gummichiayoaki Gumy Ayoaki

Corroía sua garganta sussurrar aquele nome quase que amaldiçoado novamente, como uma canção sem ritmo ou tom fixo interpretada por uma dança sem passos na qual ele se perdia sem chances para se encontrar. Seus olhos, orbes esmeraldinas profundas com pupilas ínfimas, encaravam o visitante inesperado com horror, de todos quem esperava uma introdução repentina àquele esconderijo improvisado pelo desespero da vergonha ele era o último. E, no entanto, foi um alívio completo. "Kacchan." "Hei, Deku."

#bokunoheroacademiya #katsudeku #bnha
  December 21, 2019, 22:15
AA Share

Comment something

0 Comments
Post!
No comments yet. Be the first to say something!

More microfictions