida ouviu um gemido consideravelmente alto de surpresa e prazer do mais novo.

Continuou assim, lambendo e chupando a entrada, com calma, sentindo o gosto da lubrificação do ômega. Se deliciava com os gemidos manhosos do homem abaixo de si, a cada gemido dele, mais perdia sua consciência e seu lobo tomava conta.

Levantou a cabeça e pegou o lubrificante, mesmo que Sasuke já fizesse isso por si só, não queria realmente machuca-lo então passou uma boa quantidade do produto na entradinha do seu menino e no vibrador. E foi introduzindo o brinquedo aos poucos, bem devagar.

— Aaan Naru-to, tão gostoso...

Ele gemia alto e respirava sôfrego, empinava sua bunda o máximo que Naruto permitia por estar sentado em suas coxas. Mas quase enlouqueceu quando o loiro ligou o pênis de brinquedo na velocidade média e fez movimentos de entra e sai, e gritou quando sua próstata foi atingida.

O loiro não parava, não importava quanto Sasuke implorasse por misericórdia, o quanto pedisse para gozar, ele não tinha dó nenhuma. Batia na bunda do Uchiha uma vez ou outra, fazendo a pele ficar em um tom de vermelho vivo. Assistir o desespero de Sasuke que puxava os lençóis e seus próprios cabelos era delicioso, fazia com que sorrisse ainda mais.

Sasuke descontava seu prazer nos lençóis, sua boca aberta escapava saliva, ele não conseguia fecha-lá, por mais que tentasse. Seu pau era esfregado na cama e ele não conseguia gozar por causa do maldito anel peniano.

— Você quer gozar de novo Sasuke?

O moreno acenou rápido, desesperado para que Naruto acabasse com aquela tortura.

— Hum, não sei, não me pareceu convincente.

"Cretino" foi o que Sasuke gritou mentalmente, ele viu pelo canto dos olhos o sorriso sarcástico do seu alfa.

— P-por favor Naruto, me deixa gozar, por favor alfa - seu rosto estava choroso e sua voz implorativa

— Então levanta amor, ajoelha aqui no chão e me chupa gostoso, implore para eu te foder.

Sasuke levantou com o vibrador ainda na sua entrada, contraindo envolta do brinquedinho e choramingando por ele ainda estar vibrando.

Se ajoelhou na frente do loiro, retirou sua calça e cueca com pressa e pegou seu pau. Sasuke tinha quase uma idolatria por aquele caralho, sim, ele podia até parecer esquisito pensando assim, mas aquele pedaço de carne grande e grosso, que fodia ele tão bem era sua segunda coisa favorita no mundo.

Sem enrolar muito ele colocou a boca na glande e chupou forte, passando sua língua na entradinha de onde saia pré-porra, fazendo o moreno gemer de deleite. Não demorou muito para colocar tudo o que podia em sua boca, quase engasgado, afinal, Naruto não era nada humilde ali embaixo.

Naruto gemia rouco e alto, porra, Sasuke era tão guloso, e fazia um boquete maravilhoso, aquela boca era algo de outro mundo, fazia ele se perder em seus pensamentos, na verdade sua mente ficava em branco, tudo o que raciocinava era que aquilo era malditamente bom. O moreno masturbava o que não cabia, mas mesmo assim, sempre tentava engolir mais.

Minutos se passaram, e Naruto sentia que iria gozar a qualquer minuto.

— Sasuke eu vou gozar, porra - ele começou a meter na boca do Uchiha, estava ofegante, sentia o ápice chegando, até que soltou um gemido longo, rouco mas também manhoso. — Mostra pra mim, quero ver se a minha putinha engoliu toda a minha porra.

Sasuke levantou o rosto, abriu a boca e colocou a língua para fora, mostrando os resquícios do líquido perolado.

— Ah, merda como você é gostoso Suke, essa carinha engana todo mundo não é? Todos acham que você é um homem sério e ranzinza, nem parece que comigo age como uma cadela no cio e implora pela minha porra. - deu um tapinha leve no rosto do moreno.

Naruto deitou na cama levando Sasuke junto, este se sentou em cima do seu quadril. O loiro desligou e removeu o vibrador, abriu a bunda do moreno e o fez rebolar em seu pau.

Caralho, como ele amava rebolar no casete de Naruto, era uma sensação maravilhosa. Se esfregava e dava reboladas circulares, as vezes subia sentindo a cabecinha encostar em sua entrada. O Uzumaki deu dois tapas, um de cada lado das nádegas de Sasuke, o que o fez gemer.

Perdendo o último fio de autocontrole que tinha, Naruto posicionou seu pênis na entrada do mais novo, que foi descendo lentamente, os dois gemiam em deleite. Até Sasuke acolher todo o comprimento do loiro.

— Ah, que bunda gostosa Suke, cavalga pra mim amor

E foi o que ele fez, cavalgou em Naruto como fosse a sua última vez, era tão gostoso sentir todo o seu canal se abrindo para aquela ereção enorme. O alfa ajudava ele com os movimentos o segurando pela sua bunda para o dar impulso. Ora seus movimentos eram rápidos e outras era lento, as vezes parava de quicar para apenas rebolar bem gostoso para seu loirinho.

Naruto levantou um pouco Sasuke e dobrou suas próprias pernas para dar impulsos para foder o moreno com mais força. Depois de um tempo ele se cansou daquela posição e deitou o híbrido de costas no colchão subindo em cima, para logo em seguida voltar a meter com brutalidade. Não satisfeito com o acesso que tinha fez com que Sasuke levantasse suas pernas e abraçasse as coxas, o deixando completamente exposto.

— Aannn Naru... mais forte por favor, me fode gostoso, como só você sabe fazer, me enche de porra Naru.

Sasuke gritou e choramingou quando Naruto atendeu seu pedido e acertou sua próstata com força. Não percebeu que estava chorando de prazer até que o loiro colocou uma mão em sua bochecha para secar a lágrima e olhou no fundo dos olhos do Uchiha, verde com laranja, seus lobos conectados, era uma sensação maravilhosa.

Sasuke se sentia tão sensível por conta do efeito da lua cheia e sentia toda a agressividade de Naruto em sua pele que era arranhada até deixar alguns pequenos rastros de sangue, as marcas dos tapas e os chupões que iriam estar roxos nas manhã seguinte. Tudo isso, e ele ainda não podia culpar cem por cento a lua, porque sabia que os dois sempre foram agressivos na cama, e o ômega não seria louco de reclamar disso.

E tudo melhorou quando Naruto esticou o pescoço na frente da boca de Sasuke, e ele não perdeu tempo, mordeu a jugular do alfa sem dó, fazendo os dois gemerem de prazer e sentirem a ligação deles ainda mais intensa, cada vez que o híbrido sugava o sangue do loiro. Sasuke estava com tanta fome, com saudades do gosto do seu companheiro, que não parava a nenhum momento de sugar o sangue que descia abundante em sua garganta, suas unhas um pouco longas arranhavam forte as costas do seu marido, e o Uzumaki a nenhum momento parou de foder a bunda gostosa do Uchiha. Deixaria o vampiro dele beber o tanto que quisesse de seu sangue.

O prazer e a dor misturados, Sasuke só desgrudou do pescoço do outro quando sentiu seu prazer chegar.

— Naruto... eu vou gozar! Caralho! Tira esse maldito anel peniano!

Naruto riu e fez o que seu garoto pediu.

— Goza gostoso pra mim Sasuke, e eu vou gozar aqui dentro, deixando você cheio e melado com a minha porra.

E foi o que Sasuke fez, gozou forte, gemendo alto e manhoso, sujando seu abdômen e o de Naruto, que deu mais cinco estocadas antes de se despejar dentro do híbrido, soltando um gemido rouco e baixo.

Naruto se deitou ao lado de seu marido e o abraçou por trás, fazendo carinho em sua barriga para depois entrelaçar seus dedos.

— Eu te amo tanto Naru.

— Eu te amo mais Sasu, hoje e para todo o sempre meu amor.


✨✨✨


Bom gente é isso, foi a minha primeira fic e meu primeiro lemon, então acredito que não esteja tão bom assim

Inicialmente esse plot ia ser longfic porém, eu não tenho tanta certeza se conseguiria desenvolver o enredo com calma e se teria tempo para isso.

Bom eu revisei muitas vezes, mas sempre escapa, então, desculpem qualquer erro.

Espero que gostem

May 15, 2021, 8:11 a.m. 0 Report Embed Follow story
1
The End

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~