Blue Martell Blue Martell

Passou a mão pela testa, estava quente e úmida. Trouxe os dedos a vista e o sangue rubro pintava as pontas dos dedos, como um pincel recém manchado. Não deveria ter feito isto, seu amigo esguio já tinha lhe dito isso, mas mesmo assim teimava. Engraçado é que fazia o mesmo com as feridas internas, não as deixava sarar, cutucava sempre que podia e quando estavam prestes a fechar, rasgava-as de novo e elas voltavam a sangrar dentro de si. Talvez seu amigo brigasse sobre isso se soubesse... Talvez.

#angst
  July 3, 2019, 3:14 p.m.
AA Share

Comment something

5 Comments
Post!
Netuno Chase Netuno Chase
Talvez não, ele com certeza brigaria. Se irritava-se com feridas externas, imagina o que diria se soubesse das externas, das profundidades de suas extensões, do mal que fazia ao seu coração, a sua alma? Óbvio que brigaria, era idiota cogitar a palavra talvez. Era, não era? Talvez não fosse. Talvez...
July 3, 2019, 9:42 p.m.

More microfictions