yoonseok_never Yoon Seok

Agora que a coragem bateu, eu não irei dar pra trás. É agora ou nunca. Mesmo que não seja reciproco que ele me perdoe, mas não deixarei essa oportunidade escapar. 1... 2... 3! Min Yoongi Eu Te Amo!!!


Fan-Fiction Bands/Sänger Nicht für Kinder unter 13 Jahren.

#romance #ciumes #colegial #yaoi #junghoseok #minyoongi #sope #yoonseok
Kurzgeschichte
7
5.2k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

My courage generated our first kiss

Eu vou conseguir declarar o que eu sinto para o Yoongi, tomei coragem esses três meses de convivência, conhecendo cada gesto, mania e manha que ele tem. Basicamente sei tudo e mais um pouco sobre esse moreninho que me deixa completamente louco.


E ciúmes? Nossa, é o que eu mais sinto quando vejo algum ser humano chega perto do meu Yoongi, sim ele é meu, mesmo não sabendo disso ainda. Mas podem ficar tranquilo, ele descobrirá que fomos feito um para o outro. Eu mostrarei isso da melhor forma que existe.


Já vai dar a hora do intervalo, e essa será a minha chance de expor tudo que está guardado. Quando me viro na carteira para chamar o Yoongi, ele já não estava mais lá. Olho ao redor para ver se ele ainda está na sala e não o encontro, é pelo visto ele saiu da sala sem nem falar comigo. Será que eu fiquei tanto tempo pensando que nem notei que ele saiu e possivelmente ter me chamado? É bem possível que isso aconteceu, bom espero que ele esteja na biblioteca assim será mais fácil de encontrá-lo.


Saio da sala correndo passando pelas pessoas no corredor praticamente voando, chego à biblioteca ofegante e por fazer barulho sou repreendido pela bibliotecária. Sem contar que as pessoas que estão lendo me olharam feio, peço desculpa e caminho para a sessão mistério/suspense. Não o encontro nesta sessão e muito menos em outra.


Onde será que ele se enfiou? Saio da biblioteca em silêncio ao contrário de quando entrei, ando pelo corredor procurando o mesmo até que em uma das janelas, ao chegar perto de uma o vejo no pátio conversando com Hansol. Hansol é um menino loiro tingidos - não duvido nada que seja de farmácia - dos olhos castanhos, é da minha altura e um completo sonso na minha opinião. Vive se pagando de bom moço, só porque é o representante de turma, ele deve achar que eu não noto os olhares que ele dirige ao meu Yoongi.


Parece até sacanagem, é só eu me afastar daquele baixinho que esse idiota se aproxima ou alguém lá em cima me odeia muito por sempre fazer esse garoto perturbar a minha paz com o Yoongi em qualquer lugar que seja. Como outro dia estava eu e meu baixinho escondido atrás da cantina matando aula, foi a primeira vez que Yoongi não reclamou quando eu puxei para perto de mim e o fiz deitar a cabeça no meu colo. Enfim estava tudo perfeito, surge esse troço para atrapalhar tudo, perguntando o que estávamos fazendo ali e que se o Yoongi quisesse descansar um pouco deveria se deitar em uma das camas da enfermaria até se sentir melhor.


Me bateu uma raiva por ele estragar o meu momento com o Yoongi, mas me acalmei quando o moreno disse que estava bem e que só queria relaxar um pouco comigo. Nossa, vocês não devem nem imaginar o que eu senti, parecia que eu estava em um meme br de tanto que eu festejava por dentro pela resposta dada ao loiro idiota. Foi a partir dali que eu tive certeza que ele quer algo com o MEU baixinho quando a decepção consumiu sua face, sem contar o modo como ele fala com Yoongi ou toca no braço pálido do baixinho... Ah que raiva, dá vontade de socar a cara desse embuste ridículo. Com isso decido apressar meu passo em direção ao pátio, não deixarei que esse ser ridículo toque o meu pequeno e muito menos dê em cima do mesmo.


Acho que nunca corri tanto na minha vida como agora, mas consegui chegar a tempo de evitar que aquele babaca encostasse mais ainda no meu pequeno. Peguei Yoongi pelo braço e o arrastei até uma sala vazia, no meio do caminho ele me chamou e resmungou por estar sendo puxado, mas ignorei e segui em direção a sala e nem mesmo lá dentro o soltei.


– HOSEOK?! – gritou comigo tentando soltar o braço da minha. – Por que você fez isso?


– Ele iria te beijar e eu não poderia deixar que isso acontecesse. – resmungou irritado por perceber que ele queria continuar ali com aquele garoto.


– O-O que? – ele me olha confuso. - Ele não ia me beijar e sim estava conversando comigo sobre o evento que a turma terá que fazer e...


– Não interessa, não quero que você fique perto dele e pronto. – encaro profundamente aqueles pequeninos olhinhos, enquanto ordeno que ele fique longe de Hansol.


– Por quê? – me questiona.


– Porque você é meu!


– Desde quando? – pergunta erguendo uma das sobrancelhas.


– Desde o dia em que te vi pela primeira vez, desde o dia em que tive coragem de puxar assunto contigo e consegui virar seu amigo. Desde esse dia em que eu percebi que não era só atração que eu sentia por si e sim que eu me apaixonei por você, Min Yoongi! – o puxo para mais perto de mim, colando os nossos troncos um no outro e tocou levemente seu rosto pálido com as pontas dos meus dedos. – Me perdoe por isso mais não consegui me segurar mais.


Agora que a coragem bateu, eu não irei dar pra trás. Tenho-te nos meus braços finalmente, sinto muito baixinho, mas necessito dos seus lábios cheinhos e rosados nos meus. É agora ou nunca. Mesmo que não seja recíproco que ele me perdoe, mas não deixarei essa oportunidade escapar.


1... 2... 3!


Aproximo meu rosto do moreno calmamente e roço minha boca na dele e noto que não ocorre rejeição da parte dele, com isso transformar um simples roçar em um beijo calmo. Ele não corresponde parece que está congelado com os olhos arregalados, em completo choque com a minha ação, mas quando peço passagem com a língua, ela é concedida e Yoongi começa a corresponder o beijo de forma suave e serena.


Mas eu não aguento esse ritmo por muito tempo e aprofundo mais um pouco, o apertando em um abraço com o meu braço direito, enquanto o esquerdo acaricia suas costas até chegar a sua nuca e assim entrelaçar suas mechas negras em meus dedos. O baixinho vai se entregando totalmente ao beijo e aos meus carinhos, no entanto o ar nos falta e a contra gosto temos que cessar o beijo, sem antes dar uma mordidinha no lábio inferior dele.


Ao me afastar noto o quanto ele está um pouco ofegante e com as bochechas rubras, os lábios vermelhos e levemente inchados sem contar o leve brilho de saliva que contém após esse belíssimo beijo que trocamos.


– Isso... Isso foi to-totalmente inesperado – murmura ainda sem reação.


– Eu sei que esse sentimento não é correspondido, mas não desistirei de te conquistar, Min Yoongi – sussurro no pé de seu ouvido, em seguida mordo levemente sua bochecha rubra o fazendo se encolher em meu um pouco em meus braços que envolveram sua cintura quando terminamos de nos beijar.


– Talvez você não precise muito Seok-ah. – sussurra de volta com um pequeno sorriso nos lábios inchados, que me fazem soltar um riso anasalado e selar aqueles lábios cheinhos para puxá-lo novamente para um beijo ardente.


Você me entende e eu te desvendo com um simples olhar. E isso é maravilhoso demais. Irei te fazer me amar como eu te amo Min Yoongi, isso é uma promessa que será comprida logo, logo. Porque você é meu e eu sou totalmente seu. 


O nosso primeiro beijo foi a chave que libertou os beijos que virão, contudo ele sempre será o melhor entre nós, porque foi ali que eu tive a certeza que te conquistar era necessário de um surto de coragem.  

31. Mai 2018 17:27:06 0 Bericht Einbetten Follow einer Story
1
Das Ende

Über den Autor

Yoon Seok ❀¸。ʏᴏᴏɴsᴇᴏᴋ ʜᴀʀᴅ sʜɪᴘᴘᴇʀ¸。❀ 彡 ʏooňɢı!ɞoţţom sզuѧԀ 彡 һosєoҡ!ţop squad ♡ ¡หd¡ε кσяεคห ♡ ❖ ℓєiτσrα❀¸。{ⒻⒶⓃⓉⒶⓈⓂⒶ}❀¸。αρσsєηтα∂α ❖ ɑɱɑ ɛรcʀɛver ɳɑร ɦѳʀɑร ѵɑgɑ

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~